Cruzeiro é rebaixado para a Segunda Divisão do futebol brasileiro pela primeira vez

Edmo Sinedino,

fermoreno_0Eita futebol! O Cruzeiro caiu. Para alegria geral de quem gosta do Nordeste, quem defende a nossa região e quer ver seu crescimento. Claro, nós potiguares, tirando Veron, não temos nada a festejar nesse fatídico 2019 que está chegando ao fim, e já vai tarde, com gasolina a cinco conto, carne a 40 e todo mundo calado, todo mundo, não, a turma de demente que ainda tem tem a cara de pau de juntar dez gatos pingados para passar vergonha em frente a um shopping para defender o indefensável. Mas deixa pra lá, Perrela se lascou, com helicóptero e tudo. Ele não foi capar de armar para seu time não cair. Agora, deve estar longe, fugindo dos torcedores e dos bandidos travestidos de torcedores, que promoveram cenas de violência no estádio e em outros locais. A partida teve que ser encerrada antes do tempo normal. Uma vergonha! Mesmo se tivesse vencido o Palmeiras - perdeu de 2 a 0 -, ainda seria rebaixado, pois o Ceará somou um ponto ao empatar de 1 a 1 no Engenhão diante do Botafogo e mais de 25 mil torcedores, chegou aos 39 pontos e mais vitórias. Diminui a lista dos clubes que nunca estiveram na segunda divisão - São Paulo, Santos e Flamengo.

Por falar em Botafogo, o time carioca marca mais uma passagem deprimente em Brasileiro.  Escapou do rebaixamento, só Deus sabe como, pois perdeu 21 vezes. O empate diante do Ceará foi melancólico e a torcida, decepcionada, encerra o ano esperando por mudanças administrativas que venham mudar a história do Clube. O Ceará, apesar dos erros, e de ter contratado o retranqueiro Argel Fulcks para as últimas rodadas, escapou do rebaixamento.  Justo, pois o Vovô é melhor que os três do Rio.

Muita gente tirando uma casquinha do Flamengo por conta da goleada sofrida na Vila, 4 a 0, despedida do Brasileiro. Um grande jogo que resumo da seguinte maneira: dois times jogando bonito e pra frente, as bolas do Santos entraram, as do Flamengo, hoje, não.

E o Vasco? Cedeu empate no final para o rebaixado Chapecoense. Mais de 67 mil torcedores lotaram o Maracanã dando uma força que o time, parece, não merecia. No final, decepcionada, a torcida grita: "queremos jogador!" A Chape cai e vai lutar para não começar um período de muitos atropelos.

O Fluminense garantiu sua vaga na Libertadores de forma importante. Encerrou a temporada vencendo o Corinthians na casa do adversário. Um resultado surpreendente, até certo ponto, para quem apresentou um futebol tão abaixo do esperado. Nesse jogo, o Timão, enfim, voltou a jogar como "timinho". Os dois foram mal, apesar da equipe paulita ter garantido vaga na Libertadores. O placar foi 2 a 1 para os cariocas.

O Goiás venceu o Grêmio de 3 a 2, o São Paulo bateu o CSA, 2 a 1, nas Alagoas, Avaí, em casa, segurou o Athletico, 0 a 0, o Fortaleza, em casa, clássico nordestino, venceu de 2 a 1, e o Internacional conseguiu triunfar sobre o Atlético Mineiro, 2 a 1. E fim de temporada. Só o Flamengo permanece ativo, pois dia 17 tem jogo do Mundial.

*Foto: Fernando Moreno/AGIF

Tags: botafogo ceara cruzeiro rebaixado santos
A+ A-