Dois empates no fechamento da 33ª rodada do Brasileiro; Avaí já rebaixado

Edmo Sinedino,

Apaga tudo que o Vasco fez contra o Flamengo. Ô futebol de muita loucura, idas e vindas. Uma falha grotesca mudou o destino de Vasco e Goiás na noite desta segunda-feira, em São Januário. 

Após Guarín abrir o placar no 1º tempo, o Vasco criou várias chances de matar o jogo no segundo tempo, mas não o fizeram. Os visitantes pressionaram na etapa final, tiveram gol anulado após revisão do VAR  e arrancaram o empate no último lance, com direito ao goleiro Tadeu na grande área, em gol contra de Oswaldo Henríquez.

Estranho jogo. Esse time do Goiás tem a marca registrada dos resultados improváveis, sempre contando com o "Sobrenatural de Almeida".

Vasco: 10ª posição - 44 pontos .Próxima rodada: São Paulo, no Morumbi, no dia 28/11, às 20h30. Goiás: 11ª posição - 43 pontos. Próxima rodada: Bahia, no Serra Dourada, no domingo, às 16h

--------------------------------

Que absurdo. O Cruzeiro não conseguiu vencer o, agora, rebaixado Avaí. Crise gigante, ameaça dos torcedores e uma inédita Série B cada vez mais crescente na direção do time azul.Vasco: 10ª posição - 44 pontos

Com o empate, o Cruzeiro saiu da zona de rebaixamento, mas perdeu a chance de ultrapassar Fluminense, Ceará e Botafogo e se distanciar do Z-4. Assim, somou apenas um ponto, deixou para trás apenas o Fluminense, que entrou na zona perigosa. 

A Raposa subiu para a 16ª colocação, com 36 pontos. Já o Avaí, último colocado, com 18 pontos, teve o rebaixamento matematicamente confirmado para a Série B.



Ricardo Melo, novo fisiologista do ABC, causa boa impressão

Edmo Sinedino,

ricardomelo_09O novo fisiologista do ABC, Ricardo Melo,foi o convidado especial do programa Prorrogação, tevê Assembleia, comandado pelo jornalista Mállyk Nagib, contando com minha participação como comentarista. Muito boa a impressão deixada pelo novo reforço do alvinegro, isso demonstrado no seu conhecimento do trabalho que realiza, já muito bem referendado, mas, acima de tudo, pela disposição em ajudar o ABC a volta a figurar entre clubes da Segunda Divisão do futebol brasileiro. Ricardo fez um apelo à Frasqueira para acreditar e jogar junto em 2020.

Foto: equipe de comunicação do ABC



Eleição no Alecrim, um estranho processo...

Edmo Sinedino,

Edital de convocação da eleição do Alecrim, publicado em um jornal da cidade, só tem um detalhe: alecrinenses históricos afirmam não saber quem são os candidatos, se chapas foram registradas, a lista dos conselheiros com direito a voto, enfim, falta transparência. 

Parece, se for candidatura única do atual presidente Ubirajara Holanda, do jeito que está sendo o processo, muita gente vai protestar. Muito esquisito o que vem acontecendo no Alecrim Futebol Clube.

Que os alecrinenses se mexam, se unam e tomem conhecimento de todas as informações que participem do processo. É o que todos os verdadeiros torcedores do time verde esperam.

Veja abaixo:

editalale_09


A lista atualizada do plantel do ABC e os últimos reforços

Edmo Sinedino,

Atualizando a Frasqueira. Dos novos reforços, Cedric e Vinícius Leandro já chegaram, além dos que renovaram contratos e outros que são de Natal. A previsão é de que todo o elenco, ou quase, esteja treinando com o Francisco Diá já nesta quarta-feira.

Na lista de contratados, abaixo, ainda não constam os nomes do atacante Abner, do também atacante Felype Herbert, que acertou hoje, além do ala esquerda Bruno, revelado pelo América, e que estava mais de um ano sem jogar.

Bruno é mais uma aposta do treinador Francisco Diá. O ala, hoje com 26 anos, vai iniciar trabalho com os preparadores físicos e fisiologista do ABC.

O atacante Rodrigo Rodrigues, que está no Atlético/GO, disputando a segunda divisão, também deve se apresentar, mas muito pouco provável que permaneça.

Alguns jogadores da base também devem ser integrados ao elenco do alvinegro a partir desta pré-temporada.

Veja o elenco:

GOLEIROS: Wagner Coradin, Erivelton, Caio (base) e Artur (base);

LATERAIS: Pedro Costa, Cedric, Marlon;

ZAGUEIROS: Joécio, Richardson, Vinícius, Vinícius Leandro;

VOLANTES: Wenderson, Valderrama, Felipe Manoel;

MEIAS: Kaká, Jailson, Dandan, Berguinho;

ATACANTES: Wallyson e Wanderson



A lista atualizada do plantel do América e os últimos reforços contratados

Edmo Sinedino,

Atualizando a torcida do América.  Já são 23 jogadores que integram o atual elenco do América, isso somando-se as duas aquisições de hoje - André Krobel e Vitor Souza, ala e goleiro - e certamente mais algumas contratações devem ser efetuadas. A esse grupo deve se juntar alguns jogadores da base e o trabalho se inicia, se não com a totalidade dos jogadores, como queria Waguinho Dias, pelo menos com 90%.

