Prefeitura de Natal lança aplicativo para monitorar trânsito

Diógenes Dantas,
Nominuto.com
Newton Filho, técnico da STTU, ferramenta possibilita, por exemplo, a visualização de todo um corredor de tráfego em vários pontos da capital.

Orientar o cidadão natalense e aqueles que visitam a nossa cidade em relação às condições de trânsito nas principais avenidas e ruas da capital potiguar. 

Esse é o objetivo do Monitore Natal, sistema lançado pela Prefeitura do Natal e criado e operado pela Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU). 

O serviço já pode ser acessado através do link: http://sttu.gtrans.com.br/ ou pelo aplicativo para Android no Google Play e Apple Store para IOS. No site da Prefeitura também é possível o acesso.

Ao acessar o site ou o app, o usuário visualiza um mapa com todas as câmeras e, ao clicar sobre o local desejado, passa a assistir as imagens ao vivo e em tempo real, com acesso, inclusive, a um mosaico utilizando quatro pontos diferentes ao mesmo tempo.

Essa ferramenta possibilita, por exemplo, a visualização de todo um corredor de tráfego.

Eu conversei hoje (29) com Newton Filho, técnico da STTU, encarregado da inovação.

Confira a entrevista:


DD.


Ciclo de Carlos Eduardo na Prefeitura de Natal está perto do fim

Diógenes Dantas,
Fladson Soares/Nominuto
Prefeito Carlos Eduardo Alves deve anunciar candidatura ao governo estadual no dia 6 de abril, véspera do prazo final de desincompatibilização.

O ex-presidente Itamar Franco era notório por deixar a classe política de Minas Gerais, principalmente em Juiz de Fora, em suspense toda vez que se preparava para anunciar uma candidatura. Ele costuma ir ao limite do prazo eleitoral.

Certa vez, candidato a senador, Itamar chegou a atrasar, em uma hora, o relógio da prefeitura em Juiz de Fora para cumprir o prazo de renúncia.

Carlos Eduardo Alves não é Itamar, mas mantém todo mundo em suspense sobre candidatura ao governo.

No começo da semana, em entrevista ao RN Acontece da Band, ele me disse que estava esperando um retorno da executiva nacional do PDT para garantir recursos da campanha eleitoral.

Dinheiro que vai para o marketing, redes sociais, logística de campanha e tudo mais.

Carlos Eduardo não me revelou valores, mas o PDT tem cerca de R$ 62 milhões para repartir com a campanha presidencial de Ciro Gomes e com os candidatos ao governo.

No caso dos estados, a grana vai depender do número de eleitores em cada unidade federativa apurado em 31 de maio do ano da eleição.

Pela lei eleitoral, o limite de gastos com a campanha de governo vai variar de R$ 2,8 milhões a R$ 21 milhões.

Certamente, o gasto do PDT com o RN deverá ficar pouco acima do piso estabelecido em lei.

Carlos Eduardo Alves me disse que até o dia 4 teria uma resposta do diretório nacional, mas corre a informação que ele já tem uma resposta positiva.

Portanto, o prefeito já se comporta como pré-candidato ao governo. A renúncia é dada como certa.

Ele fará o anúncio na véspera da data limite [7 de abril]. A expectativa é que ele torne pública sua decisão na sexta-feira, dia 6.

Na prefeitura, muitos auxiliares de Carlos Eduardo Alves correm contra o tempo para agilizar processos e arrumar gavetas.

Afinal, ninguém tem certeza de continuidade na quase certa gestão do vice-prefeito Álvaro Dias.


Ver comentário na íntegra:



DD.


Dácio Galvão comemora números do Carnaval Multicultural de Natal

Diógenes Dantas,
Nominuto.com
Dácio Galvão, secretário de Cultura do município, comemorou o resultado da pesquisa sobre o perfil econômico do Carnaval Multicultural da capital.

A Prefeitura de Natal, em parceria com a Fecomércio, apresentou a pesquisa com o o perfil do público e empregabilidade durante o Carnaval Multicultural de Natal deste ano.

