Não é mágica, é gestão mesmo

Carlos Alberto,

Dias atrás a governadora do Rio Grande do Norte, professora Fátima Bezerra, do PT, publicou um artigo no jornal Tribuna do Norte sob o título: Não é milagre, é gestão". Agora, quando o seu governo completa mil dias, é hora de dizer "Não é mágica, é gestão mesmo".

Muitos podem até discordar, mas a gestão da professora Fátima Bezerra está fazendo o diferencial a começar por colocar o salário em dia do funcionalismo público, pago dentro do mês desde o primeiro dia de seu governo. O que uns dirão, certamente: mas isso é obrigação de todo governo! Concordo, só que os últimos governos não fizeram a lição de casa e atrasaram o pagamento dos servidores públicos. Ressalte-se que se não fosse o salário em dia dos servidores, coisa sagrada, a crise pandêmica da Covid-19 no estado poderia está bem ´pior.

Devo dizer ainda que a gestão Fátima Bezerra vem cumprindo com os compromissos assumidos em campanha, tais quais o próprio salário em dia, o pagamento do passivo atrasado do governo Robinson Faria - pai do ministro das Comunicações, Fábio Faria, ´ -pretenso candidato ao Senado que vive a plantar fake news contra o governo petista -, ressaltando que parte desse passivo já foi liquidado e outra parte já tem agenda para pagamento, retomada das obras deixadas por governos passados, como o hospital da Mulher em Mossoró, a reforma do Teatro Alberto Maranhão, reforma do Papódromo, reforma de escolas, etc e tal.

Na área da saúde, que pra mim Fátima Bezerra pode ser considerada a "governadora da Saúde", a petista equipou os hospitais da rede pública estadual com UTIs para pacientes covid que, como bem disse em entrevista à InterTV Cabugi, a promotora da Saúde, Iara Pinheiro, aos UTIs covid servirão como um legado para a rede pública hospitalar do estado. Saliente-se que Iara Pinheiro fez essa declaração na semana em que a governadora decidiu trocar o hospital de Campanha a ser instalado em Natal e que só serviria a pacientes covid da Grande Natal, por instalar as UTIs no interior.

A gestão Fátima Bezerra tem sob controle o combate a pandemia, colocando o Rio Grande do Norte sempre numa situação estável em números de casos registrados e de óbitos, além de intensificar a vacinação, conforme noticia sempre o Consórcio de Mídias, tendo sido o primeiro estado da Federação a implantar um Protocolo Covid logo no início da pandemia, tão logo foram registrados casos no Brasil.

Ainda sobre o combate à pandemia, no início de agosto último, o secretário executivo-adjunto do Ministério da Saúde, Alessandro Vasconcelos, ao participar, em Natal, de uma reunião para avaliar o cenário atual da pandemia no Rio Grande do Norte, elogiou o trabalho do governo Fátima e disse ter orgulho de ser potiguar. “Acompanho de perto o Regula RN e o caminho de reestruturação, o acompanhamento do fluxo de pacientes e o uso racional de recursos do estado do Rio Grande do Norte salvou muitas vidas. Tenho muito orgulho do meu estado. Tenho muito orgulho de saber que minha família é cuidada por vocês, sei que estão em boas mãos”, observou.

Fátima Bezerra também cumpre outro compromisso de campanha que foi o de instalar nas regiões do estado os consórcios interfederativos de saúde. Projeto exitoso instalado no vizinho estado do Ceará. Os primeiros a serem implantados serão em Açu, na Região do Vale, e em Caicó, Região Seridó. Em novembro do ano passado, a governadora sancionou a lei que institui e disciplina os Consórcios Interfederativos de Saúde no Rio Grande do Norte (Lei nº 10.798/2020), proposta pela administração estadual e aprovada pela Assembleia Legislativa.

Mas não só na área da saúde a gestão Fátima Trabalha. O maior programa para reestruturação e fortalecimento da educação no Rio Grande do Norte foi lançado pela governadora professora Fátima Bezerra. O “Programa Nova Escola Potiguar” reúne várias ações estruturantes que iniciam um novo momento da educação estadual. O investimento será de R$ 400 milhões em construção física de novas escolas, reformas, aquisição de equipamentos, capacitação e formação continuada dos educadores, e redução do analfabetismo.

A governadora Fátima Bezerra lembrou que a melhor forma de homenagear o educador Paulo Freire, que se vivo fosse teria completado 100 anos, foi com o projeto da Nova Escola Potiguar – a criação dos institutos estaduais de educação profissional, tecnologia e inovação do Rio Grande do Norte, os IERNs. Um investimento que reúne um conjunto de ações estruturantes que marcarão um novo momento da educação estadual no RN – assim como o foi quando lutou incansavelmente pela implementação dos IFRNs no Estado.

Enfim, o espaço não caberia para dizer das tantas ações que o governo da petista Fátima Bezerra tem feito pelo Rio Grande do Norte e em benefício do povo potiguar. São inúmeros os projetos nas áreas social, econômica e política. Daí repetir, sem medo de ser feliz, que, "Não é mágica, é gestão mesmo" .

Em tempo: veja e ouça o meu comentário sobre o assunto no BB News TV no blogdobarbosa e no Canal YouTube clicando aqui


A+ A-