ABC passa apertado pelo Santa Cruz e fica bem perto de se garantir na final do turno

Edmo Sinedino,

ogolWaly_09Uma vitória suada, diante de uma equipe que vem fazendo boa campanha. ABC 1 x 0 Santa Cruz, no Frasqueirão, neste domingo, gol de Wallyson, aos  24 minutos do primeiro tempo. O alvinegro entrou em campo pressionado, por vinha de tropeço, empate em casa diante do Potiguar, precisando vencer para se manter na briga pela decisão do turno.

O ABC foi bem melhor no primeiro tempo, dominou as ações, criou boas situações de gols, mas continua pecando muito nas finalizações. Mais uma vez o registro de boas chances desperdiçadas.

No segundo tempo a equipe caiu de produção e teve que jogar os minutos finais com, praticamente, um atleta a menos, já que Berguinho, sentindo cãibras, fazia figuração em campo, já que o treinador Fancisco Diá havia feito as três substituições.

O jogo serviu para a estreia, em parte, do meio João Paulo, elogiado pelo técnico após a partida. O meia se apresentou bem, apesar de, ainda, visivelmente fora de ritmo.

Um empate no clássico garante o ABCna final da Copa Cidade do Natal, diante do rival. O Santa Cruz, que pode tirar a vaga do alvinegro, terá que vencer seus dois últimos compromissos, torcer por duas derrotas do concorrente e ainda tirar o saldo que é, hoje, de cinco gols de vantagem.

ABC enfrenta o América, quarta-feira, na Arena das Dunas, enquanto o Santa Cruz encara o Globo, quinta-feira, no Frasqueirão, às 15h.

Analisando

Ainda não foi, é verdade, uma atuação convincente do ABC, mas é sempre bom ponderar  e levar em consideração os problemas que o treinador Fancisco Diá tem enfrentado. Sem peças de reposição, caso de um substituto à altura para Valderrama, machucado, o técnico tem improvisado jogadores na posição. Reforços que foram contratados - Bruno, Pedro Costa e Vinícius Leandro - enfrentaram problemas de lesões e estão retornando agora. A direção, possivelmente, deve estar cobrando melhores atuações, mas é a mesma direção que não tem condição financeira de contratar bons reforços, sem falar que o mercado também não está oferecendo opções. Repito que, jogadores com Anderson, Wanderson, Hugo, Rodrigo Rodrigues , entre outros, fazem muita falta nesse momento. Na sexta-feira, o centroavante deixou o clube, e certamente porque falta condição para que seu salário seja pago.

*Foto: Luciano Marcos/Equipe de comunicação do ABC



Força e Luz surpreende o Potiguar no Nogueirão; Globo e ASSU empatam em jogo de seis gols

Edmo Sinedino,

Surpreendente vitória do Força e Luz sobre o Potiguar de Mossoró, 2 a 0, em pleno estádio Nogueirão, em Mossoró. Foi a primeira vitória do time elétrico na competição, gols marcados pelo mesmo atacante Ristony, no segundo tempo.

Com esse resultado, o Potiguar se despede de qualquer chance de disputar a final do turno, pois continua com apenas cinco pontos e matematicamente fora da disputa, assim como já estava o Força e Luz.

As equipes, portanto, apenas vão cumprir tabela nesse meio de semana. O Potiguar em casa, mais uma vez, diante do Palmeira, enquanto o Força e Luz atua no Edgarzão, diante do ASSU.

Globo 3 x 3 ASSU

Incrível o futebol. No duelo do Barrettão, Globo e ASSU empataram de 3 a 3. O Camaleão do Vale que ainda não venceu ninguém e que vinha de duas goleadas seguidas - 7 a 0 e 3 a 0, América e Santa Cruz - esteve por três vezes na frente do placar, mas cedeu o empate.

Um jogo bem movimentado em Ceará-Mirim, o que não deixa de ser um alento aos assuenses que, pelo menos mostraram uma performance bem melhor principalmente no setor ofensivo.

Lucas e Manu (duas vezes), anotaram para o time do Vale, enquanto Rogério, Gabriel Recife e Erick fizeram os tentos do Águia. As duas equipes não têm mais chances de classificação e cumprem tabela nas rodadas finais.