Os números apresentados apontam um crescimento de público de 26,7% e 52,23% a mais na movimentação financeira no período da festa, na capital potiguar. 

O público total de foliões que esteve no evento chegou a 573.654 pessoas. Ano passado, o número de presentes foi de 452.670.

Em relação aos gastos, os foliões fizeram circular na economia da cidade, R$ 61,4 milhões. 

Em 2017 esses gastos foram de R$ 40,3 milhões. 

Na festa do ano passado o investimento da Prefeitura foi de R$ 4,5 milhões, contra R$ 5,5 milhões agora em 2018. 

Os números apontam um retorno positivo do investimento público no evento.

Dácio Galvão, secretário de Cultura do município, comentou os números hoje (28) numa entrevista ao Jornal 96. 



DD.


Geraldo Melo encontra abrigo no PSDB

Diógenes Dantas,
Fladson Soares/Nominuto
Geraldo Melo voltou ao PSDB pelas mãos do presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira de Souza, voz ativa na construção política da legenda.

O ex-senador Geraldo Melo está de volta ao PSDB, legenda que comandou até o final da década de 90, e que ocupou a vice-presidência do Senado Federal.

Foram tempos áureos para Geraldo, que ele deseja resgatar em parte neste retorno ao ninho tucano.

Ainda no MDB, seu velho abrigo também, ele tentou se colocar como opção para o Senado.

Garibaldi Filho mal lhe deu uma resposta, receoso de criar problemas para ele próprio na renovação do mandato.

Aos amigos próximos, Geraldo Melo diz que retorna ao PSDB e pode ser candidato a tudo. Anda pontuando nas pesquisas para o governo e Senado. A depender do levantamento, o experiente político aparece num quarto lugar.

Para quem está afastado de mandatos há quase duas décadas, até que não está mal.

Geraldo voltou ao PSDB pelas mãos do presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira de Souza, voz ativa na construção política da legenda.

Acho pouco provável uma candidatura dele a deputado federal se formos levar em conta suas palavras de “candidato a tudo”.

Neste caso, Geraldo poderia se chocar com o projeto eleitoral de Rogério Marinho, candidatíssimo à reeleição.

Justamente Rogério, que lhe tirou o comando da legenda quando Geraldo perdeu o mandato de senador, em 2002.

Naquela ocasião, Geraldo Melo insistiu numa reeleição difícil para o Senado, em vez de garantir o mandato certo de deputado federal.

Resultado: ficou sem cadeira em Brasília, perdeu protagonismo político, foi escanteado.

Ficou como aquele político do dito popular: “Em porta de político sem mandato, nem o vento bate”.


Confira meu comentário na íntegra:




Aldemir Freire prevê crescimento de 2% para economia potiguar em 2018

Diógenes Dantas,
Fladson Soares/Nominuto
Aldemir Freire, do IBGE: saldo do emprego no RN voltou a ser positivo em 2017, e tende a se manter no mesmo em 2018.

O Rio Grande do Norte perdeu 3.570 postos de trabalho com carteira assinada em fevereiro. 

A perda acumulada no primeiro bimestre é de 4.200 empregos formais. Os dados são do Caged (cadastro geral de empregos) do Ministério do Trabalho.

Para o economista e analista do IBGE, José Aldemir Freire, não há motivo para alarme. O Estado vive sua quadra de “dispensas” que vai de dezembro a março.

“Normalmente esse período é marcado por demissões nas empresas”, explicou Aldemir.

O economista disse que o mais importante é a movimentação do emprego de junho a novembro, onde o saldo costuma a ser positivo.

“É a época da safra agrícola [da fruticultura irrigada], cana de açúcar, indústria se preparando para vender no Natal, e o comércio”, completou Aldemir Freire.

Segundo o analista do IBGE, o saldo do emprego no RN voltou a ser positivo em 2017, e tende a se manter no mesmo patamar este ano.

