O primeiro "drible" de Roberto Fernandes

Edmo Sinedino,

O técnico Roberto Fernandes, sempre fazendo das suas, levou o ABC para fazer um coletivo em Goianinha.

Coisa de louco.

E o time?

Nenhuma pista.

Vamos ter que esperar chegar amanhã.

Quem divulgar qualquer escalação estará dando um chute no escuro.

Eu sou capar de apostar na escalação da defesa – Renato, Boaventura, Lino e Alexandre.

No goleiro Lopes.

Lembrando que tem Thiaguinho para a direita. E se Roberto escutar o gerente de futebol, Guto deve ser o da esquerda.

Bileu e Edson devem ser mantidos. Assim, como Ercik Flores.

E o resto do time?

Não sei.

Será que ele ainda vai insistir com Tony, Diogo Barcelos...

Rodrigo Silva já vai para o jogo?


Netinho e Carlinhos Bala no ABC...será possível?

Edmo Sinedino,

Roberto Fernandes é o novo técnico do América.

Vão acontecer dispensas, claro.

E contratações.

Só espero que não sejam confirmados os nomes que estão sendo especulados.

Netinho, meia, ex-América. Não é um bom nome. Causa impacto, impressiona, mas entra muito pouco em campo.

E Carlinhos Bala. Esse, não acredito. Será verdade esse absurdo?^

Se  for, o que não duvido, fica fácil saber de quem é esse tipo de indicação...



Roberto Fernandes fala à imprensa e diz que vai sim para o clássico

Edmo Sinedino,

O treinador Roberto Fernandes foi apresentado hoje a tarde no Frasqueirão.

Ele é o novo comandante do ABC para o restante da Série B do Brasileiro. Gostem alguns ou não, mas certamente, a grande maioria aprovou a contratação.

Ele falou a imprensa e deixou claro dos muitos pontos que passarão por avaliações dentro do alvinegro.

Veja um resumo do que ele falou

“Tenho acompanhado os jogos do ABC e vejo em alguns setores muita qualidade e podemos trabalhar ainda mais esses pontos para mudarmos a situação. Que a coisa é complicada todos sabem que sim, mas diante de algumas mudanças vamos tentar adequar o grupo à realidade da competição. Se o Palmeiras luta na parte de cima da tabela é porque estão objetivando isso e nós temos que objetivar voos mais sequenciados para sairmos dessa situação”.

“Na verdade eu já cheguei ao clube e quero trabalhar a cada minuto, lógico que vou no banco, vou orientar o grupo e não podemos fugir do nosso objetivo já agora. Jogar contra o meu ex-clube ou estrear contra é consequência”.

O treinador também deixou claro que vai pedir reforços, de acordo com as carências de posição.

Roberto ainda falou sobre a felicidade de chegar ao clube com a aceitação da maior parte da torcida.

Agora, é esperar. E ver quem tira mais proveito, se Roberto que conhece quase todo o plantel do América, ou os jogadores do América que sabem como o ex-comandante gosta de jogar.

Claro, que Argel Fucks vai querer o maior número de informações possível.

O certo mesmo é que esse será um clássico especialmente motivado.



ABC deve anunciar acerto com a tevê Esporte Interativo

Edmo Sinedino,

Obtive a informação de que o ABC estaria fechando com  a tevê Esporte Interativo para a transmissão dos jogos do Estadual de 2014.

Ainda não tomei conhecimento de números nem de mais detalhes do acerto, o que deve ser divulgado em breve pela direção do clube.

Enquanto isso, a FNF, segundo o presidente José Vanildo, também estuda a proposta.



"Arquivos vivos" da era Ricardão são demitidos na CBF

Edmo Sinedino,

No blog do Juca Kfouri.

Até quando o futebol brasileiro vai acomodar essa canalha se locupletando e armando sempre novas jogadas sujas.

O futebol brasileiro, precisa, de uma vez por todas, ser passado a limpo.

Sai Ricardo Teixeira vem Marin, depois Del Neto...não é possível que ninguém faça nada.

Veja abaixo:

Diretor financeiro e tesoureiro são demitidos na CBF

Juca Kfouri

Homem de confiança de Ricardo Teixeira, Antonio Osório Ribeiro L. da Costa, foi demitido do cargo de diretor financeiro da CBF, posto que ocupa há anos.

Junto com ele caiu, também, seu braço direito, Ariberto Pereira dos Santos, o tesoureiro da entidade, outro que Teixeira exigiu que permanecesse quando abandonou o país.

Ambos, dois arquivos vivos, foram demitidos por Marco Polo Del Nero, que é quem realmente manda na CBF, mas, se aceitarem, poderão permanecer como funcionários da casa.

