Sem mimimi e sem frescura Capitão!

Carlos Alberto,

Sem mimimi e sem frescura a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, do PT, com determinação e responsabilidade está adotando todas as medidas necessárias para conter o avanço da pandemia no estado, conforme já disse no novo espaço criado no blogdobarbosa, o BB News TV. Clique aqui para ver e ouvir.

Não faz tanto tempo assim, a governadora utilizou a sua conta nas redes sociais para afirmar que o seu objetivo como governadora é proteger a vida e a saúde do povo. "Não se pode, de maneira nenhuma, deixar que qualquer divergência de natureza política, ideológica ou eleitoral, tire o nosso foco que é cuidar da saúde da população”, um recado direto ao presidente Jair Bolsonaro que é radicalmente contra as medidas que vêm sendo adotadas pelos governadores contra a pandemia do coronavírus.

"Se precisar endurecer mais as medidas, faremos, mas lockdown sem proteção social não se sustenta", disse a governadora Fátima Bezerra, tranquilizando os mais pessimistas que acham que o governo Fátima adota estas medidas por bel prazer. Não, Srs, o governo também deixa de arrecadar impostos quando o comércio fecha mais cedo, quando bares e restaurantes têm seus horários de atendimento reduzidos e quando shoppings deixam de funcionar. Enfim, o prejuízo na economia também bate na conta do governo, é preciso deixar isso bem claro principalmente para os negacionistas de plantão.

No entanto, o governo Fátima Bezerra, é bom ressaltar mais uma vez , preza pela saúde e vida da população acima de tudo. Tanto é assim que quando surgiram os primeiros casos de Covid-19 no Brasil, em janeiro de 2020, o Rio Grande do Norte foi o primeiro estado a lançar mão de um Protocolo Sanitário. O documento fala sobre como diagnosticar, os critérios de internação e precauções de contato. Também foi criado o Portal da Transparência Covid, para que a sociedade saiba como estão sendo aplicados os recursos destinados a pandemia com acompanhamento, inclusive, do Ministério Público Estadual.

Quanto a cobrança de que o governo não instalou um hospital de campanha, é bom esclarecer que o governo do estado chegou a promover uma chamada pública, salvo engano, republicada em três ou quatro ocasiões, mas que pelas propostas das empresas que se apresentaram, com valores acima da realidade, o governo optou por fazer um contrato com a Liga-Norteriograndense contra o Câncer que é uma unidade hospitalar filantrópica.

Além disso, ao invés do Hospital de Campanha a ser instalado em Natal e que só iria atender a demanda da Região Metropolitana, a governadora optou por instalar leitos de UTIs para tratamento de Covid na rede pública hospitalar do estado, totalizando hoje mais de 600 leitos, que se não fosse isso a saúde, tanto pública quanto privada, no Rio Grande do Norte já estaria totalmente colapsada.

Portanto, é bom que os negacionistas tipo o Capitão deixem de mimimi e frescura e colaborem para que os decretos governamentais sejam cumpridos para proteger a saúde deles, dos familiares, dos amigos e, claro, de todos nós.

A conferir!

Acesse o blogdobarbosa, 13 anos no ar sempre em defesa da democracia e da liberdade de expressão, clicando no link http://www.blogdobarbosa.jor.br

A+ A-