Lagarto de Ranielle Ribeiro, Anderson e Cascata é terceiro colocado no Sergipano

Edmo Sinedino,

cascata_09Sob o comando do treinador potiguar Ranielli Ribeiro o Lagarto tem um bom começo de Campeonato Sergipano, em partida realizada ontem, no estádio Albano Franco, em casa, a equipe bateu o América de Pedrinhas de 1 a 0, gol do conhecido Jardson Sapé, meiocampista que atuou no futebol potiguar. Com esse resultado, a equipe soma três pontos, já que, na estreia empatou de 0 a 0, diante da equipe do Dorense fora de casa.

Além de Jardson Sapé, mais dois conhecidos jogadores fazem parte do elenco da equipe sergipana. O veterano Cascata, com passagens por ABC, América e vários clubes do Nordeste, e o garoto Anderson, que disputou o Potiguar de 2019 pelo alvinegro, e sendo um dos destaques da equipe. Estranhamente, a direção o cedeu para o Lagarto.

*Foto: twitter do Lagarto/ Cascata e Anderson na jogada



América bate o Palmeira, chega a 15 pontos e garante vaga na final da Copa Cidade do Natal

Edmo Sinedino,

mecagrato_09O América, para mim, já estava garantido na final do turno, mas agora sacramentou sua vaga com mais uma vitória, 3 a 0 sobre o Palmeiras,neste domingo, no Nazarenão, em Goianinha, somando 15 pontos, faltando duas rodadas para o encerramento da Copa Cidade do Natal. Se desenha América x ABC, dificilmente as duas equipes deixarão de se enfrentar, mas o Santa Cruz ainda pode tirar essa vaga do alvinegro.

A partida foi tranquila para o time rubro. O Palmeira se mostrou apático, aceitando o jogo determinado pelo América, evidente, também devemos levar em consideração  o bom momento que vive o time rubro. Apesar do domínio, a equipe de Waguinho Dias desperdiçou boas oportunidades e teve que se valer da bola parada, os dois primeiros gols - Adriano Alves e Nilo - saíram dessa forma.

O goleiro Everton fez somente uma grande defesa, que deu rebote, e originou no gol do Michel Schmoller, mas, impedido. Portanto, mais um ótimo resultado para quem, até agora, vem se mostrando absolutamente superior aos adversários. Wallace Pernambucano, no finalzinho da partida, anotou o terceiro.

Com o resultado, o América soma 15 pontos e não fica fora da final do turno, mesmo que não pontue nas últimas duas rodadas, contra ABC, clássico, quarta-feira, na Arena das Dunas e Potiguar de Mossoró, na última rodada.

FICHA  DO JOGO

Campeonato Potiguar 2020 (5ª rodada/1º turno)

Palmeira 0 x 3 América

Data: 19.01.2020 – 16h;

Local: Estádio Nazarenão, Goianinha (RN);

Árbitro: Tarcísio Flores da Silva (CBF-RN);

Auxiliares: Vinícius Melo de Lima (CBF-RN) e Luiz Carlos de França (CBF-RN);

Cartões amarelos: Nilo e Leandro Melo (AME); Popila, Faquinha, Chuva e Araújo (PAL); 

GOLS: Adriano Alves (31'/1ºT), Nilo (37'/2ºT) e Wallace Pernambucano (48'/2ºT);

AMÉRICA: Ewerton; André Krobel, Adriano Alves, Nilo e Renan Luís; Romarinho, Leandro Melo e Daniel Costa (Leilson); Felipe Pará (Adílio), Wallace Pernambucano e Tiago Orobó (Wilson). Técnico: Waguinho Dias

PALMEIRA: Evandrízio; Popila (Araújo), Paulo Roberto, Vinícius e Hugo; Michel Schmoller, Breno, João Aleluia e Alan Patrick (Chuva); Faquinha (Davi) e André. Técnico: Hugo Chacon

Fotos: Diego Simonetti/América FC




As primeiras baixas de técnicos no Campeonato Potiguar

Edmo Sinedino,

Pré-Olímpico: seleção sub-23 estreia contra o Peru no domingo

Edmo Sinedino,

seleca123_09Não vai ser fácil. Pena que não vamos poder torcer pelo Ayrton Lucas, potiguar, que não foi liberado pelo clube ucraniano, assim também como não teremos o Gabriel Verón que, certamente, teria lugar nesse time. 

