Flamengo arrasa o Grêmio, vence de 5 a 0, e se credencia à final histórica contra o Ríver Plate

Edmo Sinedino,

artilheiros21_09O Flamengo bateu o Grêmio de 5 a 0, 6 a 1 na soma dos dois jogos da semifinal 2 e está na final da Libertadores, contra o Ríver Plate, dia 23 de novembro, em Santiago do Chile. Um passeio do rubro-negro, show de bola  no jogo desta quarta-feira no Maracanã que, mais que nunca, retratou fielmente a enorme diferença de qualidade do clube carioca para qualquer adversário do futebol brasileiro.

O Flamengo é favorito ao título? Sim. Não tenho nenhum problema em cravar esse favoritismo do representante brasileiro, pois se apresentar o mesmo nível de futebol, se não acontecer nada de anormal, se não houver uma queda de rendimento, algo que não se explica, mas que às vezes acontece no futebol, teremos sim o clube mais querido do Brasil novamente no topo do futebol da América do Sul 38 anos depois.

O jogo desta noite, Maracanã lotado com mais de 68 mil torcedores, começou com o Grêmio tentando, corajosamente, reconheçamos, jogar de igual para igual com o Flamengo, teve até uma chance de abrir o placar em jogada de Everton, mas a partir daí as coisas voltaram ao normal, e mesmo sem encontrar o gol o rubro-negro já dava mostras de sua superioridade em todos os quesitos. O gol de Bruno Henrique veio perto do final do primeiro tempo, mas já merecia ter saído antes. Ele arrancou com a bola dominada, ninguém o segura, fez lindo passe para Gabriel que finalizou de perna direita, a bola, rebatida por Paulo Vítor, e ele só teve o trabalho de empurrar para as redes.

No segundo tempo, acho que Renato Gaúcho e seus comandados devem estar tentando entender, até agora, o que aconteceu. Envolvente, cirúrgico, rápido, no peito, na raça, na categorias, na técnica e na tática, em tudo o Flamengo superava o valoroso rival. Os gols foram saindo normalmente, como sempre acontece quando uma equipe joga sempre com o objetivo da verticalidade.

E logo no comecinho,  Gabriel faz 2 a 0,e m jogada que De Arrascaeta levantou na área, a bola sobrou para o artilheiro chutar com um meio gito, e a pelota ainda resvalou, de leve, nas costas do zagueiro Pablo marí. Logo em seguida, Bruno Henrique, super rápido, dribla Geromel dentro da área, pênalti. Gabriel faz seu segundo, aos dez minutos, 3 a 0. 

O quarto gol nasceu de escanteio cobrado por De Arrascaeta, Pablo Marí sobe mais que Geromel, e fulmina de cabeça, marcando o quarto. Logo em seguida foi a vez de Rodrigo Caio, também de cabeça marcar o quinto, em levantamento de Everton Ribeiro, no primeiro pau. Ele antecipou, girou o pescoço em testada firme, colocando no canto baixo esquerdo do gremista. Rodrigo festeja muito, como se deve, numa alegria que contou com a participação de todo o banco e de particularmente do meia Diego.

 E ainda teve um lance para quase coroar a volta do meia Diego, e a noite de festa do Maraca, O ex-santista, que voltava de contusão séria, depois de três meses sem jogsar e entrara super aplaudido no lugar de Gerson, quase marca, obrigando o Paulo Vítor a grande defesa.

Depois, foi só deixar o tempo passar, tocar a bola, colocar o Grêmio na roda, mas sem humilhação, até o apito final. Nos últimos dez anos não vi uma equipe brasileira jogar tão bem e merecer tanto chegar a uma final de Libertadores.

timefla_09

DE VOLTA À FINAL

O Flamengo volta a uma final de Libertadores depois de 38 anos. A última vez em que o Rubro-Negro tinha ido a uma decisão da competição continental foi em 1981, quando venceu o Cobreloa, do Chile. Agora, enfrentará o River Plate.

Data: 23/11/2019, sábado 

Horário: 17h30 (de Brasília)

Local: Estádio Nacional de Santiago

Evento: Flamengo x River Plate

Missão: Final da Libertadores 

*Fotos: twitter do Flamengo


Ríver Plate perde de 1 a 0, mas se garante na final da Libertadores

Edmo Sinedino,

Ríver perdeu para o Boca Juniores de 1 a 0, mas como havia vencido no Estádio Monumental de Nuñes, 2 a 0, partida da volta, está na final da Libertadores. Vai esperar o rival que será conhecido amanhã, quando jogam Flamengo e Grêmio, no Maracanã. No primeiro encontro, 1 a 1, na Arena Grêmio, no Sul.

