Um parasita ensinando a amebas a zombar de vírus

Carlos Alberto,

Me apropiei de uma brincadeira, embora que mórbida, que vi nas redes sociais onde dizia que "o Brasil virou um estudo sobre biologia: um parasita - no caso o presidente Bolsonaro - ensinando a amebas - os fanáticos por ele - a zombar de vírus - a Covid - 19, para demonstrar a minha total indignação com o comportamento, diria, até desumano do presidente da República.

Primeiro, Bolsonaro considera o coronavírus uma "gripezinha". Depois conclama os brasileiros a irem pra rua, contrariando o próprio ministro da Saúde, Henrique Mandetta, que reafirmou neste sábado (28), a sua posição quanto ao isolamento social neste momento agudo que o Brasil atravessa no enfrentamento ao coronavírus. Em seguida, de maneira estapafúrdia, Bolsonaro lança uma campanha intitulada "O Brasil não pode parar", que custaria R$ 4,8 milhões aos cofres públicos, dinheiro esse pago pelo contribuinte e que poderia ser empregue na saúde, e que só não foi viabilizada porque o Ministério Público Federal solicitou que a Justiça suspendesse.

Achando pouco, Bolsonaro declarou na sexta-feira (27) que “alguns vão morrer” pelo novo coronavírus, mas não se “pode parar uma fábrica de automóveis porque tem mortes no trânsito”, voltando a afirmar que a Covid-19, doença causada pelo coronavírus, era uma “gripezinha”.  .  Insensato, é o mínimo que se pode dizer de uma pessoa que não tem a mínima consideração pelo próximo.

Não a toa a revista científica The Lancet, uma das mais respeitadas do mundo entre os cientistas, pulicou um artigo no qual critica as respostas de alguns governos que não foram rápidos ao exigir o isolamento da população devido ao coronavírus Sars-CoV-2. O único presidente citado diretamente foi Jair Bolsonaro. 

Acesse o blogdobarbosa, 12 anos no ar sempre em defesa da democracia e da liberdade de expressão, clicando no link http://www.blogdobarbosa.jor.br

A+ A-