Veja o plantel atual:

GO: Ewerton, Vitor Ferreira e Lucas;

ZA: Adriano Alves, Alisson Brand, Geninho e Nilo;

LA: Renan Luís, Michael, Arez e André Krobel;

VO: Leandro Melo, César Sampaio, Judson e Juninho;

ME: Wilson, Dione, Leilson e Romarinho;

AT: Murici, Tiago Orobó, Felipe Augusto e Felipe Pará

Veja abaixo as fichas dos últimos reforços:

Vitor Ferreira

Nascido em Goiânia/GO, Vitor Ferreira de Paiva contabiliza passagens por Paraná, Joinville, Moto Club-MA e recentemente esteve no Lajeadense-RS durante a disputa da Copa Federação Gaúcha de Futebol.

Nome: Vitor Ferreira de Paiva

Nascimento: 13/12/1994

Naturalidade: Goiânia/GO

Pes/alt: 77kg/1,86cm

Pos: Goleiro

Clubes onde passou: Paraná (2012), Joinville-SC (2013-2015), Anápolis-GO (2016), Prudentópolis-PR (2017), River-PI (2018), Moto Club-MA (2019) e Lajeadense-RS (2019).

André Krobel

A diretoria alvirrubra acertou a contratação de mais um reforço para a temporada 2020. O lateral direito André Krobel, de 24 anos, estava n Náutico-PE onde ascendeu à Série B na atual temporada e se apresenta ao técnico Waguinho Dias esta semana.

Nome: André Diego Krobel

Nascimento: 28/03/1995 (24 anos)

Naturalidade: São Francisco do Sul-SC

Peso/altura: 75kg/1,78cm

Posição: Lateral Direito

Clubes: Joinville (2014-2015), Avaí (2016), Tombense-MG (2016-2017), Marcílio Dias-SC (2017), Iporá-GO (2018), Goiás (2018) e Náutico.

Fonte: twitter do América


Gabriel Veron merece sim que falemos mais dele

Edmo Sinedino,

averon123_09Já republiquei matérias do site da CBF sobre a conquista dos meninos do Brasil, mas cabe sim mais algumas linhas sobre o Gabriel Veron. É impressionante a a sua procura natural pela jogada vertical.  Espero que esses treinadores cegos que ele ainda vai ter que encarar pela frente não tirem isso dele.

Todas as jogadas envolvendo o potiguar, anotem, prestem atenção, é com perigo de gol. Ele esteve para marcar duas vezes no primeiro tempo, depois sofreu o pênalti e, a todo momento, procura se desmarcar, aparecer para jogar e participar dos lances mais agudos. É instinto de matador, sem jogar fixo na área.

Além de craque, ele poderia ter sido, sem exagero, o artilheiro da competição se, não sei se a bola, os deuses do futebol não quiseram, ou faltou um pouco mais de capricho nas finalizações, afinal, ele não é um jogador perfeito. Foram muitos os lances em que ele ficou no "quase".

Gabriel Veron, sem dúvida, o melhor e mais criativo atleta da competição. E como é bom ver esse menino jogar com toda essa disposição de ataque, ao estilo, sem exagero, e sem comparações, dos maiores atacantes da história do futebol do Brasil - Jairzinho, Edmundo e até mesmo o lendário Manoel dos Santos, o Garrincha.

*Foto: Alexandre Loureiro/CBF


Brasil é tetracampeão mundial Sub 17

Edmo Sinedino,

Brasil é tetracampeão mundial Sub 17

No Bezerrão, Brasil saiu atrás no placar, mas marcou com Kaio Jorge e Lázaro para vencer por 2 a 1 e faturar o tetracampeonato da Copa do Mundo Sub-17

Inesquecível! Neste domingo (17), a Seleção Brasileira Sub-17 escreveu mais um capítulo especial na história da Copa do Mundo da categoria. No Estádio Bezerrão, no Gama (DF), a Canarinho saiu atrás no placar diante do México, mas virou com Kaio Jorge e Lázaro, e a vitória por 2 a 1 garantiu o quarto título da competição ao Brasil.

O tetracampeonato do time comandando por Guilherme Dalla Déa chega após uma campanha invicta na competição. Foram três vitórias na fase de grupos, o que colocou a Canarinho no topo do Grupo A. Depois, triunfo por 3 a 2 sobre o Chile, nas oitavas de final. Nas quartas, a equipe bateu a Itália por 2 a 0. E, na fase semifinal, uma virada surpreendente diante da França: 3 a 2.

Foi o quarto título do Brasil na Copa do Mundo Sub-17, que também faturou as edições em 1997, 1999 e 2003.

