Sub-20: ABC enfrenta o Avaí na 2ª fase da Copa do Brasil

Edmo Sinedino,

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comunicou a nova tabela da 2ª fase da Copa do Brasil Sub-20. O ABC, que na primeira fase se classificou depois de golear o Bragantino/PA por 5 a 1, vai encarar o Avaí/SC na disputa por uma vaga para as quartas de final da competição.

Pelo sorteio, o alvinegro fará o primeiro jogo em casa e decidirá a classificação longe de seus domínios. Antes, as partidas estavam marcadas para os dias 7 e 14 de abril.

Agora, o primeiro desafio acontecerá no dia 5 de maio (quarta-feira), às 15h, no Estádio Frasqueirão, e o compromisso da volta será realizado no dia 9 de maio (domingo), às 15h, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

*Equipe de comunicação do ABC


ABC tem sequência de jogos que vale R$ 2 milhões e fecha com clássico diante do América

Edmo Sinedino,

Uma sequência para desequilibrar qualquer treinador. Mas também de importância fundamental para se pegar confiança, "corpo" e conquistas. Falo dos próximos jogos do ABC . Começando nesta quarta-feira, diante do 4 de Julho, duelo que pode definir a classificação do alvinegro à segunda fase da Copa do Norteste. Basta dizer que essa vaga garante mais R$ 300 mil nos cofres.

Bem, depois, uma pedreira em terras baianas. O time potiguar encerra sua participação na primeira fase da Copa do Nordeste, espero já classificado, sem precisar somar pontos, diante do fortíssimo tricolor de aço que, ao lado de Ceará e Fortaleza, faz parte de um grupo diferenciado em plantel, valores salariais, organização e tudo.

Depois, aí vem o sonho maior. Uma partida de R$ 1.700 mil contra o Botafogo de Futebol e Regatas, pela segunda fase da Copa do Brasil. Esse confronto de suma importância será realizada dia 14 de abril, no Frasqueirão. 

E para fechar com chave de ouro, o alvinegro volta a atuar pelo Estadual, dia 18. Sabe contra quem? O América. É ou não é uma sequência de responsa? Se segura aí, Sílvio Criciúma, e se consagra.

Soares cirurgiado

No site do clube a notícia de que o atacante Soares realizou nesta segunda-feira (5), na Prontoclínica Paulo Gurgel, a cirurgia para correção da lesão no joelho esquerdo, sofrida no jogo contra o Força e Luz, pela 2ª rodada do Estadual.

O procedimento cirúrgico foi feito pelo médico Osvaldo Lara, especialista em joelho, e considerado um sucesso.

Soares está no quarto, em observação, e deve receber alta médica nesta terça-feira (6) ou quarta-feira (7), quando de imediato iniciará os trabalhos com os médicos e fisioterapeutas abecedistas. 

*Foto: equipe de comunicação do ABC

soares_09



FNF divulga restante da tabela do Campeonato Nota Potiguar; ABC x América será dia 18/04

Edmo Sinedino,

A partir das informações do site oficial da FNF, a boa nova da continuidade nosso Estadual. O ABC só volta a campo no dia 18, no clássico contra o América. 

Já o rubro, que esteve na dúvida esse tempo todo, já sabe que entra em campo nesta quinta-feira, sexta rodada antecipada, diante do Palmeira de Goianinha.

 Antes do clássico, marcado para o dia 18, o duelo pela segunda fase da Copa do Brasil, diante do Cruzeiro. Mesmo dia em que o alvinegro, rival, encara o Botafogo.

Veja abaixo:

FNF divulga restante da tabela do Campeonato Nota Potiguar

A Federação Norte rio-grandense de Futebol divulgou nesta segunda-feira (5), a tabela detalhada do restante da Copa Cidade do Natal, válido pelo primeiro turno do Campeonato Nota Potiguar. 

Vale ressaltar que a pausa da competição se deu devido ao decreto publicado pelo Governo do Estado, onde determinava a paralisação do futebol estadual durante o prazo de 15 dias. 

Após o prazo cumprido pela FNF, foi divulgado o documento com todas as datas, horários e locais definidos.

A volta competição será na quinta-feira (8), com dois jogos. Pela sexta rodada do certame, Palmeira e América se enfrentam a partir das 15h no Estádio Frasqueirão, às 15h, enquanto que às 15h30, no Estádio Edgarzão e em partida da quinta rodada o ASSU recebe o Força e Luz. 

O Clássico-Rei ficou aprazado para acontecer no dia 18 de abril, às 16h, na Arena das Dunas. A última rodada que pode decidir quem avança para a final do primeiro turno ficou marcado para acontecer no dia 28 de abril. 

Lembrando sujeita à alterações, de acordo com o calendário da Copa do Nordeste. Confira mais detalhes da tabela no documento em anexo. 



Aeroclube do RN está entre 5 melhores clubes esportivos do Brasil

Edmo Sinedino,

Isso é que é boa notícia para o nosso abandonado esporte potiguar. Quem sabe, a partir de iniciatias como a do Aeroclube e seus parceiros, um dia, quem sabe, possam ter mais clubes rankiados entre os melhores, pelo menos do Nordeste.

Veja abaixo:

Aeroclube do RN está entre 5 melhores clubes esportivos do país

Ranking é do Comitê Brasileiro de Clubes, que tem 166 filiados

Quinto melhor clube esportivo do país. A notícia divulgada pelo CBC – Comitê Brasileiro de Clubes, coloca o Aeroclube e o esporte potiguar em um patamar nunca visto antes. “Nós ficamos a frente de clubes como o gaúcho Grêmio Náutico União, que tem 7 sedes, 70 mil associados, investimentos altíssimos em infraestrutura. Essa posição no ranking do CBC faz com que as pessoas tenham um olhar diferente para o Nordeste, que passa a figurar no mapa nacional por causa do Aero. Isso é gratificante”, comemora Matheus Moreira, gestor esportivo do clube. O Aeroclube tem hoje mais de 300 atletas em 14 modalidades.