Na Argentina, uma partida sem muita qualidade técnica, mas intensa. Com muitas jogadas aéreas de ataque de lado a lado. O Boca, que precisava tirar a vantagem de dois gols, normal, partiu para cima, criou as melhores oportunidades, desperdiçou duas ou três boas chances até marcar seu gol. Pressionou, mas não conseguiu igualar o placar da ida para decidir, pelo menos, nas penalidades. 

O Ríver, campeão da última edição, se garantiu, suportou a pressão e, ainda, de vez em quando chegava com perigo.Merecida conquista para a equipe que sempre mostrou mais equilíbrio ao longo de toda a competição. Agora, ao brasileiro vencedor de amanhã, se quiser vencer os argentinos tem que mostrar a mesma intensidade, entrega e, o diferencial, a técnica. 

Acredito que os dois brasileiros - Flamengo, principalmente, e Grêmio - têm sim mais time que o Ríver e toda a condição de conquistar a Taça. Contudo, a gente sabe bem, contra os Hermanos nada é fácil. Se todo jogo tem o peso de uma decisão, então, imaginem aí uma decisão da  maior competição das Américas entre ambos. Vai ser sensacional! 

Conmebol pode mudar local da disputa, marcada para o Estádio Nacional de Santiago, no Chile, devido aos intensos protestos que tomaram conta do país nos últimos dias. A entidade monitora o país.



ABC contrata Dandan, craque da Segunda Divisão do Campeonato Catarinense

Edmo Sinedino,

dandad1_09O ABC deve anunciar nesta quarta-feira, oficialmente, mais dois reforços para a temporada de 2020. Um meia atacante, mais uma aposta do treinador Francisco Diá, Dandan, 23 anos, Daniel Lopes de Andrade, craque da temporada da Divisão de Acesso em Santa Catarina, defendendo o Almirante Barroso, time campeão.

Além do Almirante Barroso, o meia já defendeu o Tubarão, Joinville e o Marcílio Dias. A característica do Dandan, vi um vídeo, é sempre partir para cima da defesa adversária com a bola dominada e em velocidade. Se repetir as atuações aqui em Natal certamente vai conquistar a Frasqueira.

O outro reforço que deve ser anunciado é um velho conhecido da torcida. A esse atleta está sendo dada uma espécie de segunda chance, pois o treinador Francisco Diá acredita que ele tem muito potencial. Detalhes impedem a divulgação, por enquanto.



Conmebol pode mudar o local da final da Libertadores

Edmo Sinedino,

E diante do turbulento momento vivido no Chile, dá para fazer a final em Santiago? Me parece inviável. Não creio que a situação possa ser contornada até lá, e até temo que, confirmada a final, o futebol seja usado com incremento da revolta.

O povo chileno, parece, cansou de ser massacrado, a situação se tornou insustentável, e, diferente do povo brasileiro, o futebol por lá não é ópio.

A Conmebol deveria procurar um novo local para a partida, pois, talvez, dependendo dos adversários, o Flamengo, que vive um momento fantástico, contra qualquer do argentinos, será o jogo mais especial das últimas edições da competição.

O modelo de partida única, num estádio neutro, me parece ser ideal, pois evidencia  realmente quem é melhor. 

Os efeitos de campo e torcida influenciam, atrapalham, principalmente no quesito arbitragem que, ao longo dos anos, tem sido ruim para os brasileiros, sem bairrismo.



O pé frio de Jair Bolsonaro

Edmo Sinedino,

Que a torcida do Flamengo, direção, enfim, não permitam a presença de Bolsonaro nesta segunda partida da semifinal, quarta-feira no Maraca, e muito menos  em Santiago, estádio Nacional, caso a equipe chegue à final, e isso vale para o Grêmio também.

Campeão do pé frio, onde o cara se coloca do lado, oferece apoio, posa ao lado,  a coisa fica escandalosamente negativa.

Dá uma olhada no blog do Juca Kfouri.  E que o digam o Palmeiras, Macri, Netanyahu, Trump, o Chile e até mesmo  o seu torpe partido, PSL, que está prestes a implodir sob seu comando e dos filhos loucos.



América é goleado na estreia da fase de grupos da Copa do Nordeste Sub 20

Edmo Sinedino,

No estádio Ademir Cunha, em Paulista, o o América perdeu para o Sport na estreia da fase de grupo da Copa do Nordeste Sub 20. O Leão não tomou conhecimento do time potiguar e com gols do lateral-direito Ewerthon, do meia Pablo Pardal e dos atacantes Pedro Maranhão e Mikael, goleou por 4 a 0. Com isso, o Sport assume a liderança do Grupo E com três pontos e saldo positivo de quatro gols.  