Aldemir Freire aposta num crescimento econômico da ordem de 2%.

Confira minha entrevista com José Aldemir Freire, do IBGE:



DD.


Carlos Eduardo Alves fala que chapa para Senado está aberta

Diógenes Dantas,
Fladson Soares/Nominuto
Prefeito Carlos Eduardo Alves informou que as candidaturas de Garibaldi Filho e José Agripino à reeleição "não são certezas".

O prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) surpreendeu muita gente ao dizer que as candidaturas de Garibaldi Filho (MDB) e José Agripino Maia (DEM) à reeleição não são certezas.

Carlos Eduardo comentava eventuais alianças durante entrevista ao RN Acontece da Band.

“Eu quero dar uma informação: Garibaldi e Agripino não são certezas [para o Senado. Eu tenho conversado com os dois”, disse o prefeito, que ainda vai decidir se concorre ao governo até 7 de abril.

A informação de Carlos Eduardo batem com os rumores dos bastidores políticos.

Depois de analisarem juntos várias pesquisas, incluindo as qualitativas, os senadores discutem cenários.

Garibaldi Filho quer o melhor para Walter Alves, seu filho. O senador do MDB também está preocupado com o financiamento da campanha eleitoral, tarefa que ficava a cargo do primo Henrique, hoje preso.

Já o senador José Agripino preocupa-se com a situação jurídica [Arena das Dunas] e o risco de ficar sem foro privilegiado. A 'rua' diz que Agripino estuda candidatura a deputado federal. Uma coisa impensável há pouco tempo.

Mas uma fonte muito próxima a ele me disse: “Nesse ponto José Agripino é pragmático. Fará o que for necessário para se manter no jogo político”.

Carlos Eduardo Alves já comentou que não tem como negar vaga à reeleição tanto para Garibaldi como para Agripino, mas sonha com uma acomodação que não passe a ideia de novo 'acordão' se confirmar sua candidatura ao governo.

O tal 'acordão' já foi derrotado na eleição de Micarla de Sousa para prefeita da capital em 2008, e na de Henrique Alves ao governo em 2014.

Uma chapa majoritária comporta por Carlos Eduardo, Garibaldi Filho e José Agripino, e uma penca de partidos, pode passar essa ideia.


Conferir comentário na íntegra:


DD.


João Amoêdo apresenta agenda liberal do Novo

Diógenes Dantas,
Fladson Soares/Nominuto
João Amoêdo, presidenciável do Partido Novo, esteve em Natal nesta segunda-feira divulgando as ideias da legenda para as eleições 2018.

O engenheiro e economista João Amoêdo, presidenciável do Novo, cumpre agenda em Natal nesta segunda-feira (26).

Na parte da manhã, ele esteve em fórum da Fiern (Federação das Indústrias), onde apresentou as ideias do Novo para o setor econômico, numa agenda marcadamente liberal.

À noite, João Amoêdo vai se reunir com jovens e filiados ao partido na Unifacex.

Amoêdo defende um Brasil mais leve, com menos impostos, mais livre e mais seguro.

Eu conversei com ele no Jornal 96. Confira!



DD.


Políticos querem fundo extra para gastar na campanha eleitoral

Diógenes Dantas,
FD/Brasília
Deputados desejam criar um fundo extra com dinheiro remanejado de ministérios e da reoneração da folha de pagamento das empresas.

Os partidos políticos estão correndo contra o tempo para aprovar um fundo EXTRA para as eleições deste ano. A informação foi publicado no Estadão do domingo.

Além do Fundo Público Eleitoral [R$ 1,7 bilhão] e do Fundo Partidário [R$ 888 milhões], os deputados desejam criar um fundo extra com dinheiro remanejado de ministérios e da reoneração da folha de pagamento das empresas. A ideia está sendo discutida na Câmara dos Deputados.

Isto é uma pouca vergonha. Isso significa mais dinheiro público para gastar na campanha eleitoral. Para bancar a festa dos políticos.