Quando se trata de seleção, de CBF, não podemos confiar no sucesso da empreitada, nem sabemos, de verdade, os critérios para as convocações, nem sabemos mesmo se o treinador e sua comissão são, verdadeiramente, quem escolhem.

Alguns bons jogadores que conhecemos  nos fazem ter esperanças - Bruno Guimarães, Dodô, Reinier, Pedrinho, Pepê, mas ainda acho que o menino Talles Magno do Vasco e Verón deveriam constar na lista.

Veja abaixo matéria da Agência Brasil:

Pré-Olímpico: seleção sub-23 estreia contra o Peru no domingo

Dos 10 países sul-americanos inscritos, apenas dois irão a Tóquio 2020

A seleção brasileira sub-23 começa neste domingo (19) sua jornada em busca da vaga olímpica. O Brasil estreia contra o Peru no Pré-Olímpico Sul-Americano, na Colômbia, que começa neste sábado (18) e prossegue até 9 de fevereiro.  O jogo de estreia da seleção, válido pela primeira rodada da fase de grupos, terá início às 22h30 (horário de Brasília) de domingo, no Estádio Centenário da cidade de Armênia, a 280 quilômetros (km) da capital Bogotá.

O último a integrar a equipe brasileira foi o zagueiro Ricardo Graça, convocado na noite de quinta-feira (16) pelo técnico André Jardine. Ele vai substituir o jogador Walce, do São Paulo, cortado na última segunda (13) devido a uma grave lesão (ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo). O jogador se machucou sozinho, durante um amistoso no último domingo (12) contra o Boavista, e terá de passar por cirurgia.

Atual campeã olímpica – o ouro foi conquistado pela primeira vez na Rio 2016 – a seleção está no grupo B que, além do Peru, tem ainda Uruguai, Bolívia e Paraguai. No grupo A estão Argentina, Chile, Colômbia, Equador e Venezuela. Os dois melhores de cada chave avançam para o quadrangular final, e apenas dois vão carimbar o passaporte rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio, em julho, no Japão.

Confira a lista dos 23 jogadores convocados para o Pré-Olímpico Sul-Americano:

Goleiros: Cleiton (Atlético-MG), Ivan (Ponte Preta) e Phelipe (Grêmio).

Laterais-direitos: Dodô (Shakhtar Donetsk-Ucrânia) e Guga (Atlético-MG).

Laterais-esquerdos: Iago (Augsburg-Alemanha) e Caio Henrique (Fluminense).

Zagueiros: Nino (Fluminense), Bruno Fuchs (Internacional), Robson Bambu (Athletico-PR) e Ricardo Graça (Vasco).

Meio-campistas: Bruno Guimarães (Athletico-PR), Maycon (Shakhtar Donetsk-Ucrânia), Igor Gomes (São Paulo), Matheus Henrique (Grêmio), Reinier (Flamengo) e Bruno Tabata (Portimonense- Portugal).

Atacantes: Antony (São Paulo), Pepê (Grêmio), Matheus Cunha (RB Leipzig-Alemanhã), Paulinho (Bayer Leverkusen-Alemanha), Pedrinho (Corinthians) e Yuri Alberto (Santos).

*Agência Brasil

Foto: site da CBF


Atacando o Pato

Edmo Sinedino,

pato123_09Vejo no texto do jornalista Menon, aquele que só fala sorrindo e diz muitas besteiras (acho que na ESPN), ele é colunista do Uol. Impiedoso com o jogador Pato. Em nenhum momento ele lembra que Pato, que ele pergunta se é mico, também é ser humano, com defeitos e qualidades de todos.

Veja isso sempre, quase todos os dias na imprensa. Não me parece jornalismo, às vezes, mas sim um misto de inveja, discriminação e crueldade gratuita mesmo.

É fato que Pato, promessa de ser um quase Neymar hoje, desandou, e sua carreira desce claramente ladeira abaixo. Me pergunto: onde foi todo o talento do Pato?

Como seria bom se ele voltasse a jogar bem, muito bem, tudo que sabe, assim como o outro da mesma família das aves, Ganso. Eles teriam muitas respostas para dar aos tolos que nunca vão entender a subjetividade do futebol, mesmo vivendo dele e deve se achar engraçado.