Osório, com salário por volta de R$ 90 mil, ainda não respondeu se aceita e Ariberto deve ser transferido para o departamento de seleções.

Há quem imagine que José Maria Marin, o presidente de direito, esteja dando corda para Del Nero se enforcar e que o golpearia no momento da sucessão, por estar decidido a permanecer mesmo depois da Copa do Mundo.

Marin, quando substituiu Paulo Maluf no governo biônico de São Paulo usou do mesmo expediente de ir trocando os homens chave no Palácio dos Bandeirantes, sem mandá-los embora.

A CBF está fervendo nesta tarde, com rumores de que teria sido descoberto um formidável rombo nos cofres da confederação que envolve o Banco Rural, um dos bancos do mensalão, recentemente liquidado pelo Banco Central.

Tanto o ex-diretor financeiro quanto o tesoureiro foram procurados pelo blog.

O primeiro não atendeu ao telefonema e o segundo, depois de atender e ouvir o nome do blogueiro, fez- se de surdo, como é habitual nestas circunstâncias, e desligou o telefone.



Almeidinha, árbitro cearense, dirige o clássico América x ABC

Edmo Sinedino,

Clássico deste sábado, no Barrettão, terá os assistentes potiguares Luiz Carlos Câmara e Valdomir Antônio de Araújo.

O apito será de Almedinha – Francisco de Assis Almeida Filho, o popular “Cabeça de Papeiro”.

A partida está marcada para este sábado, entre América e ABC, às 16h20, no Estádio Barrettão, em Ceará-Mirim.

E é válida pela 14ª Rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

Um jogo de “vida e morte” para ambos. Por isso, a arbitragem vai ter mais essa carga de cobrança e responsabilidade.

A escala

Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE)

Auxiliares: Luis Carlos Câmara Bezerra e Valdomir Antônio de Araújo Júnior, ambos do RN.



Com Roberto Fernandes ninguém vai se meter a escalar a equipe

Edmo Sinedino,

Uma coisa positiva na contratação de Roberto Fernandes: ninguém vai dar pitaco na escalão da equipe.

O gerente de futebol, ex-treinador Ferdinando Teixeira, que praticamente impunha as escalações de Guto e Wanderley, não vai intervir.

Mas uma coisa temos que levar em consideração: o homem do gel no cabelo vai pedir reforços.

E ele, rememorem, não é tão bom assim na hora de contratar reforços.

O ABC precisa, nessa hora, de um outro grande reforço para indicar.

Será que o empresário Alex Fabiano vai continuar a colocar jogadores do npivel de Guto e Wanderley?



Roberto Fernandes é o novo treinador do ABC

Edmo Sinedino,

Agora é oficial. Roberto Fernandes é o novo técnico do ABC.

Treinador e clube chegaram a um acerto na tarde desta quinta-feira (8).

Desde a confirmação da demissão de Waldemar Lemos que já se sabia que o nome da preferência da direção do clube era por pelo ex-América.

Não se sabia, se o treinador aceitaria dirigir o rival.

O próprio Roberto Já confirmava "que era profissional", portanto, faltava somente o acerto entre as partes.

A proposta acertada foi "irrecusável". É o que se pode dizer, mesmo sabendo-se da situação difícil do ABC.

Ele se apresenta esta tarde mesmo e já começa a preparação para o clássico que ganha uma motivação toda especial.


Morte de Heriberto Bezerra enlutece a família americana

Edmo Sinedino,

Morreu uma das figuras mais representativas da história do América Futebol Cluibe.

Heriberto Bezerra, médico pediatra, que dizia ao mundo que tinha três grandes amores: a família, o América e o Rotary Clube.

Natural de Santa Cruz, Dr. Heriberto é o responsável direto por uma geração de americanos que o seguiram.

Hoje, na sede social do clube, onde seu corpo ainda está sendo velado, jovens, adultos e idosos se reencontrando para o adeus a quem tanto fez pelo clube.

Dr. Heriberto Bezerra, alegre, descontraído, correto, sereno, representava sempre o entendimento, o diálogo, a paz na família americana.

Por anos e anos essa foi sua bandeira.

Muitas, muitas saudades de um americano que entra para todo o sempre na história do clube.

Minha homenagem a quem tanto fez pelo América e pelo esporte do RN.



Danilo: estar vivo é o maior título que conquistei em minha vida

Edmo Sinedino,

Vi com muita alegria no programa Arena de ontem o goleiro Danilo, do Alecrim, que venceu a batalha contra a doença Malária, um tipo agressivo da doença.

