Os ignóbeis e a boiada desprezam a democracia

Carlos Alberto,

Os ignóbeis de plantão seguidores do Messias desprezam a democracia tão duramente conquistada. Racismo, preconceitos, obscurantismo, negacionismo, ignorância, raiva, ódio, desprezo pela dor humana, homofobia, criminalização dos pobres, assassinatos, fazem parte do universo macro de uma parte da sociedade brasileira, como também de muitas relações familiares no atual contexto político-social que o Brasil vive, como bem colocou a socióloga Márcia Moussallem, em artigo publicado no Jornal GGN , do jornalista Luís Nassif.

Não se concebe que numa democracia grupos raivosos ardentes de vingança afrontem os Poderes constituídos, caso do Supremo Tribunal Federal e do Congresso Nacional, ou que invadam hospitais sobre o pretexto de fiscalizar se alí tem doentes infectados por uma pandemia que assola o mundo e que no Brasil não é diferente. Estas pessoas sofrem de transtorno psicótico causados pelo ódio, talvez um mal maior ou tão igual ao coronavírus.

Não à toa são comparados a uma boiada guiada pela toada de um "Messias" que disse que veio para acabar com a corrupção no Brasil e com a "velha política" do toma lá da cá, mas o que se ver é tudo ao contrário do que dissera em campanha. Acuado pelas denúncias contra o seu governo, o Messias apelou para o toma lá da cá tão "combatido" por ele para tentar evitar um possível impeachment no Congresso Nacional, recriando até ministérios para alojar políticos do chamado "Centrão", que em outras palavras significa oportunistas de carteirinha.

Mais essa mesma boiada de ignóbeis com transtornos psicóticos, leva ao pé da letra o que o Messias diz e o defende com unhas e dentes como se ele fosse um líder messiânico no comando de uma seita. Uma seita que está levando o Brasil a bancarrota e a um cenário mórbido de muitas mortes e sofrimento que atinge uma grande parcela da população brasileira.

A cada dia ou semana vemos o Brasil virar uma anarquia onde autoridades são achincalhadas até por ministros de Estado e nada, absolutamente nada, se faz de concreto para se dar um basta nesta situação. O que se ver a cada ato estapafúrdio do Messias e de seus asseclas e seguidores, são discursos retóricos como resposta de líderes de entidades representativas da sociedade e dos Poderes - Judiciário e Legislativo - sem nenhuma ação efetiva capaz de dar um fim na caótica situação em que se encontra este Brasil varonil.

Vamos esperar até quando pra todo esse pandemônio acabar? Não bastasse a pandemia na saúde, em que brasileiros estão indo a óbito, e o Messias diz se tratar apenas de uma "gripezinha", temos que conviver com uma crise institucional no país que a cada dia se agrava mais.

Basta!

Acesse o blogdobarbosa, 12 anos no ar sempre em defesa da democracia e da liberdade de expressão, clicando no link http://www.blogdobarbosa.jor.br


A+ A-