Veja abaixo:

Será que a normalização de seu fracasso o atinge? Será que ele se questiona por que é a sexta opção de um time que lhe paga 700 mil por mês? Será que ele chora no ombro da mulher amada? Será que ele pede para treinar mais, será que joga búzios em busca de uma resposta? Faz promessa para Santa Edwirges ou Menininha do Gantois? Chora no travesseiro? 

Está definido que Pato é Mico?

*Foto: twitter oficial do São Paulo


Luan no Corinthians

Edmo Sinedino,

luantimao_09Luan estreou e já fez dois gols, um de falta e, tenho certeza, fez lembrar Marcelinho Carioca. O segundo gol foi de chute colocado, mas de fora da área, ambos na vitória sobre o New York City, ambos no primeiro tempo, pela Florida Cup.

Fico imaginando o pecado da arrogância de Renato Gaúcho que abriu desse jogador fantástico por tantos jogos.

Fico me lembrando da cegueira de Tite que, mesmo depois do brilho desse menino na Olimpíada não o levou para a Copa do Mundo, preferiu "craques" como Taison, William e Fred.

O mais absurdamente impressionante é que, um ano antes, Luan havia sido escolhido o craque das América com votos de jornalistas de todo o continente.

Esse é o futebol do Brasil. Não digo que ele será o redentor do Corinthians, mas se tiver boa companhia e um treinador que saiba aproveitá-lo, vai sim fazer a diferença.

*Foto: twitter oficial do Corinthians


Até quando vamos ficar de braços cruzados diante dos absurdos da FNF?

Edmo Sinedino,

Quando será que os dirigentes do futebol do Rio Grande do Norte vão enxergar e pôr um fim nesse absurdo administrativo chamado José Vanildo da Silva?  Até onde será que nossos clubes representantes vão precisar descer para que se tome uma atitude?

Esse episódio da mudança de mando do jogo Palmeira e América foi um caso assim fora de propósito. Sim, o Palmeira colocou a Arena das Dunas como segunda opção mas em situação de impedimento da realização por um motivo comprovado, o que não se mostrou.

Ainda bem, ainda bem que o Ministério Público interviu. Me parece que a diretoria do ABC, diante do absurdo, não teria força para peitar a determinação da FNF. "Prevaleceu o bom senso", teria dito José Vanildo, como que zombando de todos nós. Não, eu diria que foi mantida a decência mínima e graças ao nosso MP.

Daqui a pouco, se não houver quem tenha coragem de colocar um freio em tantas sandices, o Frasqueirão acaba interditado, assim como o Nazarenão, Nogueirão e teremos todos os jogos atrativos do certame disputados na Arena das Dunas, claro, dependendo da agenda dos shows da praça.



A ótima atuação do jovem árbitro Alciney Santos

Edmo Sinedino,

alciney123_09Normalmente, arbitragens de nosso futebol só merecem atenção quando acontecem coisas ruins. Ao longo dos anos, na minha trajetória como jornalista tento fazer um pouco diferente, e assim como defendo um melhor aproveitamento dos jovens valores pelos nossos clubes, também o faço com relação aos nossos árbitros.

O jogo ABC 2 x 2 Potiguar foi difícil, não seria conduzido por qualquer um.  A direção do quadro de árbitros escalou Alciney Santos, que acompanho desde suas primeiras aparições nos jogos das bases. Alciney, diria, foi, quarta-feira, o melhor em campo. Até acho que um de seus assistentes pecou num ou outro lance de impedimento, mas seu trabalho foi impecável.

Assim como no futebol, no apito surge mais um diferenciado, vamos dizer assim. Isso não quer dizer que amanhã ele não possa falhar, errar, afinal, é humano, mas o rapaz deu exemplo de como se dirige uma partida nos quesitos técnico, disciplinar e físico. Uma boa nota para ele.