O time rubro natalense abusou das falhas e muita fragilidade no seu setor de marcação. Aliás, a equipe natalense nada apresentou de positivo, Fica para a segunda rodada, em casa.O próximo compromisso está marcado para sábado (26), às 15h, contra o Horizonte-CE, no Estádio Nazarenão.

Infelizmente, esse é o retrato de bases que não existem. A gente fica na expectativa que, a partir de agora, nova gestão, Leonardo Bezerra, que sempre soube da importância da categorias, possa começar uma transformação nesse quadro tão ruim.



Ceará faz bom jogo e vence o clássico dos melhores do Nordeste; Bota sofre para bater o CSA

Edmo Sinedino,

ceara09_09Um jogão de bola dos nordestinos. As duas equipes entraram em campo protestando contra o desastre ambiental que atinge o Nordeste. O Bahia com a camisa "manchada" de óleo; o Vovô veio com os atletas usando luvas negras. Em campo, o Ceará venceu o Bahia, 2 a 1, de virada, dois gols de cabeça do zagueiro Luiz Otávio, o segundo no último minuto da paartida. Mas o Vovô não foi só isso, jogou de igual para igual, mesmo diante de um adversário qualificado e muito melhor colocado. Escrevi aqui ainda quando os cearenses perdiam partidas seguidas, esteve dez rodadas sem vencer, que o desempenho não condizia com o futebol apresentado. A equipe comandada por Adilson Batista não merece figurar na parte de baixo. O Bahia talvez tenha pecado pelo excesso de zelo no começo, e depois pela pressa de querer resolver de cada um dos atacantes tricolores quando pegavam na bola. Um ótimo duelo.

A vitória fez o Ceará dar um salto na tabela do Brasileirão. O Vozão chegou a 30 pontos, subiu para o 15º lugar e empurrou o Cruzeiro para a zona de rebaixamento. Já o Bahia ficou com 41 pontos, em 8º lugar, e perdeu a chance de chegar à 5ª colocação.

Uma  vitória do menos medíocre, Botafogo, sobre o CSA, 2 a 1. Os dois times, acredito, vão lutar contra o rebaixamento até o final, junto com Fluminense e Cruzeiro. Para mim, hoje, Fortaleza e mesmo o Ceará, que venceu e saiu fora da zona de risco, apresentam um futebol de nível bem melhor. Um jogo sofrível, o Fogão não tem nada e o treinador não tem coragem de tirar Diego Souza, 300 quilos, se arrastando em campo. Não acrescenta no meio-campo e nem chega na frente.

Botafogo: 13ª posição, 33 pontos. Próxima rodada: Grêmio, domingo, às 16h, na Arena do Grêmio.CSA: 18ª posição, 26 pontos. Próxima rodada: Flamengo, domingo, às 19h, no Maracanã.

*Foto: twitter do Ceará


Visão Celeste faz bom jogo e arranca empate diante do favorito Força e Luz

Edmo Sinedino,

A quinta rodada da Segunda Divisão do Campeonato Potiguar movimentou a cidade de Goianinha neste domingo (20), com jogo no Estádio Nazarenão. Às 15h, Força e Luz e Visão Celeste empataram por 1 a 1. O gol do Força e Luz foi marcado por Daniel, enquanto que Bisneto empatou para o Visão.

Os dois times fizeram um duelo equilibrado e sem muitas chances de perigo. O primeiro gol da partida foi marcado por Daniel, que recebeu na área, dominou e chutou no angulo. Perdendo, o Visão Celeste, foi ao ataque e conseguiu o empate com Bisneto, que recebeu o lançamento de Augusto e só teve o trabalho de deslocar o goleiro.

Com o resultado, o Força e Luz se manteve na liderança isolada no Grupo 2 da competição, com 10 pontos. Já a equipe Celeste permanece na terceira colocação, mas agora com um ponto. Na próxima rodada, a sexta e última da fase de grupos, o Visão Celeste enfrenta o Atlético Potengi, na próxima quarta-feira (20), às 15h, no Estádio Nazarenão. O Força e Luz já encerrou a participação na primeira fase e agora espera a data dos jogos da semifinal.

Fonte: Assessoria / FNF



Centenário ganha do Parnamirim e garante vaga na segunda fase da Segundona

Edmo Sinedino,

Neste domingo (20), complementando a quinta rodada do Estadual da Segunda Divisão, o Centenário venceu o Parnamirim por 2 a 0. Os gols da equipe de Parelhas foram marcados por Marcos Vinicius e Edvaldo Alves. Com o resultado, o Centenário assumiu a segunda colocação do Grupo 1, com seis pontos e garantiu a classificação antecipada para a próxima fase do certame, enquanto o Parnamirim se despede do campeonato, sem pontuação.

