O povo referendou o prefeito Álvaro Dias a ficar mais quatro anos na prefeitura do Natal

Carlos Alberto,

 O candidato a prefeito do Natal, pelo PSDB, Álvaro Dias, foi eleito neste domingo (15) já em primeiro turno. O povo referendou o prefeito candidato a reeleição a ficar mais quatro anos a frente da prefeitura do Natal. Resta agora Dias cumprir com os compromissos assumidos em campanha.

Numa eleição atípica em meio a uma crise sanitária com a pandemia do coronavírus, o que levou a um alto índice de abstenção, e que prejudicou principalmente as campanhas de seus adversários, Álvaro Dias ainda levou a vantagem de permanecer no cargo sem precisar se licenciar - uma coisa que precisa ser revista pela justiça eleitoral - possibilitando assim a ele o uso da máquina governamental.

O único debate que houve foi o da Band e o prefeito não compareceu, e sem o corpo-a-corpo o prefeito-candidato foi beneficiado, sobretudo, pelo fato dos outros candidatos não terem oportunidade de uma maior exposição na mídia como o prefeito. Hora era a propaganda eleitoral, hora era a propaganda oficial da prefeitura. Não precisava nem ir as ruas.

Contudo, o resultado da eleição mostrou que a democracia ganhou com o candidato do PT, Jean, ficando em segundo lugar superando o candidato bolsonarista, delegado Sérgio Leocádio (PSL), que fez uma campanha agressiva bem ao estilo de Jair Bolsonaro. O Brasil está acordando pra realidade. As eleições municipais servirão como termômetro para as eleições presidenciais em 2022.

O "derretimento" do bolsonarismo, que se reflete no fracasso dos candidatos apoiados por Jair Bolsonaro (sem partido), é o principal significado político das eleições municipais 2020. Essa é a interpretação de comentaristas que conversaram com o Brasil de Fato, com a Rede Brasil Atual e com a TVT ao longo das transmissões deste domingo (15) de votação.

A conferir!

Acesse o blogdobarbosa, 13 anos no ar sempre em defesa da democracia e da liberdade de expressão, clicando no link http://www.blogdobarbosa.jor.br

A+ A-