*Foto: Marcos Trindade



Ministértio Público evita que FNF faça do nosso Campeonato Potiguar uma pantomima

Edmo Sinedino,

Seria o absurdo do ano. O ABC enfrentou a dureza de uma partida num campo que não oferece mais boas condições, aí, de repente, atendendo um estranho pedido do mandante,  vejam só, que absurdo, a FNF muda o local da partida Palmeira x América, neste domingo,  do Nazarenão para a Arena das Dunas. Seria a declaração total de um completo desrespeito à disputa de um campeonato que deve ter tratamento igualitário para todos. Ainda bem que o Ministério Público entrou em ação e desfez o que seria uma pantomima "zevanildiana". Não tenho, ninguém tem, o direito de duvidar de coisas que não sabe, mas é no mínimo estranho esse "pedido" do Palmeira.

Veja abaixo:

FNF MANTÉM PARTIDA ENTRE PALMEIRA E AMÉRICA NO ESTÁDIO NAZARENÃO

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol atendeu a recomendação do Ministério Público, com intuito de garantir segurança jurídica, manteve a partida entre Palmeira e América, no Estádio Nazarenão.

Conforme o novo documento publicado na noite desta quinta-feira (16), a Federação tornou sem efeito a Resolução de número 004/2020 - FNF, mantendo as condições estabelecidas anteriormente. A instituição resolveu garantir uma melhor harmonia e atendimento da segurança necessária para acontecer o evento.

No mesmo sentindo, esclarece que o Palmeira, mandante da partida, tinha indicado no início da competição estadual de futebol do Rio Grande do Norte, o Estádio Nazarenão como primeira opção de mando de campo e colocou a Arena das Dunas como possibilidade de campo neutro para a realização das partidas, caso fosse do seu interesse.



O descaso da administração do Arena das Dunas com a Imprensa, torcedores e futebol do RN

Edmo Sinedino,

Conheço muitos torcedores, mais do ABC, é verdade, mas de outros clubes também, que não suportam a Arena das Dunas. Afirmam que todas as vezes, ou quase, que assistem jogo da praça de Copa do Mundo têm contrariedades. Eu também.

Em quase todos os jogos, absurdo dos absurdos, isso se repete. O torcedor é penalizado nas filas, com demoras inexplicáveis, pois é um estádio que deveria primar pelo atendimento ao consumidor, pelo menos foi essa propaganda feita para que se derrubasse o nosso Machadão.

No jogo desta quarta-feira, de novo, os mesmos entraves. E mais uma vez o descaso. Você não vê ninguém que possa resolver o problema ou mesmo a quem se dirigir para tentativa de resolução. Pode ser que esteja enganado, mas em dias de jogos apenas os seguranças em campo.

Ainda na quarta-feira, mais uma novidade negativa. Sem explicações a administração diminuiu o número de vagas de estacionamento para a imprensa, assim como também reduziu o número de pulseiras de livre acesso para quem vai trabalhar.

O que a gente sente e nota é que a administração do consórcio não liga a mínima para a imprensa, torcedores-consumidores e, enfim, para o futebol do RN. Para eles, creio, a praça ficaria somente destinada aos shows rentáveis.

Se arrependimento matasse...



América vence o Globo de 2 a 0 e abre dois pontos de vantagem sobre o ABC

Edmo Sinedino,

sicoob2_091

Não vi o jogo, mas parece que as coisas não foram fáceis para o América diante do Globo, na noite desta quarta-feira, no Barrettão, em Ceará-Mirim, partida da quarta rodada do Campeonato Potiguar.

 A vitória, quarta seguida, só veio ser construída já na segunda metade do segundo tempo. Walllace Pernambucano, de pênalti, e Dione, de cabeça, aos 36 e 46 minutos marcaram.

Com esse ótimo resultado o time rubro agora assume a liderança isolada também no número de pontos, 12 contra 10 do segundo colocado ABC.

O técnico Waguinho Dias, dei uma olhada na escalação, não entrou com dois volantes de marcação. César Sampaio, que saiu depois, ainda no primeiro tempo, para a entrada de Leandro Mel, e Romarinho.

Com a substituição aconteceu ainda no primeiro tempo, provavelmente foi por problemas de contusão.

Domingo, o América volta a campo para enfrentar o Palmeira, no estádio Nazarenão, em Goianinha.