Para ele, o resultado é fruto do esforço dos profissionais e atletas do Aero, e do investimento que vem sendo feito nos últimos tempos. Do ano passado para cá, o Aeroclube colocou o RN pela primeira vez na história na Superliga B, a competição mais importante do volei nacional; teve campeões brasileiros na natação, tênis de quadra, remo, karatê; e tem a nadadora Karen Liberato na briga por uma vaga nas Olimpíadas. “Estamos no caminho certo para chegar ao nosso objetivo de formar atletas olímpicos. O Aeroclube vai se consolidar em breve como o maior clube formador de atletas do Norte e Nordeste”, avalia Matheus.

O clube é o único das duas regiões entre os 14 primeiros do ranking. O Ranking é uma das novidades do Relatório de Gestão e Prestação de Contas de 2020, e reflete a performance e atuação esportiva da rede de clubes integrados ao longo do último Ciclo Olímpico de 2017-2020. O Ranking busca demonstrar na prática qual o cenário do esporte nacional de acordo com a modalidade, apresentando os melhores resultados dos Clubes multiesportivos e monoesportivos.

*Foto e texto: assessoria de imprensa

sesi-09


Treinador espanhol sofre primeiro revés no Grenal

Edmo Sinedino,

E o Miguel Angel Rodrígues, novo comandante do Inter, já viu, no primeiro clássico, que não vai ter vida fácil no Brasil. No próprio Gauchão perde seu primeiro clássico, 1 a 0, gol do garoto Léu Chu. Como tem menino bom de bola esse time do Grêmio. Sim, o nosso Tonhão como titular, enquanto o time não conta com os titulares Geromnel e Kaneman. Ele foi bem.

Incrível explicar como uma equipe que tem 70% de posse de bola, Inter, no clássico, cria situações de gols, teve até chances, mas acaba sendo derrotada. Só o subjetivo futebol explica isso. Foi o que aconteceu. O Imortal com muito menos posse criou mais chances, situações e marcou um gol.

O espanhol começa a sentir na pela as cobranças no Sul. Mas ele disse que gostou do seu time, lamentou as más finalizações e declarou: "ainda vamos nos enfrentar outras vezes". É isso.

Depois do Gauchão, já, já, vão começar as pedreiras da Copa do Brasil - Libertadores e Brasileiro. O Inter é uma das equipes a entrar somente na terceira fase da competição. MNa Libertadores, classificado à fase de grupos, ainda não conhece os adversários. No Brasileiro, sua estreia será contra o Sport de Recife, dia 30 de maio, em casa.



Revelação da base marca o gol do ABC, escolhido craque do jogo e dedica troféu a sua vó

Edmo Sinedino,

Vitinho, 18 anos, do ABC,  foi craque do jogo contra o Sampaio Corrêa. O menino se emocionou muito, chorou em campo e dedicou o troféu a sua avó. Não descobri seu local de nascimento, não tem essa informação no ABC nem em outros locais, mas está no clube alvinegro desde o Sub 17, pelo menos é o que mostra o portal de informações O Gol. Além do gol do alvinegro, ele teve participação efetiva de ataque, mostrando qualidade. Fez uma belíssima jogada que poderia ter definido a partida, quando fintou o zagueiro e tentou dar uma trivela tirando a bola do zagueiro que estava dentro da trave, infelizmente, a bola foi para fora.

vittinho_09


Com o fechamaneto da sétima rodada, ABC cai para a quinta colocação, mas tem um jogo a menos

Edmo Sinedino,

Com o fechamento da sétima rodada da Copa do Nordeste, o ABC, que estava na terceira posição depois do empate em casa diante do Sampaio Corrêa, caiu para a quinta colocação após as vitórias de Altos e Vitória.

Tudo bem que o ABC tem um jogo atrasado, quarta-feira, diante do 4 de Julho, mas agora se torna absolutamente necessário que o alvinegro vença, caso contrário terá a sua classificação à fase seguinte seriamente ameçada. 

O Altos do Piauí, equipe que está na Terceira Divisão do futebol brasileiro, venceu o Santa Cruz de 2 a 0, foi a dez pontos; e como o Vitória também venceu na rodada, 3 a 1 sobre o Treze, o alvinegro caiu para a quinta posição, fora, agora, da zona de classificação. 

Portanto, o empate diante do Sampaio Corrêa, no último sábado, em casa, acabou sendo péssimo.

Além do jogo atrasado, o alvinegro encara a forte equipe do Bahia na última rodada, ainda mais, fora de casa, já neste sábado vindouro, dia 10, em Pituaçu.

Menos mal que Altos, terceiro colocado com dez pontos, e Salgueiro, sexto colocado, com 8, têm compromissos dificílimos na última rodada, contra CRB, fora, e Ceará, também fora, respectivamente. Mas, nunca se sabe. Vencer ou vencer o 4 de Julho.

Atenção senhor Sílvio Criciúma, empate, desta vez, não serve!

Sétima rodada encerrada, estariam classificadas à segunda fase hoje as equipes do Ceará, CRB, Bahia e Sampaio, no Grupo A; Fortaleza, Vitória. Altos e CSA, no Grupo B.

*Foto: Equipe de comunicação do ABC

vitinho_09


A agonia de um torcedor apaixonado - especial de domingo

Edmo Sinedino,

O desespero por uma vitória do seu time de coração.

A agonia de um torcedor americano.

Amanheceu no sábado dizendo para si mesmo: - vou ocupar meu dia, não quero saber de jogo, não vou sofrer de novo, meu coração pode ter um problema aí, vou morrer por causa de porra de futebol? Vou não!- garante.

Sai com as crianças, passeia, vai na casa da mãe, não toca no assunto futebol com os colegas de rua; vai ao supermercado, compra baganas para o filho mais novo, para os netos.

Nada que lembre futebol.

Passa a manhã desligado. A não ser quando voltava para casa, ao passar na esquina da rua, um colega de sofrimento o cumprimenta e pergunta: - vai pro Machadão?

Mau-humorado dispara: - vou porra nenhuma, vou lá ter raiva de graça.

Volta para casa. Almoça, brinca com os filhos, sai, olha o carro, passa uma água para tirar a poeira, ocupa o tempo ao máximo.

Tenta dar um cochilo, quem sabe só acorda depois do jogo, fato consumado, evitando sofrer.

Não consegue.