O próximo jogo válido pela sexta e última rodada da primeira fase, será entre Alecrim e Centenário, na próxima quarta-feira (23), no Estádio Frasqueirão, às 15h.

*Fonte: site da FNF


"Manchas de óleo chegaram às nossas camisas"

Edmo Sinedino,

bahiaoleo_09Futebol tem a ver com tudo que nos rodeia. Acho absurdo quando vejo atletas se dizendo apolíticos, se mostrando absolutamente insensíveis às causas sociais, ao sofrimento de um povo que, na maioria das vezes, foi sua gente, seu vizinho, seu companheiro de agonia e até de fome. Adoeço quando vejo alguns passarem, de mala e cuia, para o "outro lado", casos de Romário, Ronaldo Nazário, Ronaldinho Gaúcho e Neymar, só para citar os mais famosos. Semana passada, o treinador do Bahia, Roger Machado, deu uma aula de cidadania, ao discorrer sobre política, conhecimento de nossos problemas reais, da desigualdade social, enfim, quando lhe perguntaram sobre racismo. Um marco, para mim, na história das entrevistas com desportistas.  Amanhã,o Bahia entra em campo com uma camisa "manchada de óleo", o óleo que apodrece nossas águas, mata a vida marinha, emporcalha nossas belas praias nordestinas, tudo por conta de um governo que se peocupa com tudo, menos com os verdadeiros problemas do País. Valeu Bâea!!!

Veja abaixo:

Manchas de óleo chegaram às nossas camisas

O problema é seu. O problema é nosso.

Quem derramou esse óleo? Quem será punido por tamanha irresponsabilidade? Será que esse assunto vai ficar esquecido?

O Bahia é você, somos nós, cada ser humano.

É a forma como representamos o amor, o apego, o chamego, o sagrado, a justiça. O Bahia é a união de um povo que vibra na mesma direção, que respira o mesmo ar e que depende da mesma natureza para existir, para sobreviver.

Jogaremos nesta segunda-feira (21), contra o Ceará, em Pituaçu, com a camisa do Esquadrão manchada de óleo.

Um convite à reflexão: o que faz um ser humano atacar e destruir espaços sagrados? O lucro a qualquer custo pode ser capaz de destruir a ética e as leis que regem e viabilizam a humanidade?

A barbárie deve ser tratada como tal, não como algo natural.

POR TIAGO CÉSAR

*Foto e texto do site oficial do Bahia



Flamengo bate o Flu e abre dez pontos de vantagem; Vasco faz bonito no Sul

Edmo Sinedino,

vasco23_09Deixa eu falar de dois jogadores aqui, antes mesmo de entrar em análises curtas dos jogos deste domingo, do Brasileiro. D´Alessandro e Guerrero, dois ídolos do Internacional. Quanto esses caras custam aos cofres do clube? Quanto eles, efetivamente, rendem em campo? Dois ex-jogadores em atividade, dois atrasos, dois a menos no futebol de altíssima velocidade de hoje, e os mais caros. Os cancros do futebol do Brasil. Enquanto isso, certamente, vários jovens talentos estão sendo ignorados, desperdiçados, não jogam, são emprestados, vendidos, muitos perdem a confiança e não "viram", como se diz na gíria do futebol. Os treinadores da "era Parreira" passam em brancas nuvens, não enxergam.

Na partida contra o Vasco, o argentino marcou um golaço, bem anulado, pois foi falta clara do "trem" do Inter que se jogou, empurrou, atropelou zagueiros e goleiro do Vasco. Não entendi o tempo exagerado que os idiotas da arbitragem, desculpem o adjetivo, mas classifico assim, levaram para anular o gol.

Na partida, sim, grandes defesas de Fernando Miguel, mas somente em lances de bola alçada na área, onde o Vasco é ruim, muito ruim, e o Colorado um pouco melhor. Esse time que a direção do Inter ganhou tem que comemorar se conseguir se classificar para a Libertadores. O Vasco, com a bola no chão, foi melhor e mais efetivo. Sem dúvida, a partir de aproveitamento de garotos, sem inventar, Luxemburgo ressurge junto com o Vasco. Vitória merecida. O Vasco encerrou um tabu de 12 anos sem vencer no Beira Rio e promoveu a primeira derrota do adversário na sua casa esse ano.