Assembleia da FNFS acaba em confusão e muitas denúncias de irregularidades

Edmo Sinedino,

macau123_09macau123_09Acompanhei na manhã de ontem (quarta-feira, 15) do que pretendia ser uma Assembleia Geral da FNFS para aprovação das contas da gestão de Fausto Cunha. Muita confusão e supostas irregularidades apontadas por representantes de clubes que, para o presidente, não tinham direito a voto e nem voz. O tempo esquentou.

Apenas seis clubes listados pelo presidente teriam direito a participar. A grita foi geral. O primeiro ponto apresentado pela oposição: o mandatário não poderia presidir a Assembleia. E destacaram isso mostrando o Artigo 7, comprovando o que afirmavam. No entendimento de Fausto, ele estaria legal e só seria impedido de presidir a Assembleia Eletiva.

Num certo momento, o vice presidente da gestão, que não quer mais fazer parte do "time" de Fausto, João Maria, representante de Macau,  se revoltou com a atitude do presidente, chamou-o de mal caráter, acabou  também ofendido e quase os dois se atracam indo às vias de fato. 

Depois de muita confusão, e nada que sequer fosse parecido com uma Assembleia de apreciação de contas, o presidente Fausto Cunha deu por encerrada a Assembleia e  contas aprovadas, provocando surpresa até mesmo nos seus aliados. Não houve demonstrativo de receitas, despesas, ou qualquer documento apresentado.

Por esse motivo, muito provavelmente, ainda não existe a palavra oficial de um representantes da oposição, mas acho que será dada entrada numaação judicial para anular o que, na verdade, não aconteceu. Me parece óbvio isso.

Segundo ainda membros da oposição, o presidente ignorou o Estatuto da entidade e está criando dificuldades para uma eleição transparente. Apenas seis equipes presentes com direito a voto e voz. ABC, fundador da Federação, que pode até  não ter direito a voto, mas a voz sim.  

Segundo informação do próprio Fausto Cunha, antes do início da Assembleia, tem direito a voto quem a Confederação mandar. Mas e o Estatuto? Todos entendem que tem haver respeito ao documento que rege as federações.

Fausto Cunha afirmou, em alto e bom som,  antes do começo da Assembleia, que esta  seria "a eleição mais limpa da história da entidade fundada em 1957". Os oposicionistas perguntaram então se a eleição que o colocou na presidência, foi ilegal? Sem dúvida, pergunta cabível.

Dênis Lisboa, Djavan, Gileno Souto, Jorian Fontes, Inaldo Costa, Sílvio e mais o apoio de  nomes que fizeram história no futsal- Agamenon, Zé Carlos, Juca, Cacau e outros - querem o que definem como o "resgate do futsal" e classificam a gestão de Fausto como a pior da história.

Vamos esperar as próximas ações, se bem que, nesses casos devemos esperar e torcer por uma solução amigável, de ajuntamento de forças, mas nesse caso, me parece impossível. Ouvi também entre os opositores se falar no termo intervenção. 

professores1_09

O caso Dênis Lisboa

Impedido de falar na Assembleia, o professor Dênis Lisboa, representante do ABC, ele que foi um dos maiores nomes de nosso futebol de salão, até admite que o clube que representa esteja, neste momento, sem direito a voto. Ele questiona, no entanto o absurdo de falta de democracia, pois o alvinegro é um dos fundadores da federação.

Para surpresa, Dênis conta que, dias atrás,  recebeu ligação do próprio Fausto, pedindo seu voto, sufrágio que ele concedeu no pleito e que o colocou na presidência na eleição passada. Só que, desta vez, às claras, o abcdista afirmou que não votaria nele. 

Fausto questionou, se chateou, disse que procuraria o presidente do clube, e ficou nisso. Para surpresa de Dênis e de todos, o voto do ABC que ele pediu, agora, depois de saber que não seria dele, perdeu a validade. O ABC está inapto.

E parece que essa situação não é única, pois segundo denúncias de outros representantes de ligas, como Macau, que teria participado de todas as competições e estaria sendo tirado o direito de votar. Esse caso, evidente, deve parar na Justiça.



O sujeito repulsivo que mancha o radialismo esportivo de nossa cidade

Edmo Sinedino,

Mállyk Nagib foi vítima de uma armação, montagem fake, claro, aí vejo no Twitter o maior canalha do jornalismo esportivo potiguar, pústula passador de cheque sem fundo, repulsivo que tentou vender o terreno do pai sem o conhecimento do mesmo, querer tirar casquinha e afirmando absurdos inverídicos.