Vira para o lado. Se levanta. Pega um livro e começa a ler, na verdade, folheia, não consegue se concentrar.

O tempo passa. Se arrasta.

16h10.

-Êita, deve tá começando aquela quinzila - fala, tentando não ceder à pressão.

Não agüenta.

Liga a tevê.

O coração acelera, o jogo já está rolando, o Machadão está lindo, quase lotado.

- Essa torcida maravilhosa. Eu devia tá lá, puta merda, era pra eu tá lá com minha bandeira - pensou em voz alta.

Esticou-se no sofá.

O América estava bem, atacava, chegava com perigo com Somália pela esquerda, Thoni pela direita e com ótimas jogadas de criatividade com o bom meia Lenilson.

-Esse cabeludo joga muito. Como é que esse cara estava no banco, minha gente? – se pergunta.

Se anima. Pensa até em abrir uma cerveja. Mas não. Prefere colocar um pouco de sorvete numa xícara de café.

Já, já sai um gol, é só questão de tempo.

Lúcio perde uma, outra boa bola passa perto de Geovane, Lenilson é derrubado na área:

- pênalti! Pênalti, juiz filho da puta ladrão! – berra desesperado.

A mulher chega perto. Se aperreia.

- Hômi, se acalme.

O gol não sai. Sua frio com um contra-ataque perigoso do Fortaleza.

Não acredita. Gol do Fortaleza. Três toques, e gol de Dedé.

Explode desesperado. Esmurra o sofá, berra, grita, xinga, cansa, quase chora, e resolve desligar a televisão.

-Chega! Chega! Chega! Vou lá mais sofrer por porra de futebol. Que se dane, se lasque pra lá. Que perca de cinco, seis a zero, pouco me importa – grita transtornado.

O filho mais velho insinua ligar a televisão do quarto. Vai lá, dar um esporro no coitado e o obriga a mudar de canal.

Não quer mais saber.

Pega um garrafão d´água e fica aguando as plantinhas da amureta de sua área. Olhando para o céu, para os pássaros que parecem cantar para espantar sua tristeza na castanhola em frente à sua casa.

Um beija-flor lindíssimo, verde-cintilante, fica a quase um metro dele, namorando com as florzinhas de suas plantas.

Sua dor ameniza. Suaviza tudo. Rega de novo as plantinhas, conversa com elas, feliz por vê-las crescer.

Por um instante deixa de pensar na derrota do seu América.

Na casa, ninguém fala em futebol.

O tempo passa, se arrasta.

De vez em quando dá uma olhada no relógio da sala. Mesmo sem querer, pensa no jogo.

– Está terminando o primeiro tempo – calcula.

Vai lá pra fora de novo, conversar com as plantinhas e esperar a volta do beija-flor verde-cintilante.

De repente, escuta uma zoada e muita gente (algaravia, segundo Garrafinha). Corre lá pra dentro. – Acho que foi gol do América – diz esperançoso.

O filho concorda: - só pode ter sido gol do América.

Liga a tevê ligeiro, a imagem aparece, ainda dá pra ver Lúcio desviando de cabeça e empatando o jogo, no repeteco.

Enlouquece, grita, corre porta a fora, porta a dentro, parece um maluco. É um maluco.

 - Gooooooool! Gooooool! – grita a plenos pulmões.

-Valeu Mecãooooooooooooo! Vamo lá Mecãoooooooooooooo!

No mesmo instante, no entanto, basta o Fortaleza ensaiar um ataque, desliga de novo a tevê.

Volta para a área, volta para suas plantinhas. Volta a olhar para castanhola do beija-flor verde-cintilante.

Não passam dois minutos, nova algazarra. – Será? Será que foi outro gol do América? – sonha.

O filho grita lá do quintal: - pai! Pai! Deve ter sido outro gol do América. Liga a tevê, liga! – diz.

Ele corre e repete o gesto. No espaço de tempo que a imagem leva para aparecer seu coração parece que vai explodir.

Lá está! - Foi gol do América, minha Nossa Senhora da Apresentação, meu São Francisco de Assis, minha santa Rita de Cássia, gooooooooooooooool – berra, corre, enlouquece, abraça o netinho, pula, vibra, grita a plenos pulmões lavando a alma do sofrimento das últimas rodadas.

O filho vem e fica na frente da tevê, achando que ele vai ver todo o jogo. Não vai. De novo ele desliga a tevê.

O filho, chateado, vai para o quarto, acho que para assistir o restante da partida escondido dele.

Ele lá fora de novo. O tempo se arrasta. Nada de barulho no bar da outra rua.

-Acho que o Fortaleza já empatou – pensa negativo, lembrando do exemplo dos jogos passados.

Já está quase escurecendo. Faz os cálculos: - o jogo começou as 16h10, com os atrasos, intervalo, mesmo assim está perto de acabar – imagina.

Continua lá fora, preso. Escurece geral.

Ele não agüenta e vai até o quarto onde os dois filhos conversam baixo. Entra de supetão: a tevê do quarto está ligada no jogo.

- Meu Deus! Faltam menos de dois minutos, o fila da puta do juiz deu três minutos de acréscimo – reclama ainda.

Fortaleza no ataque, mas se agüenta, não consegue mais sair do canto, pregado diante da tevê, esperando, sofrendo tanto quanto estivesse acompanhado o jogo todo.

Alguns perigos. Um palavrão do tamanho do mundo porque o jogador do América deu um passe de graça.

-Segura essa bola no ataque bicho burro, no ataque! – berra de novo.

46, 47, 47:54, o cabeleira (Vagner Tardelli, árbitro carioca) olha o relógio, mas ainda não termina.

-Acaba esse jogo fi de rapariga, acaba esse jogo! – fala entredentes, desesperado.

Agora, agora, apito final.

América 2 x 1 Fortaleza.

Sai gritando para dentro e pra fora. Berra, urra, pula, abraça, corre, abraça, pula, não cabe em si de alegria.

Felicidade de sábado. Dia completo.

No final, um arrependimento: -porcaria! Era pra mim estar lá no Machadão com minha bandeira. Que bobeira! Perdi a festa! – lamenta.

Lamenta, mas está feliz, pois o América voltou a vencer e saiu da zona de rebaixamento.