O jogo

O clima de decisão tomou conta da partida desde o apito inicial, quando Yan Couto fez boa jogada pela direita, cruzou fechado e viu a bola passar por trás do gol mexicano. Mas a primeira finalização mesmo saiu aos 11 minutos, com João Peglow, que arriscou da entrada da área, à direita da meta adversária. O domínio da Canarinho seguiu e, aos 13, Yan cruzou da direita e a bola sobrou para Gabriel Veron finalizar por cima. Logo depois, Kaio Jorge fez ótima jogada pela esquerda, entrou na área e rolou para trás, onde Peglow chutou de primeira e acertou o travessão. A pressão na parou, e a Canarinho ainda ficou perto de marcar em outros dois chutes de Peglow: um defendido por Garcia, e outro que saiu rente à trave direita. Outra boa oportunidade para o Brasil foi aos 28, após cruzamento de Patryck pela esquerda, que fez a bola chegar em Veron, que chutou de primeira e viu Garcia fazer a defesa. O goleiro mexicano ainda segurou as finalizações de Peglow e Patryck antes do jogo ir para o intervalo.

No segundo tempo, o México foi quem começou assustando. Logo no primeiro lance, Martínez lançou na área, e Luna pegou de primeira, mas mandou para fora. O Brasil respondeu na sequência, com Kaio Jorge arriscando de fora da área e Garcia fazendo a defesa. Aos seis, Peglow lançou na medida para Kaio Jorge, que finalizou de primeira, mas por cima da meta mexicana. A pressão da Canarinho seguiu com uma bomba de Patryck, que Garcia espalmou. Depois, Peglow recebeu na área, dominou e chutou forte rente à trave esquerda dos adversários. O México, que pouco criou, encontrou espaço aos 20 minutos, quando Gonzáles recebeu cruzamento e cabeceou para fazer 1 a 0. A Canarinho não desanimou e seguiu ofensiva. Aos 27, Diego Rosa recebeu de Veron e chutou da entrada da área à esquerda do gol mexicano. No minuto seguinte, Lázaro também foi acionado por Veron e bateu por cima do travessão. Nos minutos finais, Lázaro recebeu na área, mas o chute parou em Guzman. Daniel Cabral arriscou de fora da área e acertou a trave. No rebote, Veron cabeceou por cima. Logo depois, o árbitro checou um carrinho da defesa mexicana em Veron e assinalou o pênalti. Kaio Jorge cobrou no canto direito e deixou tudo igual na decisão: 1 a 1.

O empate fez a torcida se animar ainda mais no Bezerrão e empurrar a Canarinho. Sem perder o ímpeto, a Seleção Brasileira seguiu no ataque e, já nos acréscimos, saiu o merecido gol do título. Yan cruzou da direita, e Lázaro bateu de primeira para decretar o tetracampeonato brasileiro: 2 a 1.

Brasil: Matheus Donelli; Yan Couto (Garcia), Henri, Luan Patrick e Patryck; Daniel Cabral, Diego Rosa e João Peglow (Lázaro); Gabriel Veron, Kaio Jorge e Pedro Lucas (Matheus Araújo) – Técnico: Guilherme Dalla Déa



Gabriel Veron é eleito o craque da Copa do Mundo Sub-17

Edmo Sinedino,

veronBrasil_09Orgulho dos potiguares, mais um de nossos garotos não vistos pelos dirigentes de clubes tradicionais do Estado brilha no mundo. Veron, craque do Mundial Sub 17, atleta do Palmeiras, vinculado à Brazil Sports, empresa potiguar dos dirigentes Lupércio Segundo e João Quebra-Osso que receberam indicação do ex-jogador Gilson Sergipano, acreditaram no talento do atacante e o levaram para testes no Palmeiras, onde se tornou conhecido para o mundo. Essa conquista é a coroação de tudo que ele fez no Mundial. Parabéns ao nosso craque.

Veja abaixo:

Gabriel Veron é eleito o craque da Copa do Mundo Sub-17 2019

Atacante brasileiro foi fundamental no tetra da Seleção e foi eleito pela FIFA como o melhor jogador do campeonato

Gabriel Veron foi eleito pela FIFA como o melhor jogador da Copa do Mundo Sub-17. O atacante, que marcou três gols na campanha, foi um dos principais jogadores da Seleção Brasileira no tetracampeonato mundial, conquistado neste domingo, com vitória por 2 a 1 sobre o México, no Bezerrão.

Jogador do Palmeiras, Veron começou a competição dizendo a que veio. Na estreia com o Canadá, participou de dois gols e marcou o seu. Contra a Nova Zelândia, voltou a mostrar o seu lado garçom e deixou Kaio Jorge na cara do gol. Diante de Angola, marcou um golaço, para estufar a rede pela primeira vez na competição.

Como ficou conhecido entre o elenco, o Raio foi fundamental com suas arrancadas, jogadas de velocidade e ousadia no ataque brasileiro.

A estrela de Veron brilhou também na fase final do Mundial. Contra a França, foi dele o gol que deixou o jogo empatado em 2 a 2, no que seria uma virada histórica do Brasil. Contra o México, foi ele quem sofreu o pênalti que também empatou a partida.

Foto: Alexandre Loureiro/CBF



Flamengo bate o Grêmio em Porto Alegre e se aproxima mais um pouco do título

Edmo Sinedino,

jesusGre_09Brasileirão. Agora, 13 pontos separam o Flamengo do Palmeiras, lembrando que o rubro-negro tem uma partida a mais. Os cariocas estão cada vez mais perto do título e hoje, diante do Grêmio, novo triunfo. Lá na parte de baixo,a briga desesperada continua.