Dinheiro que falta na saúde, na educação, na segurança pública ou nas estradas.

Só para você ter uma ideia da pouca vergonha de grande parte da classe política, o dinheiro dos fundos públicos está servindo para comprar deputados até o dia 7 de abril, prazo final das filiações.

Tem cara de pau com mandato em Brasília levando de R$ 2 milhões a R$ 3 milhões para abraçar nova legenda.

O troca-troca é grande, e é bancado pelo seu, pelo meu, o nosso dinheirinho.

Fique atento. Os políticos em Brasília desejam criar mais um fundo público para gastar na campanha eleitoral. Algo precisa ser feito.


Ver comentário na íntegra:



DD.


Resultado imprevisível

Diógenes Dantas,
Nominuto.com
Felipe Maciel evitou fazer prognóstico sobre julgamento de habeas corpus preventivo de Lula no STF: "Resultado imprevisível".

O Supremo Tribunal Federal analisa hoje (22) habeas corpus que pode definir prisão do ex-presidente Lula.

A presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, agendou análise do recurso do ex-presidente depois de forte pressão política e jurídica.

O plenário da Corte de Justiça poderá definir se o petista será ou não preso após condenação em 2ª instância.

Mais cedo eu conversei com o jurista Felipe Maciel e o jornalista Sávio Hackradt sobre o tema.

Nenhum dos dois quis dar palpite sobre o veredicto dos ministros do STF.

“O resultado é imprevisível”, comentou Maciel.



DD.


STF tem seu dia de botequim

Diógenes Dantas,
Arte/Nominuto
Bate-boca entre os ministros Luís Roberto Barroso e Gilmar Mendes fechou o tempo no Supremo Tribunal Federal, parecendo briga de botequim.

O Supremo Tribunal Federal viveu ontem mais uma cena de botequim. Nada a ver com essas casas chiques e de franquias espalhadas em shopping ou endereços badalados.

De botequim mesmo, daqueles localizados na periferia, onde homens e mulheres batem boca por causa de futebol, política, sexo e, às vezes, religião.

A discussão protagonizada pelos ministros Gilmar Mendes e Luís Roberto Barroso foi uma cena "horrível, horrorosa, com pitadas de psicopatia e mal secreto", aproveitando as palavras do ministro Barroso.

Por causa de alguns de seus membros, a corte suprema virou uma fogueira de vaidades. Tem ministro que perdeu compostura há bastante tempo.

É bom lembrar que o Supremo Tribunal Federal é o guardião da Constituição, última instância da Justiça brasileira.

Se seus membros não conseguem dar bom exemplo, como o STF pode manter sua credibilidade e garantir segurança jurídica a todos, independente do poder, dinheiro ou autoridade que alguém possa ter?

É lamentável ver a Suprema Corte da Justiça brasileira entregue ao jogo político e também econômico. O cidadão comum fica com a impressão que leva quem gritar mais alto, quem pagar mais e quem tiver amigo na relatoria.

Antes das sessões do STF, recomenda-se suco de maracujá ou chá de camomila. Servem para acalmar os nervos.


Ver comentário na íntegra:



DD.


Junta Comercial digitaliza acervo

Diógenes Dantas,
Nominuto.com
Sâmya Bastos, presidente da Jucern, informou que a digitalização de mais de 3 milhões de documentos foi possível em parceria com o Sebrae.

A Junta Comercial do Rio Grande do Norte digitalizou todo seu acervo.

O arquivo é formado por mais de 3 milhões de documentos que ajudam a contar a história mercantil do Estado.

E mais: a digitalização facilita o acesso às informações de mais de 240 mil empresas registradas na Jucern nos dias atuais.

Todo o trabalho foi feito em parceria com o Sebrae.

A Junta firmou convênios com a OAB e o MPE.

Eu conversei hoje com Sâmya Bastos, presidente da Jucern.



DD.