As pessoas vão sempre me ver falando e escrevendo sobre a importância de jovens valores, feitos na base, ou vindo de centro menores, para a formação de um grande time. Se o Vasco mantivesse no time alguns medalhões sem compromisso talvez continuasse a lutar, tão somente contra o rebaixamento. Thiago Reis, Richard, Bruno Gomes, Henrique, Felipe Ferreira (veio do CRB), Marcos Júnior (que jogou aqui em Natal em ABC e América e estava no Bangu), Marrony, Pikachu e Rossi, (paraenses), sem falar na joia rara Thales Magno, na seleção Sub 17, são os responsáveis diretos por esse novo Vasco, com méritos para Luxemburgo. Para não fugir totalmente à regra, a direção contratou um volante colombiano de 33 anos, Guarín, para mim, sem necessidade.

O Vasco é 11º com 37 pontos, o Inter é sexto colocado com 42 pontos, nem tão distante assim. Parece que está sendo dado ao time da Cruz de Malta o direito de sonhar.

O Santos perdeu a empolgação. Sim, porque mesmo estando a seis rodadas sem perder, o time não conseguia apresentar o mesmo domínio, variação, intensidade, enfim. Cito como exemplo o jogo contra o Vasco, e poderia citar outros, que venceu mas não foi tão bem. Neste domingo, no Horto, confesso, poderia ter sido outro da mesma forma. No primeiro tempo tomou dois gols atípicos, um de lançamento longo e outro de cabeça, e poderia ter sido o inverso, pois foi mais presente no jogo aéreo, principalmente. No segundo tempo, a partida caiu como um todo. O Galo aproveitou. O Santos dá adeus ao título? Acho que sim.

O Atlético-MG termina a 27ª rodada do Brasileiro com 35 pontos e em 12º lugar, a nove pontos da zona do rebaixamento, mas com essa diferença podendo ser diminuída nesta segunda, com os jogos de Ceará e CSA, ambos com 26 pontos. O Santos, por sua vez, continua em terceiro com 51 pontos.

Caio Max Augusto Vieira (RN) apita a partida, auxiliado por Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Jean Marcio dos Santos (RN). Héber Roberto Lopes (SC) é o responsável pelo VAR. O árbitro potiguar precisou de muita energia para conter os ânimos dos dois lados, mas fez uma ótima arbitragem, assim como Jean Marcio dos Santos, assistente.

Sei que parece chato e repetitivo. Mas é muito bom ver o Flamengo jogar. O time bateu o Fluminense de 2 a 0, criou mais outras tantas chances e situações claras de gol, teve um pênalti em Gabigol, não marcado e confirma sua excelente fase, onde pouca gente ou quase ninguém mais acredita que ele deixe de ganhar esse Brasileiro. Sem Rafinha e De Arrascaeta, o time teve a volta de Filipe Luís, jogou para pegar ritmo depois saiu e, como sempre, o talento de jogadores de meio-campo, além da dupla quase imarcável de atacantes - Bruno Henrique e Gabigol - foram determinantes. Bruno Henrique e Gerson marcaram os gols da vitórias. E o Fluminense? Justiça seja feita, o tricolor respondeu vários ataques do Flamengo quase na mesma moeda, só que não tinha a mesma qualidade técnica e precisão.

Importante. Público presente: 52.279, mais de 50 mil mais uma vez. Pagante: 47.496 para uma renda de  R$ 2.565.378,25.

Líder isolado do Campeonato Brasileiro com 64 pontos, o Flamengo enfrenta o CSA na rodada seguinte, novamente no Maraca. O jogo está marcado para o próximo domingo, às 19h. Um dia antes, no mesmo estádio, o Fluminense, 15º colocado com 29 pontos, recebe a Chapecoense.

Com o empate do Palmeiras em Curitiba, na Arena da Baixada, o Flamengo abre dez pontos sobre o segundo colocado. Grande vantagem. No empate, o time palmeirense deve comemorar, pois fez muito pouco para merecer esse pontinho. O Furacão foi melhor no primeiro tempo,abriu o placar com Marcelo Cirino, poderia ter ampliado. Se descuidou, tomou o empate, gol de Deyverson, e criou inúmeras chances e situações no segundo tempo, mas ficou nisso mesmo.

O resultado leva o Palmeiras aos 54 pontos, ainda na vice-liderança, mas com o Flamengo somando 64. O Athletico é nono colocado, com 39 pontos, e praticamente só cumpre tabela após o título da Copa do Brasil.

Verdão do Oeste marca com Everaldo e Henrique Almeida, enquanto Rafinha e Rafael Vaz deixam tudo igual para os visitantes. Foi a partida da ilusão. A torcida da Chape achou que festejaria uma bela vitórias, mas as limitações da equipe ficaram, mais uma vez, evidentes. O rebaixamento cada vez mais próximo. O Goiás, que teve boa reação neste "segundo turno" briga para se manter na Sulamericana.