Veja jogo a jogo

O Flamengo entrou em campo com apenas três titulares. Diego Alves, Gabigol e De Arrascaeta. No primeiro tempo, melhor, poderia ter construído uma vitória maior. O time de Renato Gaúcho, a exemplo do ano passado, se perdeu nas várias mudanças e peças-chaves do esquema, parece, não se entendem. Gol de pênalti, 1 a 0, Gabriel, primeiro tempo. No segundo, nada de sufoco que dizem as manchetes. Evidente que o time gaúcho veio para cima, mas o rubro-negro se sustentou e ainda levou perigo ao gol de Paulo Vítor. Final, já com Everton Ribeiro e Rodrigo Caio em campo, merecido triunfo, mais um. O Flamengo soma 81 pontos, líder absoluto, Grêmio é quarto, com 56 pontos.

Números que precisam ser destacados:  Gabriel, com o gol deste domingo, chegou a 22 no Brasileiro. É o artilheiro. Além disso, superou a marca de 21 de Zico, que desde 1981 era o maior artilheiro rubro-negro no campeonato. O Flamengo chegou a 81 pontos, igualando o desempenho do Corinthians em 2015. Desde 2006, quando a fórmula de pontos corridos passou a ter 20 clubes, ninguém somou mais pontos. O time de Jorge Jesus, então, pode fazer história. Já o fez em número de vitórias: 25. Até então, Cruzeiro (2014), Corinthians (2015) e Palmeiras (2016) tinham 24 vitórias.

--------------------------------------

O Bahia passeou em campo no primeiro tempo. Poderia ter feito três ou quatro gols no Palmeiras. Não o fez, marcou apenas um, com Artur Kaíke, de falta, apesar das inúmeras chances e situações de gols criadas. No segundo tempo, erradamente, como fazem quase todos, se segurou demais, cedeu espaço e o Palmeiras, sem muito merecimento, empatou com um gol de Borja, com contribuição do bom goleiro Douglas Friendrich. Com o empate, o Bahia manteve a 9ª posição na tabela, com 44 pontos. O Palmeiras foi aos 68 pontos – a 13 do Flamengo, líder da Série A.

--------------------------------------

Um jogo de muitas chances desperdiçadas. Diria, sem medo de errar, que o bom time do Ceará, desde o começo do Brasileiro foi o time mais deixou de ganhar jogos atuando melhor que o adversário. Não dirita que no empate de hoje, diante da Chapecoense, foi assim, mas certamente o Vovô ainda criou mais situações de gols.

A imprensa de Chapecó ainda acredita na escapatória do rebaixamento? Ilusão, pois para mim, diante da briga de alguns grandes contra o rebaixamento - Cruzeiro, Botafogo, Fluminense e Ceará, creio que tanto a Chapecoense quanto o CSA estão rebaixados.

Com a vitória, a Chapecoense foi aos 25 pontos. O Verdão é o 19º colocado, a 10 pontos de deixar a zona da degola. O Ceará manteve os 36 pontos, em 15º, a apenas um pontinho de entrar no Z-4.

---------------------------------

Parece bobagem eu dizer isso, mas esse 3 a 0 do Fortaleza sobre o CSA foi muito enganoso. No futebol, quando as coisas começam a dar certo...No clássico foi assim, o Ceará melhor, mas quem marcou foi o Fortaleza. Neste domingo, surpreendentemente, o CSA veio para cima e criou boas situações e até chances de gol. Não marcou. O Leão antou de falta, em contra-ataque e num levantamento. Dois gols de zagueiro. Mas valeram os três pontos Escapou, acho, e briga por sulamericana.

O Fortaleza está na 11ª colocação no Brasileiro, com 42 pontos. Para escapar de vez do rebaixamento, precisa apenas de uma vitória em cinco jogos. O CSA é o 18º colocado, com 29 pontos, e tem que vencer cinco partidas na reta final.

------------------------------------

Corinthians 0 x 0 Internacional. Jogo de doer. Até quando o Internacional vai manter jogadores como D´Alessandro e Paolo Guerrero, entre outras murrinhas que se arrastam em campo? Como é fácil enganar nesse futebol do Brasil. No Corinthians, a lista é ainda maior. Gil, Ralf, Júnior Urso e o tal do Boseli. Futebol de cegos, de loucos. Pobres torcedores. Um festival de mal construídos, de chances desperdiçadas.

Timão e Colorado fecham a rodada com 50 pontos, seis abaixo do Grêmio, derrotado em casa pelo Flamengo. Os colorados aparecem em sétimo por terem duas vitórias a mais do que os paulistas (14 a 12). O São Paulo, que empatou com o Santos, na Vila Belmiro, está em sexto, com 53. O Athletico-PR, campeão da Copa do Brasil e já garantido na Libertadores, ocupa o quinto lugar, com os mesmos 53.

