ABC não tira proveito do time B do Ceará e cede empate na estreia da Copa do Nordeste

Edmo Sinedino,

ABC 1 x 1 Ceará. Estreia das duas equipes na Copa do Nordeste. Jogando em casa, o alvinegro potiguar não soube tirar proveito dos vários desfalques da equipe do Vovô, que trouxe a Natal boa parte da meninada Sub-23 campeã do Brail. Wallyson marcou para os donos da casa, Saulo empatou em confusão e erros da dupla de zaga do ABC.

Como não vi toda a partida, apenas compacto, fico com a impressão que o time de Sílvio Criciúma apresenta setores separados, não me parece compacto, para defender ou atacar. Com três atacantes, dois que não marcam ninguém - Wallyson e Anicete -sempre vai perder duelos de recomposição e meio-campo.

Dois volantes presos, como nos outros jogos que vi, dificultando o trabalho do meia solitário, que hoje foi Dener. Wallyson, bom passe, boa visão de jogo, marcou um gol, deu passe perfeito para Anicete que perdeu, além de um belo chute, contudo, reclama mais do que joga, exatamente da mesma forma de agir da temporada passada.

Como é ídolo, imprensa, boa parte, e torcida não enxerga os erros que comente e o quanto sua atuação é prejudicial no quesito recomposição. Sim, pois no futebol de hoje, até mesmo Pelé, se jogasse, teria que voltar fechando espaços e ajudando na marcação.

Não foi um jogo ruim do ABC, mas poderia ter tomado mais as rédeas da partidas. Empate acabou sendo justo para o que apresentaram.

O ABC jogou com Welligton, Netinho, Vinícius Leandro, Helitão e Victor Lindemberg; Valderrama (Vinícius Paulista), Janderson (Aleff) e Dener;  Wallyson, William Anicete (Soares) e Maycon Douglas (Ruan Café).

Pelas mudanças que o treinador Silvio Criciúma fez, sei não, fica difícil acreditar que ele queria mudar alguma coisas. Volantes por volantes, atacantes por atacantes, enfim...

Tags: abc ceara idolo imprensa torcida wallyson
A+ A-