Fátima ainda não bateu no teto

Diógenes Dantas,

fatima_carreata_370A pesquisa “Retratos da Sociedade Potiguar”, do instituto Certus em parceria com a Federação das Indústrias, mostra algumas tendências.

Para o governo, Fátima Bezerra ainda cresce nas intenções de voto, rompendo a barreira 30% na pergunta estimulada.

No voto espontâneo, ela dobra o porcentual de citações. Uma boa notícia para os petistas. A meu ver, Fátima ainda não bateu no teto das preferências.

Dá para ganhar no primeiro turno? Ainda não é possível vislumbrar isso, mas há quem se anime com a possibilidade no entorno da campanha do PT.

Carlos Eduardo Alves se manteve estável no segundo lugar da série de pesquisas da Certus. Obteve o mesmo porcentual de julho. Essa aparente estagnação do ex-prefeito de Natal em agosto acendeu o sinal de alerta na campanha do pedetista.

Já Robinson Faria registrou um pequeno crescimento na comparação dos números de julho e agosto. Mas cresceu. É o que importa para os governistas.
Outros levantamentos já apresentam números mais auspiciosos para governador em candidatura à reeleição. 

O problema de Robinson está no quesito rejeição. Ele tem o triplo dos porcentuais de Carlos Eduardo e de Fátima Bezerra.

No que diz respeito ao Senado, Capitão Styvenson, o cavaleiro solitário da Rede, se consolida na disputa, e caminha fortemente para ficar com uma das vagas. Por pequena margem nas intenções de voto, ele já supera Garibaldi Filho.

O segundo lugar de Garibaldi é ameaçado por duas candidaturas: Zenaide Maia, que recuperou o fôlego, e Geraldo Melo.

Geraldo me dizia há um tempinho atrás que se o capitão crescesse na pesquisas, ele seria o principal prejudicado.

Parece que o ex-senador tinha razão quando fez o comentário. Geraldo perdeu terreno entre as pesquisas de julho e agosto.

Estamos no início de setembro. Propaganda no ar. Partidos e coligações tradicionais têm mais espaço na TV e no rádio, coisa que a Rede de Styvenson não tem. A esperança de Geraldo reside aí.

Veja aqui pesquisa da Certus na íntegra.

DD.

Tags: Certus Fátima Bezerra Fiern
A+ A-