-----------------------------------

E o Botafogo? Diria que, dos "grandes" que lutam contra o rebaixamento é o pior, o que tem menos recursos técnicos e, talvez, o de pior treinador. Perdeu de 1 a 0, mas o Athletico desperdiçou um pênalti (não houve) e teve outro tento anulado, mas poderia ter feito cinco, tal a fragilidade dos cariocas. Apenas seis vezes o Botafogo chegou à frente. Até quando esses treineiros e dirigentes sem qualificação vão continuar escalando e contratando ex-jogadores em atividade?

A derrota foi ruim demais para o Alvinegro, que perdeu a chance de colocar quatro pontos de distância para a zona de rebaixamento. Agora, caiu para 15º e pode perder mais uma posição caso o Cruzeiro vença o Avaí na segunda-feira. Soma 36 pontos, apenas um acima do Z-4.

-------------------------------------

A rodada de número 33 teve dois empates ontem - Fluminense 1 x 1 Atlético Mineiro e Santos 1 x 1 São Paulo. E se completa nesta segunda-feira com Vasco x Goiás e Cruzeiro e Avaí. A chance do time mineiro sair da zona de rebaixamento.

*Foto: twitter oficial do Flamengo


Uma pelada das seleções, ditas, melhores das Américas

Edmo Sinedino,

Que pelada ruim. Tirando as chances desperdiçadas pela Argentina, o pênalti batigo para fora por Jesus, um jogo de envergonhar as duas seleções apontadas como melhores das Américas. Se ainda são, não se enganem, não é por mérito de ambos, mas por falta de concorrentes.

Como não tenho nada a ver com Argentina, falo do time de Tite. Essa pergunta eu repito muito antes até do enganoso título da Copa América. Aliás, vencer torneios chinfrins para passar vergonha mais na frente tem sido a tônica desde 2006, quando aquele circo de Parreira caiu diante da França.

Como, minha gente, como, o Tite ainda insiste na seleção com jogadores como Danilo, Militão, Alexsandro, Firmino (ele pode fazer mil gols pelo Liverpool, para mim é um jogador fraco), William, Coutinho,  entre outros?

Cego, cego, ele não é. Evidente que interesses escusos continuam comandando, dando as cartas nessa podre Confederação Brasileira de Futebol que, assim como o que aconteceu com os criminosos da ditadura militar, os bandidos estão soltos gastando a grana que roubaram sem pagar seus crimes.

O pior de tudo é que, mais uma vez, um jogador que poderia ajudar o Brasil a jogar de forma mais alegre - Rodrygo -, melhor, só entrou quando faltavam 25 minutos e a equipe, batida, escapava de tomar o segundo gol.

Talentos vão passando, atuando pouco tempo, sem brilho, perdendo a confiança e, com isso, servindo de desculpas, Tite vai deixando-os de lado para manter a mesma turma perdedora.

Até quando essa palhaçada de mudança nenhuma, de reformulação nenhuma? Até quando essas invenções, como a desse centroavante gigante que entrou em campo sem qualquer qualificação para ser selecionado?

Por quanto tempo ainda vamos ver empresários que atuam no futebol europeu, de ligações, nefastas e estreitas com essa CBF bandida, definir escalações e convocações para a seleção brasileira.

Esqueçam, tirem qualquer esperança de renovação de verdade na seleção brasileira. Se isso não aconteceu, quanto o Tite, aclamado, apoiado por quase 100% do povo brasileiro,pois ele não teve coragem, não vai ser agora, com Tite ou qualquer outro.



Quem deveria se envergonhar mais: o Tite ou o Galvão Bueno?

Edmo Sinedino,

Pobre seleção brasileira!

Pobre futebol brasileiro, onde um imbecil que nada entende de futebol decreta que o trenador deve ser mudado se não mudar o jeito de jogar.

Eu pergunto: o que o Galvão Bueno entende de futebol para querer se meter  no comando técnico da seleção? Já sei, ele deve dizer que fala em nome do povo brasileiro.

O pior é que quase todos os portais, até mesmo os que não são do grupo Globo, repercutem essa idiotice do Galvão Bueno.

Não se surpreendam, não se enganem, esse time de Tite, esse jeito de jogar do Tite nada mais é o fruto mais bem acabado do que se tornou o futebol do Brasil comandado, em todas as esferas, pela Rede Globo de Televisão em parceria com a CBF.

Nelson Piquet já mandou esse energúmeno calar a boca quando o assunto é automobilismo, mesmo assim ele não cala, e segue sendo guru de muitos patetas que acompanham, ou acompanhavam, a Fórmula 1.

Quando o assunto é futebol, fico me perguntando todos os dias, como essa rede do Galvão consegue ser campeã de audiência?

Como as pessoas suportam um time de completos idiotas que, não comentam futebol, mas falam de acordo com o resultado?

Até um dia desses, essa seleção medíocre, de Daniel Alves craque do torneio, foi campeã da Copa América. Tudo lindo e maravilhoso.

 Esse jogador meia-boca veio para o São Paulo fazendo exigência e ganhando um salário astronômico, como se fosse assim um Zico, um Tostão, um talento que mudasse histórias de jogos.

Esses mesmos patetas que querem mudança de técnico e de jeito de joga passaram programas inteiros elevando murrinhas à condição de deuses por conta de um título chinfrin e enganoso.

