Depois de atuações brilhantes, Vinícius Júnior volta a ficar no banco do Real

Edmo Sinedino,

Certas coisas eu não vou entender nunca e nem concordar, mesmo quando são decisões tomadas por treinadores como Zidane. Como ele pode deixar Vinícius Júnior no banco depois de uma sequência de dois jogos espetaculares. Vini e Rodrigo entraram no segundo tempo, na vitória de 1 a 0, gol de Casemiro, sobre o Espanyol, pouco renderam.

O que Zidande fez foi uma das medidas que mais critico nos treinadores de futebol, seja qual for o motivo (único justificável seria contusão, que não foi o caso, já que ele entrou depois). Todo mundo do futebol sabe que rendimento melhora com sequência, jogos, e aumento da confiança a cada minuto a mais passado em campo.

Qual a estratégia de Zizu? Fazer Vinícius entrar e pegar defesa cansada? Isso não existe em futebol de alto rendimento, ainda mais quando o ex-Flamengo vinha arrebentando durante todo o tempo e sendo a jogada de ataque mais perigosa do time merengue. 

Talvez por isso, não duvido, uma vitória magra sobre o lanterninha. Menos mal que venceu e recuperou a liderança. O ex-craque deu uma dos retranqueiros brasileiros.

Guardadas as devidas proporções, trago para a nossa realidade. Lembro de um treineiro que passou pelo América. Tinha um centroavante em ótima fase, marcando gols, ele "descobre a pólvora" e resolve poupar o homem-gol. Quando ele voltou, dois jogos depois, tinha perdido o caminho do gol. Essa história de poupar, pra mim é a pior estratégia já criada no futebol.


Tags: espanyol real rodrygo venceu vini zizu
A+ A-