Danilo tem contrato com o time verde até 2015 e espera jogar ainda na Copa Ecohouse. E claro que vai conseguir.

Danilo agradeceu o apoio recebido durante o período em que esteve doente.

O goleiro afirma que o fato de estar vivo, perfeito, sem seqüelas e pronto para voltar a jogar foi o maior título que conquistou na vida.

Muito provavelmente, o goleiro Danilo será o entrevistado de hoje no programa Esporte em Pauta, na tevê Assembleia.

O programa vai ao ar às 19h30, com apresentação de Migcaelle Crescêncio. Eu participo com ela.



Roberto Vital está no Canadá com a seleção paralímpica de natação

Edmo Sinedino,

O médico Roberto Vital, nome internacional da medicina esportiva, está em Montreal, no Canadá.

Ele está acompanhando a delegação brasileira de natação que disputa o Campeonato Mundial de Natação Paralímpica.

Como sempre, Vital, meu ex-companheiro de Alecrim no bicampeonato, está levando o nome do RN para o mundo.

O médico natalense é um dos nomes mais prestigiados na medicina esportiva em todo o mundo.

Referência do esporte.

PS: No Canadá, Roberto está, por enquanto, longe do tiroteio do futebol do ABC. Mas também sei que deve estar sofrendo com a situação do clube.



Situação do ABC em 6 atos - Por Gustavo Costa de Miranda

Edmo Sinedino,

Caro Edmo, me segurei ao máximo para tecer comentários sobre a atual situação do meu ABC, mas, chegou num ponto que não dá mais para segurar.

Estamos chegando num momento critico na competição e o único clube que não vi reação foi?... No meu ABC!  Rodada a rodada criamos a expectativa de “agora vai”, “vamos jogar bem” “vamos vencer”... e depois do jogo? Vem sempre a mesma noticia, repete-se a mesma situação vexatória.

Daí começamos a buscar explicações e elas estão aí na cara de todos que detiverem um intelecto minimamente mediano, não precisa ser gênio não, basta olhar e começar a enumerar:

1)  Divergência política

O ABC se viu numa guerra de forças dentro do clube, onde todos viram como foi a eleição do CD e do presidente, uma briga grande e que não trouxe nada de bom ao ABC.

2)  Má gestão ou administração

O atual grupo diretivo vem fazendo um trabalho muito abaixo do esperado e que já foi realizado antes, isto ficou evidente pelos anos de 2012 e até aqui. Uma administração sem clareza e transparência nas informações do clube, sempre deixando no ar um lado sombrio para todos, como se estivessem escondendo algo, o que não existia anteriormente e que é cobrado por todos. Perderam o rumo das coisas e estão lutando feitos loucos para não afundar o ABC.

3)  Falta de dinheiro

Perdemos receitas? Sim, perdemos. A CEF deu um cano? Deu sim! E os demais que também perderam? Os clubes que não tem o que temos em termos de apoio? Um Icasa da vida como exemplo. Como explicar que clubes sem estrutura e sem  torcida como a do ABC estão em situação infinitamente melhor? Só a falta de dinheiro não é desculpa, o problema consiste em ter pouco ou quase nada e ainda gastar mal, muito mal! Este sim é o problema!

4)  Contratações equivocadas

Poucos são os jogadores que vieram ao ABC e deram algum retorno, isto desde 2012 e até agora em 2013. Poucos são os quê se salvam neste grupo do ABC, na sua gigantesca maioria os jogadores são de baixo nível técnico e que estavam encostados em clubes de menor expressão pelo sudeste do país ou mesmo por aqui perto. Os caras parecem que não estão tendo a noção do momento delicado que o clube atravessa, muitos sem vontade e sem lutar no campo.

Me pergunto e lhe pergunto: Quem destes muitos jogadores contratados e até dispensados pode ser considerado como contratação bem sucedida? Quem podemos dizer que rendeu o esperado? Dos muitos que estiveram no grupo profissional quem podemos salvar?

Daí vem o problema maior, você já tem pouco dinheiro ou não tem e faz a sandice que o ABC fez e esta fazendo? Contratando sem o menor critério ou com um critério que ainda não deu para entender?!? Quem indica esses atletas? Quem observou? E a conta aumenta!

5)  Inchaço de folha e do grupo de jogadores

Consequência obvia dos erros nas contratações e da falta de recursos que o clube chegou, a coisa esta tão ruim que até para mandar embora não dá, estamos sem grana! Estes erros acarretam em um grupo cheio de gente e sem oportunidades e ainda tem as questões salariais, que cedo ou tarde vem à tona, muita gente vem reclamando disso nos últimos tempos dentro do ABC. Criou-se a chamada folha paralela, com a conta só aumentando.