Governo sem foco e mal avaliado, diz Fábio Dantas

Diógenes Dantas,
Nominuto.com
Fábio Dantas disse que nunca foi prestigiado do modo que o governador tem apregoado nas últimas entrevistas sobre o rompimento entre os dois.

O vice-governador Fábio Dantas tem repetido em várias declarações à imprensa, foi assim ontem (20) em entrevista a mim no RN Acontece da Band, que o “o Governo Robinson Faria está perdido, sem foco e com uma rejeição enorme”, disse.

Fábio Dantas falou ainda que Robinson não fez a gestão moderna e adequada aos novos tempos de austeridade fiscal.

Ontem, em meu programa, ele chegou a definir o governo de fisiológico, mais preocupado com a velha política e sem tomar as medidas necessárias para tirar o RN da crise.

O vice-governador disse que nunca foi prestigiado do modo que o governador tem apregoado nas últimas entrevistas sobre o rompimento entre os dois.

“Sempre houve divergência, e o vice é vice. Só dá palpite”, disse Fábio Dantas.

Do ponto de vista eleitoral, Fábio Dantas disse que abraçou a pré-candidatura ao governo por causa da rejeição ao governo atual. “Mais de 80% de rejeição”, disse.

E indaga:

- Como um governo deste, mal avaliado, pretende continuar?

Fábio Dantas vai rodar todas as regiões do Estado para se fazer conhecer junto ao eleitorado. Por enquanto, seus índices beiram os 2%.


Veja o conteúdo do vídeo na íntegra:



DD.


Março Lilás: combate ao câncer de colo de útero

Diógenes Dantas,
Nominuto.com
Vereadora Carla Dickson faz divulgação da campanha Março Lilás sobre a prevenção ao câncer de colo de útero; mais de 5 mil mortes no país todo ano.

O HPV (Papiloma Vírus Humano) é uma doença sexualmente transmissível que afeta cerca de 290 milhões de mulheres no mundo inteiro.

No Brasil, mais de 5 mil vão à óbito por ano. São mais de 16 mil novos casos da doença, segundo o Instituto Nacional do Câncer. 

As regiões Norte e Nordeste são as que mais preocupam com relação ao câncer de colo de útero. 

Eu conversei hoje (20) com a vereadora Carla Dickson (PROS), uma das propagadoras da campanha "Março Lilás" sobre a prevenção ao câncer de colo de útero.

A vacinação contra o HPV começa cedo nas mulheres (aos 9 anos, e segue até os 64 anos), e é necessária em adolescentes do sexo masculino entre 11 e 13 anos. 

Vencer o preconceito e a desinformação é o grande desafio.

Veja minha entrevista com a vereadora Carla Dickson.


DD.



Robinson e Fábio questionam postura de oposição do vice-governador

Diógenes Dantas,

robinson_fabio_370O governador Robinson Faria (PSD) disse hoje (19) que não vê "explicação plausível" para o rompimento político do vice Fábio Dantas (PSB). 

"Foi uma decisão unilateral dele, foi uma opção meramente política", disse em entrevista ao RN Acontece (Band Natal).

"Ele foi um vice prestigiado. [Fábio Dantas] foi convidado para assumir a Casa Civil várias vezes, participava das reuniões deliberativas. Na inauguração de um hospital, o pai [Arlindo Dantas, prefeito de São José de Mipibu] disse que eu fui o melhor governador para a cidade dele", declarou o governador.

O questionamento a Fábio Dantas também foi feito na mesma linha pelo filho de Robinson, o Fábio Faria.

O deputado federal disse, em entrevista à imprensa, que Fábio Dantas ajudou muito o governo, e que cabe a ele achar o tom do discurso e definir como vai explicar agora a postura de oposição.

Para o filho do governador, a saída de Fábio Dantas não muda o projeto de reeleição do pai.


Veja meu comentário na íntegra:

DD.