Seu coração leve, acabou aquele frio incômodo na barriga, passaram as dores no pescoço, na cabeça. Se sente um menino.

-Valeu, Mecãoooooooooooo!

*Texto publicado em 2009


Bora Porra e o cadeado - especial de domingo

Edmo Sinedino,

Pode parecer besteira do nosso ilustre Bora Porra, torcedor do ABC, mas enquanto o cadeado na casa de Zé Carlos não foi aberto, o alvinegro penou em Mossoró.

Era bola na trave, Léo Gamalho perdendo gol embaixo das traves; tudo indicava na “virada definitiva da sorte”.

Isso porque o América vencia o time verde e assumia com boa diferença a liderança.

Mas os caboclinhos de Bora Porra, de novo, foram muito fortes.

Vou tentar resumir para vocês que não estão entendendo nada a história do cadeado.

Os jogos em horários apertados, por isso não deu para ir a Goianinha ontem.

Combinamos, Eu, Bora Porra e Zé Carlos nos encontrarmos nas esquina da Santo Antônio e escutar os jogos pelo rádio.

Eles dois, abcdistas, e eu acompanhando por conta da profissão de jornalista esportivo, para ter o que escrever depois.

Terminou o programa Esporte em Pauta na tevê Assembleia e corri para o local combinado.

Lá só estava o ex-amor da “Rainha do Grude” (diz nosso herói que está curado para sempre da ‘doença’).

Liguei para Zé Carlos que não tinha chegado ainda.

Zé, para quem não sabe, vai ficar sabendo agora, foi um dos grandes craques de futsal na década de 80/90, campeoníssimo por América, AABB, ABC, Aspetro e outros.

Nós três, amigos de infância.

Ele atendeu dizendo que já estava saindo.

Esperamos, esperamos, esperamos e nada de Zé Carlos aparecer.

De repente, chega uma moça, vizinha dele (Zé) pedindo ajuda.

E ela disse que Zé Carlos foi saindo de casa, trancou o portão no cadeado e pegou a chave errada.

Ficaram, ele e dona Duó, a mãe, que havia chegado da igreja, presos do lado de fora.

Na mesma hora Bora Porra viu aí a intervenção das forças sobrenaturais.

“Pêpa, esse cadeado tem que abrir se não o ABC não ganha do Potiguar”, me disse sério

Eu estranhei e não levei muito a sério. Bora se transformou a partir daquele momento.

Ele já estava chateado porque o América estava vencendo o Alecrim de 3 a 0, piorou muito.

Na sequência,  me garantiu que forças estranhas estavam trabalhando por uma “virada” do América no Estadual.

O homem se aperreou, mais e mais, revirou seu apartamento em busca da serra para abrir o cadeado do “mistério”.

Não achou.

Os vizinhos, sem saber do aperreio de Bora, queriam ajudar e chamaram o chaveiro.

O rapaz chegou na moto, com sua mala de apetrechos e começou a trabalhar.

E ele fez várias tentativas com serras diferentes para abrir o cadeado da marca Papaiz.

E o jogo rolando. O tempo passando. O Potiguar de vez em quando ameaçando.

O profissional da chave vira, mexe, catuca, bate, serra, tenta sua mola mestra, e nada.

E Bora Porra quase chorando de agonia com celular colado no ouvido, acompanhando todos os lances da partida.

E também nada de gol do ABC, e já passando dos 35 minutos do segundo tempo.

Num último recurso, trouxeram uma furadeira elétrica, conseguiram extensões, ligaram a bicha e pegue zoada na Padre Calazans (a rua da casa de Zé Carlos).

Aos 40 minutos do segundo tempo o chaveiro, finalmente, abre o cadeado.

Bora Porra se enche de alegria.

Já havia terminado América 4 x 1 Alecrim.

Ele olha para mim e assegura com toda firmeza que vai sair um gol do ABC. Eu, sinceramente, não acreditava mais.

Zé Carlos nem prestava muito atenção no jogo, preocupado em abrir o portão para sua mãe poder entrar em casa.

Mas foi a partir daí que o ABC, acho eu, passa a massacrar o Potiguar de Mossoró.

Renatinho, que havia entrando (tardiamente) deita e rola, Tiaguinho, Gamalho e Raul quase gol em alguns lances.

E Bora Porra: “Vamos meus caboclinhos, eu sei que ainda dá tempo, o cadeado já abriu; o cadeado que estava fechando o gol do Potiguar já se abriu”, repetia, enquanto orava com fé.

Aos 44, Renatinho finta dois, chuta na trave. Bora Porra quase tem um chilique.

Aos 46, bate, rebate, confusão, a bola sobra para Thiaguinho que havia entrado no lugar de Jérson. Finalmente. Gollllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll do ABC.

“Pega Poooooooooooooorra!” Grita o nosso herói assustando as senhoras que ainda estavam na rua prestando solidariedade à mãe de Zé Carlos.

Bora Porra se ajoelha, mostra os braços arrepiados,  levanta as mãos para o céu, quase chora de emoção, e agradece aos caboclinhos mais uma vitória do seu time do coração.

E foi assim.

Depois, fomos lá para “Açoita”, e excepcionalmente nessa quarta-feira Bora Porra só foi “botar os óio para murchar” depois da 12h, mas muito feliz.



Me perdoem a ousadia, mas esse Zinedine Zidane não passa de um "entregador de camisas"

Edmo Sinedino,

Normalmente falo muito pouco do futebol internacional. Não me acho com conhecimento suficiente para discutir, analisar e fazer críticas. Você precisa estar no dia a dia para saber. 

Os caras de veículos tradicionais de imprensa conversam e escrevem besteiras, imagine que vive distante e em outra realidade. No entanto, não me sinto nenhum pouco despreparado para dizer que esse tal de Zinedine Zidane, de quem fui fã, não passa de um cego entregador de camisas. 

E me surpreendo que um time como o Real, que a imprensa madrilhenha e espanhola venham engolindo esse embuste há tanto tempo.

Seim, sim, eu falo por conta dos brasileiros no time. Esse Zidane é um sacana ou completamente cego. O cara que deixa Marcelo no banco vários jogos com os bestas falando em má fase de um craque. 