Daí é notório a todos que faltam jogadores, claro, faltam sim, porque a qualidade dos que foram contratados é tão baixa que vai ser ainda mais visível que faltam peças. Jogamos com cada porcaria nessa série B e pior Edmo, perdemos para um monte delas.

6)  Troca de treinadores

Este ano o ABC realmente superou a todos os limites, já passaram pelo comando técnico: Givanildo; Paulo Porto e Waldemar Lemos, com exceção do primeiro os demais não possuíam as características necessárias para dirigir o ABC, a maior delas é bem simples: Não conquistam/conquistaram títulos!

Técnicos de muito papo e pouco resultado, que pouco modificam os padrões táticos de seus times, que mexem mal, que escalam mal, que são verdadeiras toupeiras. Técnico para dar certo no ABC deve ter pulso firme, ser capaz de modificar o time e fazer o time produzir, coisa que nenhum fez!

Assim meu caro amigo eu não sei o que vai ser pior, pois veremos um novo treinador chegar, tentar modificar a situação e em 3 ou 4 rodadas continuar a mesma pasmaceira.

Fico me perguntando o motivo pelo qual não se repete escalação no clube? Por que não aproveitar os garotos que vinham rendendo mais que os “medalhões”? Por que não vemos uma jogada trabalhada nos jogos? Por que nosso DM esta sempre cheio? Por que os jogadores quando saem do ABC se recuperam feito mágica? Como conseguimos contratar tantos jogadores sem dinheiro? Como não podemos mandar embora os que não servem se estamos pagando o salário deles?

E a melhor de todas as perguntas: Como mudar isto tudo? Não sei. Penso que no meio do caos podemos encontrar a luz, que o facho da lanterna do ABC aponte o caminho para sair deste atoleiro, que os jogadores se desdobrem em campo, lutem e briguem muito mais, que se esforcem e que o trabalho deles apareça. Que seja qual for o nome a comandar o ABC tenha isso em mente, lutar muito e até o último segundo de todos os jogos.

Abraço,



O ABC ainda não conseguiu fechar com Roberto Fernandes

Edmo Sinedino,

A quarta-feira se encerrou somente com uma coisa certa: a saída de Waldemar Lemos.

E por falar no treinador, fiquei sabendo que ele era muito benquisto pelos jogadores.

A tão esperada contratação de Roberto Fernandes ainda não foi fechada.

Acho que está, ainda, faltando dinheiro na jogada.

A diretoria se reuniu, se reuniu, deve ter feito proposta, recebido contra-proposta  e está analisando.

A confirmação ficou para essa quinta-feira.

Se não for Roberto Fernandes, certamente, a grande parte da torcida do ABC vai ter mais uma decepção com a direção.

Vamos esperar e  ver.

PS: também é certo que outros contatos estão sendo mantidos.



A "via crucis" do futebol do RN; o Baraúnas perde mais uma

Edmo Sinedino,

E o futebol do RN segue passando vergonha. Nesta quarta-feira foi a vez do Baraúnas sofrer mais um revés, em partida válida pela Série C do Brasileiro.

O Baru caiu mais uma posição na zona de rebaixamento, sendo ultrapassado pelo Treze de Campina Grande.

Veja abaixo:

O Luverdense confirmou o favoritismo e conseguiu uma vitória importante. Na noite desta quarta-feira, no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, bateu o Baraúnas, por 2 a 0, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, numa noite inspirada do volante Gilson, autor dos dois gols.

Com o resultado, o LEC chegou aos 17 pontos, igualando Sampaio Corrêa e Cuiabá, com a mesma pontuação. Por sua vez, o Baraúnas caiu para vice-lanterna, com sete, sendo ultrapassado pelo Treze.

Após o sorteio do confronto da Copa do Brasil, onde enfrenta o Corinthians, todas as atenções na cidade estão voltadas para este jogo.



Edson Rocha está fora do clássico contra o ABC

Edmo Sinedino,

O zagueiro e capitão da equipe Edson Rocha está fora do clássico deste sábado, contra o ABC, pela Série B.

O exame feito pelo atleta diagnosticou uma lesão de grau dois no ligamento colateral medial do joelho esquerdo. A previsão de retorno aos treinamentos é de 15 a 21 dias.

Essa informação do blog me preocupa, e muito.

Essa contusão do jogador vem atrapalhando seu desempenho e o time.

Vai fazer muita falta no sábado.



Roberto Fernandes é o nome pretendido pela direção do ABC; isso é certo

Edmo Sinedino,

Se vai acertar ainda não sei.