Com o empate, as duas equipes somam um ponto na tabela. A Chape chega aos 17, iguala a pontuação do Avaí e deixa a lanterna. O Goiás, com 38, mantém a 10ª colocação.

A rodada de número 27 será fechada amanhã com o clássico especial do Nordeste, Bahia e Ceará, na Arena Fonte Nova, e o Botafogo recebendo o CSA no Engenhão.

*Foto: site oficial do Vasco da Gama


ABC contrata meia Jailson, ex-Santa Cruz

Edmo Sinedino,

Mais um jogador indicado pelo treinador Francisco Diá. Meia destro, de bom passe, curto e longo, bate bem na bola e chega sempre na área com velocidade, além de saber fazer bem a ligação entre setores. Bom jogador, não sei como está no momento. Marcou gol. inclusive diante do próprio ABC, aqui em Natal. Dando uma olhada no currículo dá para ver que sua carreira está em ascendência, os clubes foram ficando mais qualificados a cada nova temporada.

Veja abaixo:

Mais Querido contrata meia-atacante Jailson

Mais um reforço confirmado para a próxima temporada. Nesta sexta-feira (18), a diretoria alvinegra acertou a contratação do meia-atacante Jailson, jogador que estava no Santa Cruz/PE.

Jailson tem 27 anos e fechou contrato com o Mais Querido até o final do mês de maio. O atleta é mais um que chega por indicação do treinador Francisco Diá e vem para a disputa das competições do primeiro semestre.

Conheça um pouco mais do novo contratado:

Edjailson Nascimento da Silva – Jailson

Posição: Meia-atacante

Nascimento: 09/10/1992 (27 anos)

Naturalidade: Jaqueira (PE)

Altura: 1m71      Peso: 67 kg

Clubes: Vitória das Tabocas/PE (2014), Sete de Setembro/PE (2014), Petrolina/PE (2015), Pesqueira/PE (2016), Santa Rita/AL (2016), ASA/AL (2016), Santa Rita/AL (2017), Central/PE (2017), Decisão/PE (2017), Moto Club/MA (2018), Fluminense de Feira/BA (2018), Santa Cruz/PE (2018), Cuiabá/MT (2019) e Santa Cruz/PE (2019).



Campeonato Municipal de São Tomé

Edmo Sinedino,

As equipes participantes do Campeonato Municipal de São Tomé, com largada prevista para o dia 28/10, no estádio Rainel Pereira, que será reinaugurado, agora com gramado novo e iluminação. O certame sãotomeense tem o dobro de participantes de nosso Campeonato Potiguar, com adesão de quase todos os distritos do município, e que farão, certamente, uma festa muito bonita desse esporte, justamente dias depois da passagem do maior desportista incentivador da cidade, o Dr. Berg. Sem dúvida, essa será a melhor homenagem que ele vai receber, muito provavelmente, não sei ainda, mas o troféu ao vencedor deverá ser em sua homenagem.

santome_09



Cruzeiro volta e vencer, sai da zona de risco, na abertura da 27ª rodada do Brasileiro

Edmo Sinedino,

Os dois jogos de hoje, abertura da 27ª rodada do Brasileira.

Sorrí lembrando, de novo, de Renato Gaúcho quando, ao fazer o 2 a 1, muito mais por falha (presente) da defesa corintiana que mérito, Abel Braga, treinador do Cruzeiro,tirou Robinho do jogo e colocou mais um jogador de marcação. Incrível! Como está correto o treinador gremista quando fala de nosso covardia. Bom, dessa vez, o Timão, sem poder de reação, fraco, jogando com esse Ralf de volante, nem pressão fez, a partida terminou mesmo 2 a 1 para o time azul, de virada, em partida da 27ª rodada, neste sábado, na Arena Corinthians. Em campo, dois exemplos claros de nossa mediocridade futeboliana da retranca futebol clube. Fagner marcou para o time da casa, abrindo o placar, Fred (jogou?) empatou, de pênalti, e Ederson, lance legal, virou para o time mineiro que, até amanhã, pelo menos, está fora do Z4. O Timão, ainda quarto, pode cair para a sexta colocação.

No Castelão, o Fortaleza tomou um gol do Grêmio, Paulo Miranda, de cabeça, mas empatou com Wellingtyon Paulista, cruzamento de Romarinho, e Osvaldo fez o gol da virada. O Grêmio jogou com time quase todo reserva, o que continuo achando um erro grave do treinador Renato Gaúcho. O Imortal perdeu a chance de chegar à quinta posição, fica em sétimo, enquanto o Leão do Pici permanece longe da zona de risco, em 13º.