Má fase de um craque acaba em cinco minutos, só botá-lo em campo. E o Vinícius Júnior, o cara rebentando ano passando, ou já esse ano, sei lá, ele não efetiva o cara, continua sem efetivar, e teve partida que nem no banco o levou.

Na partida deste sábado, contra o Eibar, vitória de 2 a 0, novamente o brasileiro ex-Flamengo entrou depois, voltou a brilhar, ser decisivo, mas, certamente, na próxima talvez nem entre em campo.

Quer mais absurdos ainda? Marcelo era banco, hoje deu show num novo esquema com três zagueiros, mais liberado. Não é questão de esquema de três zagueiros. Basta colocar quem o ajude na marcação e o solte em campo. 

Sabe o que ele fez hoje? Tirou Marcelo e fez entgrar Vini, quando justamente se ele mantivesse os dois juntos, fazendo jogadas pela esquerda, o time ganharia o triplo. Marcelo ainda é, de longe, o melhor ala esquerdo do mundo.

Quer outra? Toni Kross, cracaço de bola no banco?! E quando entra, sabe quem sai? Modric! Até quando esses absurdos desse Zidane vão passar despercebidos, ou será que não um demente na imprensa espanhola que enxergue esses erros?

Tem que jogar Marcelo, Kross, Modric, Vinícius, tudo num pacote só. Se assim fosse, certamente o time merengue renderia muito mais.

*Foto: Real Madrid/Divulgação

zidane_09


Santa Cruz de Natal dá exemplo de solidariedade

Edmo Sinedino,

O futebol segue dando exemplos de solidariedade. Mobilizados, jogadores e comissão técnica do Santa Cruz de Natal doam 25 cestas básicas para motoristas de transportes autônomo afetados por conta da pandemia da COVID-19. 

“ É importante sempre ajudar, repartir. E agora, neste momento, qualquer ajuda é bem. Acredito que o futebol vai voltar mais forte, imagino que os brasileiros vão voltar mais fortes”, disse Pavão, preparador de goleiros do Santa Cruz. 

Em onda de solidariedade, o volante Judson, que está treinando no Tricolor de Natal para manter a boa forma antes de retornar ao San Jose Earthquakes, clube de San Jose, na California (EUA), fez doação de dez cestas básicas.

“Na verdade quando ajudamos, ajudamos de coração e é gratificante ver a alegria das pessoas que estão sendo ajudadas”. disse Judson, volante do Earthquakes (EUA)

O mundo está passando por um momento difícil por conta da pandemia da COVID-19, e todos nós precisamos fazer a nossa parte.

*Diego Simonetti/Assessor de imprensa

Do Blog

O engraçado é que a nossa lucrativa FNF, que arrecada todo anos milhões de reais de lucro, bem que poderia dar assistência e participar de ações como essa. Seria pelo menos um marketing positivo para quem nada faz. De novo, merece, vou louvar o Santa Cruz dos meus amigos Lupércio Segundo e João Quebra-Osso, fazendo futebol como se deve, com honetidade, transparência e solidariedade, acima de tudo.



ABC sai na frente, cede empate ao Sampaio Corrêa, e continua sem vencer em casa na Copa do Nordeste

Edmo Sinedino,

Sílvio Criciúma, parece, é perseguido pelos empates. O time alvinegro comandado por ele ainda não venceu no Frasqueirão - empates de 1 a 1 como Ceará, Confiança e Samapio Corrêa, ganhando dois jogos fora. E continuou assim neste sábado, empatando de 1 a 1 com o Samapio Corrêa, do Maranhão. Vitinho abriu o placar para o ABC, Jefinho, que brilhou no rival de hoje marcou o gol de empata. 

Menos mal para a equipe potiguar que o resultado o mantém na zona de classificação, em terceiro lugar do Grupo B, com 9 pontos. Contudo, precisa vencer o 4 de Julho na quarta-feira (jogo atrasado), novamente no Frasqueirão, para emcaminhar sua classificação à segunda fase. Seu último duelo será contra o Bahia, na Fonte Nova.

Um primeiro em que praticamente só deu ABC. O time do povo criou as melhores jogadas com oa ala Netinho, poderia ter diversificado mais, foi dele e Maykon Douglas duas boas chances de abrir o placar, no entanto, quem teve o gol certo em sua frente e perdeu foi o experiente atacante Wallyson, em boa jogada de William. 

O Sampaio só atacava por um lado, com o Pimentinha, mas levava perigo quando a bola chegava nos pés do atacante Jefinho. Ele chegou a marcar um gol que foi bem anulado pelo assistente. A primeira etapa, dominada pelo ABC, terminou 0 a 0.

No segundo tempo, as equipes vieram com mais disposição de ataque. O Bolívia Querida passava a gostar do jogo e teve duas boas oportunidades de abrir o placar, sempre com o Pimentinha. Interessante nesse ponto a falta de visão de quem está no campo, até mesmo do treinador, se ele era o atacante a se marcar, por qual motivo continuava a fazer um duelo isolado com o Victor Lindemberg, e sempre levando vantagem? 

E foi justamente quando o time maranhense dominava e dava pinta que sairia na frente, que o ABC abriu o placar. Maycon Douglas fez bom passe para o menino Vitinho, ele chegou primeiro que o defensor e tocou por cima do goleiro,  1 a 0, belo primeiro gol dele no profissional, aos 18 minutos. 

Pouco depois, nova chande de ouro para Wallyson matar o jogo, mas ele atrapalhou-se e perdeu. Aos 21 minutos, a tal de lei do ex e, campo. Jefinho, de cabeça, empatou. Grande oportunidades dos dois lados, Vitinho, do ABC. Ele fez tudp certpo, driblou bem o marcador, e tentou dar um toque de trivela tirando do zaguiro que estava dentro do gol, a bola pegou mal no pé e saiu. Dudu, do Sampaio, em belo chute para a defesa do goleiro Welligton.No fim, tudo igual, 1 a 1.