Mas o nome de Roberto Fernandes é o mais forte para assumir o ABC.

São vários os motivos.

Ele conhece o ABC,. conhece o adversário América e seria o choque, grande, para sacudir o alvinegro na Série B.

Não sei se Roberto aceitaria. Por telefone, ele disse que é profissional, que já trabalhou em clubes rivais...

Vamos esperar o desfecho


Ninguém garante emprego com resultados negativos

Edmo Sinedino,

Quem garantia que Waldemar Lemos não sairia errou feio.

Quem conhece de futebol não pode, nunca, mesmo com garantia de "amigos", ignorar os resultados.

Por isso que os erros se acumulam.

Falar mal de atacante que não conhece, de dois, de jogadores que vêm das bases, não pode, é tiro no pé.

Quem age assim se transforma em motivo de chacota, quer dizer, continua sendo motivo de zombaria.



Roberto Ferdandes, Diá e os empecilhos de cada um

Edmo Sinedino,

Dois treinadores salvariam, poderiam, vamos dizer com mais exatidão, salvar o ABC nesse momento crítico.

Roberto Fernandes e Francisco Diá.

O primeiro, me garantiram, dificilmente aceitaria um convite do ABC hoje.

Está quase certo com uma outra equipe da Série B.

E tem mais uma coisa: um tiro certo e ele teria uma estátua erguida, mas se acontecesse o contrário fecharia duas portas de uma vez.

O segundo, o professor Diá, além do preconceito por ser daqui, tem um empecilho dentro do clube.

Um dirigente do clube precisaria sair para Diá entrar.

Portanto, até agora, não sei...

E fico muito, muito preocupado, pois um novo erro da diretoria do clube alvinegro nesse momento vai ser fatal.

Nesse momento, muita gente, muita gente mesmo apostando as fichas em Roberto Fernandes.

Depois das informações que obtive...não sei.

Mas pode ser que sim, pois estamos falando de futebol.



Rogério Ceni é "desmascarado" por Ney Franco

Edmo Sinedino,

A briga de Rogério Ceni e Ney Franco expôs para o Brasil e o mundo mais um “santinho do pau oco”.

Quem jogou futebol, como eu, modestamente falando, sabe o tipo de pessoa que é Rogério Ceni.

Você conhece pelas reações, pelas entrevistas, diferentes – quando ganha e quando perde.

Conheci muitos Rogério Ceni ao longo de minha carreira de atleta e depois de jornalista.

Os bem articulados, sempre muito amigos da imprensa, e também com livre trânsito entre os dirigentes do clube.

Para os torcedores, diante de flashes, câmeras de tevês posam ao lado de criancinhas, sempre sorriem e fazem o papel de bom moço.

Os vilões são sempre são os “Ney Franco” da vida, e que passam.

Vi uma declaração de Denílson, hoje comentarista bobo da corte, que só reforçou o que penso e falo.

Ele disse: “Joguei com o Rogério, e ele sempre falava algumas coisas e para alguns jogadores era considerado, chamado de traíra”.

Mas Denílson, sabendo da força do Rogério para a torcida do São Paulo, acabou condenando Ney Franco e defendendo o Ceni.

Se não foram essas as palavras exatas do Denílson, mas o significado é esse.

Volto a dizer que conheci muitos jogadores que agiam tal qual Rogério Ceni. E quase que mandavam mesmo até nos dirigentes.

Muito bom que Ney tenha vindo a público para fazer cair a máscara de mais um.

Espero que esse mundo podre e hipócrita do futebol não acabe prejudicando um bom e honesto treinador.

A sorte do Rogério Ceni foi nunca ter jogado com Romário e Edmundo, também se tivesse, duvido que mexesse com eles.



Waldemar Lemos não é mais técnico do ABC

Edmo Sinedino,

O que se especulava desde ontem à noite acabou se confirmando. Waldemar Lemos não é mais técnico do ABC.

Eis o choque que o time precisava para ainda reagir na competição.

Estava na cara que Lemos não tinha mais influência – negativa ou positiva – na equipe.

O rendimento nos três últimos jogos – São Caetano, Guaratinguetá e Oeste – deixou isso muito claro.

A saída do treinador foi definida pelo presidente Rubens Lemos e direção em reunião na manhã de hoje.

Uma outra reunião hoje à tarde, desta vez com a presença do treinador, ficou acertada a rescisão.

Ainda hoje, existe a promessa. Do anúncio do novo comandante.

Os nomes mais comentados: Roberto Fernandes e Francisco Diá.


9841-9860 de 10685