Verme jabazeiro, chantagista sórdido, Mállyk Nagib é feito de uma matéria que você, calhorda, não conhece. Você  não passa de um cruzeteiro vagabundo, que vive às custas de dirigentes canalhas seus iguais . Os que não se submetem às chantagens vive falando mal e inventando todo tipo de calúnias, como faz com Judas Tadeu e Leonardo Arruda.

Também tentou, certa vez, chantagear Alex Padang, mas encontrou o chapéu da viagem, seria desmoralizado ao vivo, mas seus apoiadores tiraram o programa do ar. Ele queria dinheiro para falar bem do América. Biltre!

Esse "comentador" é a vergonha para quem é jornalista-radialista e respeita a sua profissão. Patife dessa qualidade, infelizmente, continua trabalhando no futebol porque os homens de bem estão cada dia se distanciando mais desse esporte de ratos nocivos aproveitadores como ele.

Mállyk não vai se rebaixar, evidente, nem queria que eu escrevesse, mas é preciso que o povo saiba de que matéria podre esse corrupto é feito, o quanto é asqueroso, lama, lôdo, repelente e insignificante.

Não existe uma maneira de me referir a um verme pestilento que não seja da forma depreciativa e com adjetivos que lhe cabem. E  fico triste vendo gente boa da imprensa, de rádio, sem emprego e um desqualificado incompetente desse, mesmo todos sabendo de suas falcatruas, ainda arranja emprego.



ABC abre dois gols de vantagem mas cede empate ao Potiguar de Mossoró

Edmo Sinedino,

abcpot_09O ABC tropeçou diante do Potiguar de Mossoró, cedeu o empate depois de estar vencendo por 2 a 0, e viu a vantagem do América agora ser de dois pontos, e não só mais no saldo de gols. Por incrível que pareça, apesar do resultado,achei que o alvinegro melhorou. Continua tomando gols bobos, é certo, e perdendo chances claras que não se pode perder.

No primeiro tempo, até vi com uma certa irritação, o ABC muito atrás, cedendo espaços ao Potiguar e a posse de bola. Achei uma tática arriscada, até que num passe de Wallyson, nas costas da defesa dos mossoroenses, Núbio Flávio entrou e abriu o placar. Apesar de ainda o Time Macho ficar muito com a bola, era do ABC as melhores ações de ataque. 

Depois o ataque alvinegro teve chance de fazer o segundo com Cedric e Jailson, até que Goularte fez grande jogada pela esquerda, achou Jailson entrando livre, o meia recebeu a bola e ia e livrar do goleiro quando foi derrubado. Pênalti claro. Wallyson converteu. Ainda no primeiro tempo o técnico Diá perdeu o ala Marlon, que estava bem na partida. A história mudaria por ali.

Mesmo assim, a partida ainda se desenhava para o alvinegro, mas, de novo, Jailson desperdiça, Cedric não chuta no tempo certo e o castigo veio. Aos 46 minutos, escanteio cobrado, Klysman cabeceia, Erivelton defende de forma parcial e a bola sobra quase dentro do gol para o Maykinho descontar. Fim do primeiro tempo.

A coisa se complicou para o ABC quando o treinador Francisco Diá se descontrolou, recebeu cartão amarelo por reclamação, depois chutou uma garrafa e tomou o segundo amarelo e o vermelho. O ABC se descontrolou um pouco, sentiu. No entanto, as descidas mais perigosas eram do ABC que ia desfiando um rosário de situações de gols não aproveitadas, até que o Potiguar, novamente em lance de bola parada, Val Paraíba empata de cabeça.

Daí em diante o ABC tentava fazer o terceiro, mas sempre esbarrava na insegurança e nos erros de último passe. O Potiguar levava perigo principalmente quando descia pelo lado direito de seu ataque. O setor de marcação do time natalense deixava muitos claros, em alguns lances correu sim o risco de tomar a virada.

Final da partida, comemoração por parte do Potiguar, reclamação e desapontamento pelo lado do ABC. Um placar justo, uma boa partida. Se serve de consolo, repito: o time do treinador Francisco Diá apresentou sensível melhora, isso porque estava sem seus dois principais valores.