Observações da partida

O ABC fez uma apresentação muito melhor que a anterior, o pecado hoje foram os gols perdidos. Wallyson, como atacante de mais experiência, completamente apático, com quase nenhuma participação efetiva e ainda perdeu duas grandes chances. Sílvio Cricúma, ouviu o "ruído" vindos das arquibancadas virtuais e mostrou mais rapidez  nas mexidas, sempre dando mais eletricidade, vamos dizer assim, à equipe. Não entendi o não reforçar da marcação sobre o Pimentinha. Sorte que o atacante já não tem o mesmo fôlego de antigamente. O jovem valor Vitinho, apesar da chance desperdiçada, e o lateral Netinho foram os destaques do alvinegro potiguar.



Flamengo dos gols, muitos, feitos e perdidos...

Edmo Sinedino,

Os raivosos  da "torcida arco-íris - não devem perdoar um botafoguense que elogia tanto o Flamengo. Mas o que vou fazer. Diante da mediocridade do futebol brasileiro, vou repetir manchete de um texto de Juca Kfouri: é muito bom ver o Flamengo fazer e perder gols. E como perdeu meus amigos nessa partida em que venceu o Bangu de 3 a 0, rodada da última quarta-feirfa, no Rio.

Se todas as chances surgidas, criadas, fossem efetivadas, sem exagero, o placar era para ter sido de pelo menos dez. O Fla completo continua sendo uma máquina diferenciada de jogar futebol e, não se enganem, dentro da normalidades, nem de longe, ainda, não tem adversário no Brasil.

Vamos esperar as superformações de Atlético Mineiro, Grêmio, a continuidade do trabalho de Abel Ferreira no Palmeiras, que não me anima tanto. Quem sabe o Inter de Miguel Angel Ramirez. E por falar no Colorado, o time teve seu primeiro tropeço sob o comando do novo treinador. Empate de 0 a 0 diante do São José.

Não, amigos, não vou cometer a insanidade de repetir manchetes e por conta do empate dizer que o Inter tropeçou. Foi um vareio de bolas, uma partida daquelas em que o "Sobrenatural de Almeida" entra em campo e diz: hoje não tem gol. O Inter criou tanto quanto o Flamengo, perdeu chances tantas quanto o Flamengo, só que, no Sul, nenhuma entrou.

Gostei muito da movimentação, da forma de jogar do time. Pode sair dali, uma equipe já montada, ou remonstada, por Abel Braga, um candidato a títulos em 2021. Quem sabe, um dos grandes candidatos a melhor do ano na temporada que, espero, seja bem melhor.



A situação dos campeonatos pelo Brasil

Edmo Sinedino,

Com o aumento de casos de pessoas infectadas pela COVID-19 no Brasil, vários campeonatos de futebol estão sendo paralisados no Brasil. 

Vamos conferir a situação de cada um dos 26 estados dentro do futebol, mais o Distrito Federal:

Acre

Sem nenhum clube na primeira divisão nacional, o campeonato acreano tinha a previsão de iniciar no dia 7 de março, mas por conta do quadro da COVID-19 foi adiado e não tem previsão para começar em 2021.

Alagoas

O Campeonato Alagoano segue normalmente, mesmo com o estado em bandeira vermelha, onde o decreto estadual permite a realização de eventos esportivos, mas sem a presença de público.

Amapá

A federação de futebol deste estado anunciou no último dia 22 de março o adiamento de suas rodadas do Campeonato Amapaense, que está previsto para reiniciar agora no dia 2 de junho - dependendo da liberação dos jogos na região.

Amazonas

Iniciado no último dia 6 de março, o Campeonato Amazonense segue sendo disputado normalmente.

Bahia

Sem intervenção neste momento, o Campeonato Baiano é outro que segue com suas partidas normalmente; em sua última live o governador do estado descartou qualquer possibilidade de paralisação da competição.

Ceará

O cearense está paralisado desde o dia 13 de março, interrompido após a disputa da primeira rodada. O mesmo não conta ainda com uma data definida para a sua volta.

Distrito Federal

Após o governo flexibilizar a volta das atividades essenciais no Distrito Federal, no último dia 29 de março, a Juíza - Kátia Balbino de Carvalho Ferreira volta a determinar restrições sociais em combate ao Coronavírus. A medida terá início nesta quinta-feira - 1º de abril e inclui atividades esportivas; até o momento não se tem uma data para a retomada dessas na região.

Espírito Santo

O torneio estadual no Espírito Santo está paralisado desde o último dia 16, em cumprimento das determinações de seu governo. O retorno desta está marcado para o dia 1º de abril - com a quarta rodada da primeira fase.

Goiás

O Campeonato Goiano está paralisado desde o dia 14 de março, tendo sua volta marcada para ocorrer entre os dias 31 de março a 1º de abril.

Maranhão

O torneio de futebol deste estado segue sendo disputado normalmente.

Mato Grosso

O campeonato Mato-Grossense segue normalmente, sem nenhum adiamento neste momento. Apenas determinações quanto a seu horário, devendo iniciar sempre após às 19h, de segunda a sexta-feira. Tendo o Cuiabá na primeira divisão esse ano, uma paralisação prejudicaria o time para o início do brasileirão em maio.

Mato Grosso do Sul

Em razão do agravamento da pandemia no estado, a prefeitura de Campo Grande editou um decreto com várias medidas restritivas, entre elas a proibição de treinos coletivos por parte dos clubes profissionais e a disputa de partidas oficiais na capital. Essa medida é válida até esse domingo - 28 de fevereiro.

Minas Gerais

O Campeonato Mineiro está suspenso desde a última segunda-feira - 22 de março, devendo retornar somente no dia 1º de abril.

Pará

O campeonato de futebol profissional neste estado está suspenso desde a sua terceira rodada, isso ocorrendo no último dia 15 deste mês, devendo prosseguir assim até esse final de semana, retornando no dia 29 de março.

Paraíba

O Campeonato Paraibano foi adiado uma vez, mas agora confirmado para começar dia 14 de abril.

Paraná

Segue com algumas restrições, como por exemplo, com jogos apenas nas cidades que não possuem nenhum impedimento quanto às atividades esportivas. Em Curitiba, há restrições quanto a treinos e jogos.

Pernambuco

O campeonato estadual segue normalmente em todo o estado, mas com partidas sem público. O Governo do estado permitiu a realização dos jogos.

