Governo que pensa nos desassistidos, nos servidores e na saúde da população

Carlos Alberto,

Os incautos que me perdoem, mas a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), em que pese as dificuldades financeiras encontradas, sobretudo pela pandemia, pensa nos desassistidos, nos servidores e na saúde da população. Não à toa, ela que é candidata à reeleição, desponta com certa margem de folga nas pesquisas de intenção de voto para o governo do estado.

Na semana passada, por exemplo, a governadora Fátima Bezerra tomou ao menos três medidas que corroboram com o que eu digo. Anunciou que o governo do estado fará a distribuição gratuita de absorventes para estudantes de baixa renda de escolas públicas da rede estadual de ensino e mulheres em situação de vulnerabilidade extrema, determinando aos secretários de pastas vinculadas às políticas de atendimento às mulheres e adolescentes para que implementem o mais rápido possível essa ação.

A decisão da governadora do Rio Grande do Norte ocorre menos de um mês após o presidente Jair Bolsonaro vetar a distribuição gratuita de absorvente menstrual para estudantes de baixa renda de escolas públicas e pessoas em situação de rua ou de vulnerabilidade extrema, o que reacendeu amplo debate nacional quanto à necessidade de implementação da medida que garante direitos e dignidade.

Fátima Bezerra também anunciou no Dia do Servidor, 28 de outubro, que no primeiro quadrimestre de 2022 o governo iniciará a recomposição de algumas carreiras, corrigindo distorções salariais de mais de uma década, sobretudo aquelas cujos vencimentos são os mais defasados no estado. "A nossa equipe econômica chegou a um  percentual de recomposição salarial de 15% e essa medida beneficiará mais de 35 mil servidores e servidoras, ativos e inativos", observou a governadora.

Preocupados com o aumento da taxa de ocupação de leitos em todo o estado do Rio Grande do Norte e também o aumento de casos Covid, representantes da sociedade e o governo se reuniram e escreveram uma nota conjunta com medidas preventivas importantes no combate à pandemia, sob o comando da governadora Fátima Bezerra. O indicador composto, parâmetro utilizado para dar cor ao mapa do RN tem mostrado o estado mais amarelo e isso é um sinal de alerta para o governo.

Pra finalizar, a governadora Fátima Bezerra foi convidada para participar da 26ª Conferência das Nações Unidas em Glasgow, na Escócia, para falar sobre democracia, gênero e energias.

Ressalte-se que nunca na história política do Rio Grande do Norte um governador (a) foi convidado (a) para participar de um evento de tamanha importância. 

Em tempo: o assunto é objeto também do meu comentário no BB News TV no blogdobarbosa e no Canal YouTube. Confira clicando aqui

Acesse o blogdobarbosa, 14 anos no ar sempre em defesa da democracia e da liberdade de expressão, clicando no link http://www.blogdobarbosa.jor.br

A+ A-