Situação hídrica ainda é "extremamente crítica"

Diógenes Dantas,
Nominuto.com
Secretário Guilherme Saldanha disse que a situação hídrica do RN ainda é "extremamente crítica", justificando a renovação do decreto de emergência.

Pela 10ª vez consecutiva, governo decreta situação de emergência por causa da seca. Já são 7 anos de estiagem, uma das mais prolongadas da história do sertão nordestino.

O secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Guilherme Saldanha, disse que a renovação do decreto é necessária até a regularização do período chuvoso no Estado.

"As previsões dos meteorologistas são positivas, de um inverno regular. Mas esse cenário precisa se confirmar", justificou Saldanha.

 O documento leva em consideração análises técnicas que monitoram a segurança hídrica estadual, como o Igarn (Instituto de Gestão das Águas). Portanto, por mais 180 dias, a emergência está decretada em 153 municípios afetados pela seca.

A situação ainda é "extremamente crítica" nos reservatórios. Dos 47 monitorados neste início de 2018, 17 estão secos e 16 em volume morto.

Veja minha entrevista com o secretário Guilherme Saldanha.



DD.


Desafio de Fábio Dantas é marcar diferença em relação a Robinson Faria

Diógenes Dantas,
Divulgação/PSB
Vice-governador Fábio Dantas assinou ficha de filiação ao PSB em ato na Assembleia Legislativa; a partir de agora ele mira o governo.

Um observador atento ao rompimento do vice-governador Fábio Dantas com o governador Robinson Faria me dizia ontem (18):

“Agora Robinson começa a conhecer as peças do jogo com as quais vai contar”, falou.

Num ato de filiação ao PSB que contou com presenças ilustres - Carlos Siqueira [presidente nacional da legenda], Ezequiel Ferreira [presidente da AL] e Rogério Marinho [deputado federal], Fábio Dantas subiu o tom nas críticas ao governo Robinson.

A estratégia será intensificada no giro que ele fará por todas as regiões do Estado a partir de agora para viabilizar a candidatura governamental.

O grande desafio de Fábio Dantas é se diferenciar de Robinson Faria e das ações do atual governo, que ele ajudou até bem pouco.


Ver meu comentário na íntegra:

DD.



MPE põe mais pressão em cima de Robinson

Diógenes Dantas,

RF_MPE_370A vida não anda fácil para o governador Robinson Faria. Alvo de memes, podcasts (arquivos de áudio) nas redes sociais [um deles com a imitação do Silvio Santos], e de reportagens como a do Fantástico [Dama de Espadas], o político terá de enfrentar novo embate na esfera jurídico-administrativa.

O Ministério Público Estadual decidiu criar um grupo para analisar a folha de pagamento dos servidores, em atraso desde janeiro do ano passado.

A folha salarial do Estado do Rio Grande do Norte bate hoje a casa dos R$ 580 milhões , se consideramos as obrigações previdenciárias.

Os promotores desejam tratar, importar e cruzar dados para entender, de uma vez por todas, o que está acontecendo com as despesas de pessoal.

A meu ver, a iniciativa deveria ter sido tomada há bastante tempo. Por que só agora?

Do ponto de vista administrativo, o Ministério Público já está na cola do governador Robinson Faria por causa do relatório do Tribunal de Contas do Estado que desaprovou as contas do governo em 2016, por unanimidade. Há inquérito instaurado neste sentido.

Agora, a lupa dos promotores se volta para o pagamento dos servidores.

Vamos ver se há resultado prático na apuração que ocorre às vésperas de uma eleição e do final do atual mandato.

Tá difícil para Robinson respirar.


Ver conteúdo completo do comentário:



DD.


Deputado Tomba Farias diz que jogo eleitoral começa em 7 de abril

Diógenes Dantas,
Nominuto.com
“Fábio Dantas é um bom político, grande articulador e de grande trânsito na Assembleia Legislativa. Ele tem, sim, chances na disputa”, falou Tomba Farias.

O deputado estadual Tomba Farias (PSB) vê chances na candidatura do vice-governador Fábio Dantas para o governo.