Piauí

A federação local definiu horários para a realização das partidas, como por exemplo, 15h45 - tirando jogos de sábados e domingos, os colocando em dias de semana.

Rio de Janeiro

O campeonato carioca segue sendo disputado, no entanto, não poderão ser realizados na capital entre os dias 26 de março a 4 de abril, segundo novo decreto municipal.

Rio Grande do Norte

O campeonato estadual foi cancelado pela Federação Estadual, mas depois houve nova resolução do Governo do Estado e deverá ser retomado.

Rio Grande do Sul

O campeonato gaúcho segue normalmente, com a restrição de horário, devendo ter jogos somente após as 20h, quando o comércio e outros estabelecimentos são obrigados a fecharem.

Rondônia

O campeonato estadual aqui ainda não teve seu inicio e segue aguardando por uma data para começar.

Roraima

O campeonato estadual em Roraima está marcado para iniciar no dia 1º de abril.

Santa Catarina

Em Santa Catarina o torneio foi suspenso por 15 dias, entre os dias 4 a 18 de março, tendo sido retomado no último sábado - 20 de março.

São Paulo

Em São Paulo o governo estadual que havia suspendido todas as atividades esportivas entre os dias 15 a 30 de março, voltou a aumentar esse prazo até o dia 04 de abril; no entanto, alguns jogos do Paulistão foram realizados durante essa semana em Volta Redonda no Rio de Janeiro.

Sergipe

O Campeonato Sergipano iniciou no dia 20 de fevereiro e segue sendo disputado normalmente.

Tocantins

Após decreto do estado, o Campeonato Tocantinense foi suspenso em 16 de março, valendo essa restrição até 1º de abril.

CBF é contrária a paralisação dos torneios e defende os protocolos

OBS. A Confederação Brasileira de Futebol - CBF, é contrária a qualquer paralisação dos estaduais, acreditando ela ter um protocolo competente e de extrema segurança para os jogadores, árbitro e todos aqueles que participam diretamente e indiretamente do futebol.



FNF deve definir rodada do Estadual após liberação do Governo

Edmo Sinedino,

Agora, esperar que tudo corra bem, que sejam tomadas as medidas necessárias que, segundo dirigentes de clubes e federação, já vinha acontecendo. Esperar também que nossas equipes melhorem o desempenho, quem sabe, criando uma motivação maior entre as torcidas até sua reta final Esse ano, claro, o objtivo maior será ter de volta os potiguares ABC e América de volta à Série C. Chega de padecer na quarta divisão do futebol brasileiro.

Veja abaixo:

GOVERNO DO RN LIBERA VOLTA DO FUTEBOL EM NOVO DECRETO

O Governo do Rio Grande do Norte incluiu no texto do decreto número 30.458 publicado nesta quinta-feira, 1º de abril de 2021, a liberação dos jogos de futebol profissional no Estado. A autorização determina que jogos de campeonatos oficiais poderão acontecer com a proibição de público nos locais de treinamentos e partidas e com a realização de testagem de todos os participantes na véspera de cada disputa.

Com isso, a Federação Norte-rio-grandense de Futebol vai reunir as oito equipes que participaram do Campeonato Nota Potiguar 2021 para definir as datas dos jogos restantes da competição.

A partida entre ABC x Sampaio Corrêa, marcada para este sábado, dia 3 de abril, no Estádio Frasqueirão, em Natal, válida pela Copa do Nordeste, recebeu autorização para acontecer.

*Fonte: site da FNF


Parabéns ao América Futebol Clube por se posicionar em defesa da DEMOCRACIA!!!

Edmo Sinedino,

Meus parabéns a todos que fazem o América pelo posicionamento no dia em que lembramos uma tragédia para a democracia brasileira. Quando se iniciou, no ano de 1964, o período mais negro de nossa história. 

Perseguições, torturas das mais torpes e violentas, mortes, mentiras, falsos moralistas, corrupção depravada impedida de ser divulgada, e toda espécie de monstruosidades que se possa imaginar se instalou em nosso País.

Um odioso  golpe de Estado, com o apoio, infelizmente, da Igreja, dos conglomerados de comunicação, dos empresários, da elite burra, enfim, uma desgraça que durou mais de 20 anos e ceifou a vida de milhares de Brasileiros .

Infelizmente, os criminosos miliares, civis, torturadores, enfim, os responsáveis por todos os crimes nunca foram punidos a exemplo de países vizinhos que, com a punição exemplar, de verdade, se livraram para sempre deste fantasma odioso que volta a pairar sobre nossa pátria.

 No momento em que vivemos sim, de novo, o risco de regime de exceção, é preciso que todos se unam em defesa da democracia.

Feliz mais ainda por ver as manifestações de apoio quase que à unanimidade. De todos os comentários, apenas um fascista de posicionou favorável aos crimes da ditadura. América, nesse ponto, orgulho sim do RN.

Veja abaixo as várias manifestações de torcedores que, por razões óbvias, não publiquei o nome.


Em resposta a 

@AmericaFCNatal

ESTOU ARREPIADA! ORGULHOOO

-------

Em resposta a 

@AmericaFCNatal

Livrou!!! #DitaduraNuncaMais

--------

Em resposta a 

@AmericaFCNatal

MUITO OBRIGADO

O América tem obrigação de se posicionar politicamente, pois se calar é muitas vezes consentir, portanto é preciso deixar claro de que lado nós estamos.  Da democracia, da justiça e da ciência também

-----------

Em resposta a 

@AmericaFCNatal

Amém! Q orgulho da porra!

----------

Em resposta a 

@AmericaFCNatal

orgulho e felicidade por torcer por esse time! Ditadura Nunca Mais!!!

----------

Em resposta a 

@AmericaFCNatal

Parabéns mecão. Devemos sempre defender a democracia.

---------

Em resposta a 

@AmericaFCNatal

Boa Mecão! Orgulho! #DitaturaNuncaMais

---------

Em resposta a 

@AmericaFCNatal

Parabens!!!! #DitaduraNuncaMais

---------

Em resposta a 

@AmericaFCNatal

Muito obrigada!