Seria muito bom ver Rodriguinho e Gabriel Verón jogando juntos no Palmeiras

Edmo Sinedino,

Tô vendo aí a possibilidade de Rodriguinho no Palmeiras. O noticiário do futebol fala da possibilidade. Seria uma ótima para os dois lados - clube e jogador. E seria especial ver dois potiguares numa equipe. E eu já teria minha equipe para torcer no Brasileiro, já que o meu Botafogo dificilmente briga por algo que não seja evitar rebaixamento.

Rodriguinho ao lado de Bruno Henrique, Rafael Veiga, Dudu e Verón, cada um caindo em um lado do campo. Um time que, se fortalecido com um bom atacante de área, não precisa ser fixo, e pode sim ser o Deiverson, será quase impossível de ser parado.

Nas redes sociais, um bando de torcedores cegos, classifico como discriminadores. Vejam só: tem babaca que prefere Valdívia e outros pedindo Hulk, mas vários torcem para dar certo. Foi assim também no Corinthians



O meia Rafinha está de volta ao ABC e pode ser aproveitado, isso se o empresário deixar

Edmo Sinedino,

O meia Rafinha está de volta a Natal após empréstimo ao Cruzeiro. A informação eu vi no twitter de Mállyk Nagib e confirmei agora com o Francisco Diá. Porém, nem mesmo ele sabe de vai contar com o atleta, pois o empresário do atleta pode ter planos diferentes e clubes interessados.

De qualquer forma, como disse Mállyk, ele retorna e fica à disposição do técnico para cumprir contrato com o ABC. 

Os meninos que disputaram a Copinha já voltaram, os jogadores Silas e Angolano devem se integrar ao elenco. De qualquer forma, apesar do péssimo duelo contra o Atlético Mineiro, eles conseguiram chegar à segunda fase.

Isso não quer dizer que vão jogar, mas podem aparecer. Gosto do ala Daniel, muito bom, mas voltou machucado e do meia Marquinhos Taipu, acho que tem talento e chuta muito bem.



Sadef/RN recebe verbas de emendas parlamentares

Edmo Sinedino,

sadef1234_09A Sociedade Amigos do Deficiente Físico do RN, Sadef, recebeu R$ 50 mil nesse começo de 2020. As verbas são de emendas parlamentares dos deputados estaduais Cristiane Dantas e Hermano Morais, apresentadas ainda no ano passado. O dinheiro será usado na compra de uniformes e materiais esportivos. "Num Estado no qual cerca de 28% da população tem algum tipo de deficiência, é importante que os políticos olhem para essas pessoas, e mais que isso, façam algo por elas. A gente só tem a agradecer aos parlamentares pelo apoio", diz Tércio Tinoco, presidente da Sadef.

A associação já tem mais de duas décadas de atuação, e trabalha a inclusão das pessoas com deficiência por meio do esporte. Atualmente, são mais de 200 atletas em 8 modalidades esportivas e mais de 35 profissionais, como educação física, psicólogos, médicos, fisioterapeutas, nutricionista, entre outros.



Berguinho, Valderrama, Tiago Orobó e Krobel, os destaques do estadual, até agora

Edmo Sinedino,

Temos três rodadas de nosso combalido Campeonato Potiguar. Evidente, quem acompanha aos jogos bem sabe que o América vem liderando com merecimento. É o time que apresenta o melhor futebol.

Nesse comecinho tenho pouco a dizer, ainda existem coisas que precisam se encaixar nas duas equipes. Em valores, dando minha opinião, os destaques do certame são Berguinho e Valderrama pelo lado do ABC e  Tiago Orobó e o Krobel, do América. 

Wallyson melhorou, mas ainda tá devendo, e eu não vejo essa bola toda no César Sampaio, volante elevado à condição, quase, de superjogador. Exagero. O povo do América vai chiar, mas é o que vi.  Volante de destaque é aquele que marca, sai para o jogo, tem bom passe e chegar na frente chutando no gol.

Para marcar, vou repetir Otacílio Camargo, o lendário Cilinho, qualquer um serve, se ensina, eu quero atleta, eu priorizo quem sabe jogar.


21-40 de 9975