Santos, Inter e Athletico vencem no complemento da 25ª rodada

Edmo Sinedino,

No complemento da 25ª rodada, o Santos, de virada, bateu o Ceará de 2 a 1, gols de Sacha e Gustavo Henrique, depois de um primeiro tempo ruim. O Vovô, comando por Adilson Batista, bem no jogo, abriu o placar com Lima, mas não segurou o jogo aéreo do Peixe.

A vitória em casa manteve o Santos a dez pontos do Flamengo, o líder da competição. Na terceira posição, o time de Jorge Sampaoli foi a 51 pontos – o Palmeiras é o segundo, com 53 pontos. O Ceará manteve-se fora da zona de rebaixamento, na 16ª posição, com 26 pontos, a mesma pontuação do CSA, mas com uma vitória a mais.

Fluminense

Mesmo sem convencer ninguém de que vivia um bom momento, o Fluminense vinha de uma sequência de cinco jogos sem saber o que é perder no Campeonato Brasileiro (dois empates e três vitórias), mas sucumbiu diante da boa atuação do Athletico-PR. Essa foi a 13ª derrota do Tricolor na competição.

O Furacão venceu, de virada,  acreditem, com dois gols do ala Madson, que teve passagem de destaque aqui em Natal pelo ABC, responsável por sua projeção já que, antes, estava sem chances, esquecido na Bahia. O gol tricolor foi marcado por Frazan.

Voltando ao Flu, sem querer parece de má vontade, mas se mais alguns clubes começarem a reagir, o tricolor passa sim a correr riscos. O time é muito desinteressado, falta empenh, luta, dedicação, essa é a impressão.

Com essa vitória, o Athletico-PR chegou aos 38 pontos e assumiu a a nona colocação da tabela. O Fluminense, por sua vez, tem 29 pontos e está em 14º.

Inter

Na outra partida da noite, o Internacional venceu o Avaí, na Ressacada, 2 a 0, afundando ainda mais o time catarinense que parece fadado ao rebaixamento, com remotíssimas chances de escapatória.

Após expulsão de Wesley com revisão no VAR, a coisa ficou ainda mais fácil para o Colorado que marcou com Patrick e Sarrafiore.

Com a vitória, o Inter volta ao G-6: ocupa a sexta colocação, com 42 pontos. O Avaí segue no Z-4, na vice-lanterna, com 17 pontos.



Cláudio Emerenciano, presidente do CD do ABC, no Esporte em Pauta

Edmo Sinedino,

Tivemos oportunidade de entrevistar hoje no programa Esporte em Pauta, da Tevê Assembleia, sob o comando de Mállyk Nagib, o presidente do Conselho Deliberativo do ABC, Cláudio Emerenciado, figura potiguar que dispensa apresentações. E ele deixou muito claro o caminho de mudanças, irreversíveis, profundas, que o clube está tomando e não vai sair dessa linha.

A ideia do ABC é negociar parte do terreno para a construção de um posto de gasolina, assim como, no futuro próximo, já que existe a necessidade do alvinegro se tornar um oficial clube formador de valores, da viabilização de um local para essa CT, e como já existe o CT do Touro, em São Gonçalo, as chances de uma negociação são reais.]

Bom, os assuntos que o dirigente falou nós já comentamos várias vezes, os torcedores já sabem do que se trata, mas o que me chamou a atenção na entrevista a determinação de mudanças reais. Mudanças estas que já começaram, basta acompanhar as últimos medidas adotadas pelo clube.

Veja abaixo:

Nota Oficial - Profissionalização 

O ABC Futebol Clube comunica ter iniciado esta semana as mudanças administrativas e a implementação do novo organograma da instituição. Esta nova fase demanda ajustes, a seleção de currículos e as contratações para cargos específicos.

abcmuda_09



Sócio-tocedor anuncia a contratação do ala Renan Luís

Edmo Sinedino,

Renan Luís, ala esquerda, 29 anos, experiente, com passagens por vários clubes, tendo disputado a Série C pelo Imperatriz do Maranhão, chegando perto de conseguir o acesso, e participando de quase todos os jogos, é o reforço anunciado, como prometido, por um sócio-torcedor. Coube a Kadu Noronha, conhecido torcedor rubro, as honra das casas.

*Na montagem fotográfica do atleta o seu último clube.

O ala já vestiu a camisa das equipes do Canedense, Red Bull Brasil duas vezes, Ponte Preta em duas oportunidades, Ceará, São Caetano, duas vezes, Guaratinguetá, Rio Claro,, Sampaio Corrêa, Tricordiano e estava no Imperatriz do Maranhão.

renan23_09


Salesiano conquista ouro no badminton e basquete masculino nos Jerns 2019

Edmo Sinedino,

dombosco2_09Uma final empolgante, vi imagens, mas na quadra deve ter sido maravilhoso. A decisão do basquete juvenil. Uma vitória super valorizada pela qualidade das equipes finalistas - Salé Dom Bosco x IFRN. Ginásio do Auxiliadora lotada, em festa, em paz, como deve ser sempre no esporte.