O idiota maior Galvão Bueno não tem o direito e nem conhecimento para pedir mudança de forma de jogar e muito menos de treinador, o povo do Brasil é que precisa aprender a pensar por si e deixar um monte de idiota o teleguiar.

Que o Brasil precisa de mudança todo mundo sabe, só que não é só mudança de treinador, é muito mais que isso. Precisamos mudar leis, presidente da CBF e toda a cúpula, prendê-los até, presidentes de federações, dirigentes de clubes, treinadores de futebol.

Encerrar essa palhaçada de uma entidade formadora de profissionais que promovem o atraso, o futebol feio, retranqueiro, covarde, tal qual apresentado por Tite hoje.



Primeiros reforços do Santa Cruz

Edmo Sinedino,

O Santa Cruz de Natal divulgou, neste início de semana suas primeiras contratações para o Campeonato Potiguar 2020. Tratam-se do retorno do zagueiro Jadson, de 19 anos, que teve uma passagem pelo Sub-20 do Palmeiras e que estava disputando a segunda divisão do Campeonato Potiguar pelo Alecrim, do volante Bebeto, de 22 anos, que atuou pelo  Globo FC na Série C do Brasileirão e confirmou a vinda do zagueiro/volante Eberson,26 anos,que vem do Rio de Janeiro por indicação do treinador Léo Goiano.

A reapresentação do Santa Cruz será no dia 02 de dezembro. 

O Tricolor de Natal estreia no Campeonato Potiguar, contra o Potiguar de Mossoró, fora de casa.



Brasil vira para cima da França e está na final; Gabriel Verón marca gol de empate

Edmo Sinedino,

Deu Brasil na semifinal contra a França no Mundial Sub 17. Quebram-se as correntes dos tabus em jogos contra os azúis e desta vez com a participação decisiva do potiguar Gabriel Veron, ele marcou gol de empate, o Brasil perdia por 2 a 1, e já havia, sem ser um jogador alto, ganho a disputa de bola de cabeça possibilitando o passe para que a bola depois ao Kaio Jorge.

 Lázaro marcou o gol da virada, aos 43. O Brasil vai enfrentar o México em busca do tetracampeonato na final de domingo, às 19h (horário de Brasília), também no Bezerrão.

Uma partida de muita emoção, como sempre acontece quando se enfrentam Brasil x França. Tudo parecia caminhar para a repetição das derrotas brasileiras, mas a meninada foi heróica e, mesmo depois de estar perdendo de 2 a 0, conseguiu a virada espetacular no segundo tempo.

A vitória diante de 13 mil torcedores no Bezerrão levou a seleção para sua sexta decisão na história do torneio. O Brasil vai enfrentar o México em busca do tetracampeonato na final de domingo, às 19h (horário de Brasília), também no Bezerrão. A Nigéria, já eliminada, com cinco títulos, é a maior ganhadora da categoria.



Em partida histórica, Flamengo e Vasco empatam de 4 a 4

Edmo Sinedino,

Um placar impensável. Muita gente pode ter cravado até mesmo o “4” do lado de cá, juntinho do nome Flamengo, mas nunca do lado de lá, do Vasco. Mas foi assim esse jogão histórico, 4 x 4, para fazer bater mais fortes os corações dos torcedores das duas maiores torcidas do Rio de Janeiro nesta quarta-feira, no Maracanã, em partida antecipada da 34ª rodada.

Uma partida de duas viradas, oito gols, 11 cartões, grandes jogadas e a emoção, garra, determinação se sobrepondo inclusive ao talento, tendo inclusive o normalíssimo estranhamento, empurra-empurra e começo de briga no final. Claro, evidente que o Vasco de Luxemburgo sai mais feliz e fortalecido do clássico, mas isso não quer dizer que o time de Jesus mereça menos aplauso.

Na verdade, a gente espera que o treinador vencedor Wanderley Luxemburgo tenha, de uma vez por todas, aprendido a lição e saiba valorizar essa nova chance que lhe caiu no colo por intermédio desse, até então, medíocre time do Vasco. E não é. Volto a repetir aqui: o mal do futebol do Brasil é falta de treinador.

Tenho certeza que outros clubes de péssima campanha do Brasileiro sofrem do mesmo mal: falta de um treinador que conheça, de verdade, a profissão e que não seja apenas mais um seguidor dos ensinamentos do Carlos Alberto Parreira do anti-jogo.

Quem sabe, Jesus, Luxemburgo, Renato Gaúcho, quiçá, outros possam entender de uma vez por todas que o torcedor espera de um espetáculo de futebol o que o Flamengo vem apresentando, o que apresentaram hoje o Flamengo e o Vasco no templo do futebol mundial.

Com o resultado, o Flamengo chega aos 78 pontos na liderança do Campeonato Brasileiro. Já o Vasco alcançou os 43. Na próxima rodada, o Rubro-Negro visita o Grêmio, domingo, em Porto Alegre. O Cruz-Maltino recebe o Goiás, na segunda-feira, no Rio de Janeiro.