--------

Em resposta a 

@AmericaFCNatal

De fato: O ORGULHO DO RN!!! Coração vermelho

---------

Em resposta a 

@AmericaFCNatal

MUITO OBRIGADO Coração vermelhoCoração brancoCoração vermelhoCoração brancoCoração vermelhoCoração branco

ditadua_09


Potiguar de Mossoró tem novo presidente; e a situação do Baraúnas?

Edmo Sinedino,

Vendo no site da FNF a notícia da eleição do novo presidente do Potigur de Mossoró aproveito para perguntar sobre o Baraúnas, o que será feito do Leão do Oeste. Outra grande eequipe que perdemos. Por essa e outras que o futebol do RN a cada fica mais pobre.

Potiguar elege Djalma Júnior como novo presidente

O Potiguar de Mossoró realizou uma Assembleia Extraordinária na noite desta quarta-feira, dia 31 de março, para aclamar Djalma Júnior como presidente do clube até o mês de setembro. Djalma assume o cargo que era de Benjamin Machado, que renunciou no dia 2 de março.

Djalma Júnior era presidente do Conselho Fiscal do Potiguar e vai ter Williams Segundo como vice-presidente.

*Site da FNF


Palmeira é punido com perda de 9 pontos; se o Pleno confirmar equipe é candidata a novo rebaixamento

Edmo Sinedino,

Notícias da FNF. Se o Pleno do TJD confirmar a punição, dificilmente, o time de Goianinha vai seguir o seu "sobe e desce" no Campeonato Potiguar.

Veja abaixo:

Palmeira é punido com perda de pontos e multa por  escalação irregular

O Palmeira foi punido com a perda de nove pontos e multa de R$ 300,00 por causa da escalação de um jogador de 15 anos em três partidas do Campeonato Nota Potiguar de 2021. O regulamento geral das competições da Federação Norte-rio-grandense de Futebol não permite a participação de atletas com menos de 16 anos nas disputas profissionais organizadas pela entidade.

O caso foi julgado pela Primeira Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Norte em uma Sessão de Julgamento que aconteceu nesta quarta-feira, dia 31 de março. A  decisão pela punição foi unânime entre os auditores. O Palmeira ainda pode recorrer ao Pleno do Tribunal, com caráter suspensivo. 

*Site da FNF


Judson treina no Santa Cruz enquanto espera liberação de seu retorno aos EUA

Edmo Sinedino,

Sempre que o assunto é Judson me vem à lembrança de que esse excelente jogador, profissional super dedicado escapou por pouco, diria até, de ter o destino de muitos bons garotos revelados nas bases de nossos clubes. Empréstimos, retornos, pouquíssimas oportunidades e, em alguns casos, desistência. Judson deu muita sorte. Entrou num jogo importante ( o treinador estava sem opções para a posição) e conseguiu mostrar seu futebol. A partir daí sua carreira deslanchou, sempre sob os cuidados da Brazil Sports dos empresários Lupércio Segundo e João Quebra-Osso.

Antes do Natal, no shopping, encontrei com Judson, não sabia que ele continuava em Natal. Espero que a situação se resolva e ele possa retornar para a Califórmia e continuar mostrando seu ótimo futebol. O atleta está, ainda, impedido de voltar por conta da pandemia e, claro, do descaso do desgoverno do Brasil que deixou as coisas chegarem a esse ponto. Brasileiros impedidos de entrar, de voltar, enfim, de continuar suas vidas.

Veja abaixo matéria da assessoria:

O volante Judson, que atua no San Jose Earthquakes, clube da cidade de San Jose, na Califórnia (EUA), está em Natal e conta com ajuda da comissão técnica do Santa Cruz de Natal para manter a boa forma.

As atividades seguem acompanhadas pelo preparador físico Júnior Queiroz e pelo treinador Eugenio Gomes. O objetivo do atleta é dar continuidade ao seu trabalho físico antes de retornar para a disputa da Major League Soccer (MLS).

“Vim para Natal para as festas de fim de ano e enquanto resolvo alguns problemas burocráticos para o retorno ao EUA, com relação ao visto, mas sigo mantendo a forma com os amigos. Até o dia 15 de abril já devo estar voltando, até porque a pré-temporada começou no dia 1º de março”, disse o jogador.

No próximo dia 12 de abril Judson está com uma entrevista agendada na Embaixada Norte-americana para resolver o impasse jurídico. O atleta de 27 anos é natural de Arez, na região Agreste do RN, e já atuou pelo de Natal e Avaí, antes de ser negociado com o futebol do exterior. O volante vai para sua terceira temporada na MLS. 

“Estou muito feliz com tudo que vem acontecendo em minha vida, graças a Deus. Me adaptei bem ao futebol americano e vou para minha terceira temporada. Eu espero continuar por mais tempo porque a Liga vem se desenvolvendo muito e tem um potencial enorme para os próximos anos e a gente espera seguir a carreira lá”, planejou.

judson_09

*Texto e foto: Diego Simonetti/Santa Cruz de Natal


Agüero, Felipe Melo, Messi e o Grêmio; as notícias mais quentes

Edmo Sinedino,

Umas cutiladas minhas sobre as notícias mais quentes da ESPN. Primeiro que tudo, acho que o Guardiola pirou ao comparar Agüero com Messi e Maradona. Nem se o atacante nascesse mais umas duzentas vezes e todas elas melhorado. O argentino deixa o City e, dizem tem propostas de PSG, Barcelona e Juventus. Por falar em Messi, parece, o City desistiu dele.

Outra boa meus amigos. Felipe Melo interessando ao Boca Juniors. Ele nega e aproveita, bem ao seu estilo falso e fanfarrão, enaltece seu "amor" pelo Palmeiras. Me fez lembrar um atacante que passou pelo ABC, toda foto era beijando o escudo, jurando amor eterno, bastava aparecer oferta com cem contos a mais e ele se ia. O perna de pau Felipe Melo se estiver interessando ao Boca posso imaginar que o time argentino está em decadência.

O Grêmio anunciou Rafinha, desistiu do "supercraque" Borré e encaminha acerto com Douglas Costa. O atacante do Bayern diz que respeita Flamengo, Palmeiras e Atlético/MG, mas só jogaria no Brasil no Imortal. Outra.


21-40 de 11357