Veja abaixo:

Salesiano conquista ouro no badminton e basquete masculino nos Jerns 2019

Equipes faturaram os primeiros lugares em finais ocorridas nesta quarta-feira (16)

O Salesiano conquistou mais duas medalhas de ouro nos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte 2019. Nesta quarta-feira (16), a equipe de basquete masculina do Dom Bosco venceu a final da categoria juvenil contra o IFRN Natal, por 49 a 32, em jogo realizado no ginásio do Instituto Maria Auxiliadora. A campanha da equipe salesiana mostrou o alto índice técnico, com uma invencibilidade de sete jogos nos Jerns.

Na primeira fase, o Salesiano Dom Bosco obteve três vitórias em jogos contra a Escola Estadual Juscelino Kubitschek, IFRN Santa Cruz e IFRN Macau. Nas fases seguintes, venceu os confrontos contra Neves, Contemporâneo Cidade Verde e Marista, até chegar à final e bater o IFRN Natal.

No badminton, a dupla formada pelos atletas Gabriel Loeffer e João Carlos faturou a medalha de ouro. A equipe do Salesiano ainda conquistou outro importante resultado, com o terceiro lugar de Maria Luiza e Gabriel Calixto, na categoria dupla mista infantil.

dombosco1_09

*Fotos: Assessoria de Imprensa / Salesiano Dom Bosco



Jerns - Contemporâneo é campeão na natação pelo 15° ano consecutivo e atleta bate três recordes

Edmo Sinedino,

contempa12_09O Complexo Educacional Contemporâneo mantém sua tradição de grande campeão dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte, sempre mostrando resultados da direção que sempre acreditou no esporte e trabalha, desde muito, para o sucesso desta competição, a mais importante do calendário esportivo do Estado.

Veja abaixo:

Jerns - Contemporâneo é campeão na natação pelo 15° ano consecutivo e atleta bate três recordes

A última fase dos 49ª edição dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (Jerns) segue a todo vapor e envolve 27 modalidades. Entre os destaques da edição, está a natação do Complexo Educacional Contemporâneo, que se consagrou como campeão na modalidade pelo 15° ano consecutivo, inclusive, com quebra de recordes e a marca de 54 troféus conquistados na competição.

O Contemporâneo também se destacou na Ginástica Rítmica. A aluna Marina Lima conquistou o primeiro lugar na corda, no individual geral e foi atleta ouro na categoria mirim. A equipe de GR da escola também conquistou a primeira colocação por conjunto no mirim.

A fase final da 49ª edição dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (Jerns) reúne mais de 14 mil atletas de 588 escolas de todo o estado e segue até o dia 28 de outubro. Incluindo as fases regionais, realizadas no interior do estado, foram 1.006 escolas envolvidas e quase 40 mil estudantes.

Fotos e texto: Assessoria de comunicação do Contemporâneo

contempa123_09


Deputados aprovam Audiência Pública para discutir o VAR; palhaçada!

Edmo Sinedino,

Notícias dos jornais e portais

A atuação do árbitro de vídeo (VAR) no futebol brasileiro, que vem ganhando críticas por parte de jogadores e técnicos, ganhará um novo capítulo, agora na Câmara dos Deputados. Isso porque os parlamentares da Comissão de Esportes da casa aprovaram a realização de uma audiência pública sobre o assunto. De quebra, os congressistas aprovaram ainda a convocação de membros da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e de árbitros e ex-árbitros.

Pense numa palhaçada. Esses políticos não têm mais o que fazer? VAR é de responsabilidade da CBF, a entidade quem tem a obrigação de procurar minimizar o tempo de avaliação e ponto.

Ora, essas críticas de imprensa, treinadores e jogadores, torcedores também, sempre existiu. Agora, pelo menos temos a certeza de que absurdos não determinarão os resultados dos jogos.

Erros eliminados 100%? Claro que não. É futebol, lances subjetivos, alta complexidade desse esporte tão particular. Cabe, volto a dizer aos responsáveis da CBF treinar seus árbitros, exigir deles uma agilidade nas decisões.

Não vejo tanta dificuldade nisso.

Os desocupados deputados Dr. Luzinho (PP), Flor de Lis (PSD) e Helio Lopes (PSL) foram os responsáveis pelo requerimento. Eles bem que poderiam tratar de se voltarem para problemas bem mais sérios que afligem nosso País.


61-80 de 9766