Os gols foram de Bruno Henrique (2), Everton Ribeiro e Danilo Barcelos (contra) para o Fla; e de Marrony, Yago Pikachu, Marcos Júnior e Ribamar, aos 47 do segundo tempo, para o Vasco.

Público/Renda: 47.838 pagantes/52.757 presentes/R$ 3.061.381,00






O desmoralizado "comentador", sem jabá, continua a atirar contra Judas Tadeu e Leonardo Arruda

Edmo Sinedino,

O canalha emissor de cheques sem fundos, aquele mesmo que queria vender o terreno sem o conhecimento do próprio pai, aquele mesmo desmoralizado, mentiroso, demitido por  inventar notícias, o que já era de praxe, mas depois foi confirmado por conta de sua burrice, o “comentador” do “mais do mesmo”, que nunca soube nada de futebol, não tem jeito, ele não deixa os dirigentes que lhe negaram “jabá” em paz.

O crápula do “na realidade”, deve estar numa abstinência séria de cruzeta, trapaças, canalhices, mentiras e conchavos com bandidos travestidos de empresário, como o último que passou por Natal, que afundou o clube e mesmo assim ele o defendia todos os dias. Sem espaço, mesmo tentando bajular atual direção, volta, sempre, suas baterias da difamação e falsidade contra Leonardo Arruda e Judas Tadeu.

Não sabe que quanto mais um tipo desqualificado como ele fala mal, a pessoa atingida, ou pessoas, se fortalece. Acostumado a só conseguir empregos, ou sub-empregos, na base da canalhice, mentira, leviandade e toda espécie de trairagem, acha que todos são iguais. O verme que não tem o respeito sequer dos seus próprios familiares, apodrece cada dia mais desmoralizado e esquecido.

Ainda mais agora que, auditoria no clube revelou, oficialmente que o último período de contas ajustadas no ABC foi justamente quando Judas Tadeu ainda era presidente. O pústula deve ficar pra morrer. Adoeço, quando vejo esse sabujo repugnante defendendo Lula. Meu Lulinha não merece a defesa desse biltre.



Picaretas, falsos pastores, dando golpes no futebol

Edmo Sinedino,

falsos123_09As pessoas acham que não, mas ainda existe muita gente inocente no futebol. Isso mesmo, até presidente de clubes tradicionais, centenários se tornam presas fáceis. O canalha, embusteiro, sabendo disso, se achega, joga uma conversa bonita, bíblia ensebada nas mãos, se dizendo pastor, manchando o nome de pastores decentes que existem, e joga sua conversa fiada, desfia seu rosário de mentiras.

O dirigente, de boa índole, acredita. Ele diz que vai montar uma equipe Sub 23 top. E que em pouco tempo vai formar uma base para que o profissional não precise gastar tanto em contratações. O ideal de todo mandatário. Vários contratos são feitos, inclusive o do picareta. O clube fica refém do bandido travestido de treinador e de empresários de seus “craques”.

O golpe está dado. Nesse caso específico me refiro a um bandido conhecido. O safado já deu golpes em outras praças, mas não sei, talvez com a interferência do belzebu, capeta, demo, diabo,coisa ruim, chifrudo, que anda do lado deles, só pode, continua a enganar a boa fé de pessoas com um nível de inteligência, não se enganem, bem elevado.

O patife, pústula, nada sabe de futebol. Se diz treinador, mas não consegue diferenciar o que seja um atacante de um defensor. Vive de decorar textos para, nas entrevistas, enganar, também, os trouxas da imprensa, e assim vai seguindo. Costuma de aproximar de inexperientes profissionais e jogar seu repetitivo papo furado na tentativa de angariar aliados e elogios.

Aqui em Natal já é bem a segunda ou terceira vez que esse estelionatário dá golpe. Já esteve em Mossoró. Como eu gostaria de dizer seu nome, sacudir um aviso contra esse bandido enganador, mas, infelizmente, esse tipo de coisa é feita sem que se deixe rastros e não posso provar o que todo mundo sabe.

Um clube já endividado, em crise, ainda tem somar um prejuízo de mais de R$ 200 mil reais. Resultado nenhum, jogador algum sequer servindo para ficar na reserva na temporada que se inicia. Uma lástima! E não se enganem: ele não está só. Pelo bem do futebol, desconfie desses crápulas enfatriotados com seus paletós bolorentos e fora de moda que, com a bíblia na mão, conseguem enganar muita gente misturando, de forma exagerada, futebol e religião.

Não generalizemos, pois existe, também, gente boa falando de Deus e ensinando futebol.



Natalense é capitão da equipe do Portimotense, em Portugal

Edmo Sinedino,

jadson123_09Jadson Cristiano Silva de Morais, 28 anos, defensor do Portimotense de Portugal, capitão da equipe, teve passagem pelas bases do América (sempre América). Na época, atacante, não foi aproveitado.

Jadson resolveu aceitar um convite para atravessar o Atlântico e conseguiu seu espaço numa equipe da primeira divisão da Liga Portuguesa. Tudo bem, sua equipe não está bem na competição, mas é Primeira Divisão.

Em Natal, antes de tentar a sorte chegou a trabalhar como terceirizado no RN Econômico. As informações me foram passadas pelo meu amigo de infância, Fernando Quintiliano, que foi companheiro de trabalho da mãe do atleta.

Vai somando aí, e imaginem quantos “Jadsons” nós já perdemos, e continuamos a perder por falta de apoio e investimento em nossas bases.

*Foto: Catarina Morais/KAPTA +


Técnico Francisco Diá foi observar atleta que disputa Supermatutão

Edmo Sinedino,

O técnico Francisco Diá, do ABC, acompanhado do dirigente Fred Menezes, se deslocou até Santa Cruz para assistir uma partida do Supermatutão entre Santa Cruz x Jardim de Piranhas. A observação de um volante foi o motivo da viagem.

O jogador em vista, segredo, atua de volante e, segundo informações, teria sido grande destaque da equipe na rodada passada, o que levou-o a ser indicado. O treinador alvinegro disse que, infelizmente, o atleta jogou em outra posição na partida de hoje.

Treinadores. É o que sempre falo aqui. Bom, não sei se o interesse continua, se a viagem não foi em vão. Outros atletas que disputam a competição também estão na agenda para serem analisados.

Como já escrevi em postagem anterior, o alvinegro está em busca de mais dois atacantes - fixo e de velocidade - e mais um ala.



Matuzalém declara que poderia sim jogar em Natal

Edmo Sinedino,

matuza123_09Aos 39 anos, Francelino Matuzalém da Silva, natural de Natal, com uma enorme carreira no futebol da Europa, mais notadamente na Itália, além de passagens por seleções de base do Brasil - Sub e Sub 20 -  meia que lembro dele jogando na Escolinha do América com Maurício Maerterlinck, e depois no Força e Luz, sob o comando de Francisco Diá, declara que topa jogar em ABC ou América.

Nos idos de 1995, acho, Matuzalém foi visto pelo Flamengo e viajou ao Rio depois de defender o Força e Luz. Maurício Maeterlinck, seu empresário na época,  o levou. Lá, foi aprovado nos testes, ficaria, mas voltou a Natal no final da temporada. A direção do clube carioca não mandou a passagem para ele se apresentar, perdeu.

Em Natal, Matuzalém participou de "peneirão" do Vitória, que tinha no comando o dirigente Newton Mota (que revolucionou as bases da equipe). Em Salvador, o potiguar ficou menos de duas temporadas e começou sua história no futebol da Europa, depois de participações nas seleções de base do Brasil.

Belinzona, Suíça foi seu primeiro clube, apenas uma escada. Napoli,Piacenza, Parma, Brescia, saída para a Ucrânia, o Shakhtar Donetsk, onde fez 138 partidas e marcou 35 gols; depois o Zaragoza, Espanha, de novo a Itália, Lazio, Genoa, Bologna e Verona. Suas últimas temporadas foram nos Estados Unidos, no MIami FC.

Acho que a questão não é saber de algum dos clubes tem interesse no jogador, mas sim se terá condição de pagar seus salários que, mesmo aos 39 anos, ainda deve ser muito distante de nossa realidade atual.



América anuncia mais dos reforços para a temporada de 2020

Edmo Sinedino,

A diretoria do América anunciou mais dois reforços para a temporada de 2020.  O Ala esquerda Michael, que já havia sido noticiado, mas não confirmado, e o zagueiro Nilo.

O ala, 25 anos,  disputou a última Série C pelo Ferroviário de Fortaleza.

O zagueiro canhoto Nilo, de 28 anos, chega para disputar vaga no time titular com Adriano Alves, Alisson Brand e Geninho. 

O atleta estava no Lajeadense-RS onde disputava, até o dia 24 de outubro, a Copa RS. O jogador atuou em 10 jogos e marcou dois gols.

Os atletas chegam a Natal no próximo dia 19 para iniciar a pré-temporada junto com o grupo alvirrubro.

Michael

Nome completo: Michael Heberth Alves de Oliveira

Data de nascimento: 17/02/1994 (25 anos)

Naturalidade: Belo Horizonte/MG

Peso/altura: 75kg/1,81cm

Posição: Lateral esquerdo

Clubes por onde passou: América-MG (2013-2014), Ipatinga-MG (2015), Democrata-MG (2015), Coimbra-MG (2016-2017), Mamoré-MG (2017), Patrocinense-MG (2018), Atlético Muriaé-MG (2018), Taubaté-SP (2018), CRAC-GO (2019) e Ferroviário-CE (2019).

Nilo

Nome completo: Nilo Eduardo Rodrigues Perpetuo de Oliveira

Data de nascimento: 07/02/1991 (28 anos)

Naturalidade: Belo Horizonte/MG

Peso/altura: 82kg/1,90cm

Posição: Zagueiro

Clubes por onde passou: América-MG (2009-2010), Corintians-RN (2011), Francana (2011), América TO-MG (2012), Minas Bocas-MG (2013), Villa Nova-MG (2014), Araxá-MG (2015-2018), Atlético Tubarão-SC (2015), Tricordiano-MG (2016), Macaé-RJ (2016), Uberlândia-MG (2017), Patrocinense-MG (2018), CRAC-GO (2019) e Lajeadense-RS (2019).

*Site oficial do América

1-20 de 9786