“Fábio Dantas é um bom político, grande articulador e de grande trânsito na Assembleia Legislativa. Ele tem, sim, chances na disputa”, falou.

Fábio Dantas se filia ao PSB no próximo dia 17, e já se lançou na corrida estadual.

Mas Tomba faz uma ressalva: “O jogo [eleição] só começa para valer no dia 7 de abril, data da desincompatibilização. Até lá, só teremos conversas entre os partidos e [potenciais] candidatos”, disse.

Em 7 de abril, a classe política saberá, de uma vez por todas, se Robinson Faria vai renunciar ao cargo de governador, e se Carlos Eduardo Alves vai abrir mão da Prefeitura de Natal.

Para Tomba Farias, será muito difícil para o eleitorado potiguar negar a reeleição dos senadores Garibaldi Alves Filho e José Agripino Maia. “Aonde vou não vejo isso [risco de derrota para os dois políticos]. Eles têm muitos serviços prestados ao povo do Rio Grande do Norte”, comentou.

Veja meu bate-papo com Tomba Farias:



DD.


A Claro reconhece o erro e pede desculpas

Diógenes Dantas,
Arte/Nominuto
Claro pediu desculpas por ter suspendido serviços de voz e dados em quatro finais de semana consecutivos, antes mesmo do vencimento da conta.

A operadora de telefonia Claro reconheceu o erro e pediu desculpas no caso de cobrança abusiva de dados em uma das cinco linhas da minha conta corporativa.

Ontem (13), eu fui recebido por três representantes da empresa em Natal.

A Claro admitiu que houve um erro no sistema que provocou o consumo excessivo de dados numa linha - um salto de 2 gigabytes para 129 gigabytes num único mês -, quadruplicando o valor da conta.

Além de reconhecer o erro, a Claro pediu desculpas por ter suspendido os serviços de voz e dados da conta em quatro finais de semana consecutivos, antes mesmo do vencimento do prazo para pagamento.

A Claro pediu desculpas por não ter comunicado a suspensão dos serviços em tempo hábil.

A Claro pediu desculpas também pelos transtornos causados a mim, aos meus familiares e a minha empresa.

Prometeu, a partir deste caso específico, mudar procedimentos e criar mecanismos para evitar erros deste tipo em seu sistema, e para não deixar clientes na mão num final de semana, justamente quando as pessoas estão de folga.

Segundo a Claro, nosso caso pode evitar transtornos para outros clientes. Assim espero.

Eu tenho microfone, tenho canais de comunicação para botar a boca no trombone, fazendo-me ouvir e ser visualizado em redes sociais.

A maioria dos consumidores não pode fazer isso. E eu fiz questão de dizer isso para os representantes da Claro - uma das gigantes do setor de telefonia. Ao dar publicidade ao meu caso, procurei fazer um alerta para quem tem serviços contratados com a operadora.

Minha conta vai ser revisada para minimizar parte dos prejuízos contabilizados.

Espero que a relação com a Claro volte ao equilíbrio financeiro comprovado em cinco anos de contrato.

A relação com a empresa está arranhada. E também disso isso aos representantes da Claro.



DD.


Congresso de Direito Processual Civil em Natal

Diógenes Dantas,
Nominuto.com
Matusalém Dantas, coordenador da 4ª Vara da Justiça Federal, falou hoje 2º Congresso Brasileiro de Direito Processual Civil em Natal.

O 2º Congresso Brasileiro de Direito Processual Civil em Natal, coordenado pelo professor Matusalém Dantas, acontecerá nos dias 15 e 16 de março de 2018, no Teatro Riachuelo Natal. 

A edição terá como homenageado o professor Luiz Guilherme Marinoni, que se trata, sem sombra de dúvidas, de um dos maiores juristas da América Latina, com obras traduzidas para diversos países da América e da Europa. 

Matusalém, coordenador da 4ª Vara da Justiça Federal, falou hoje (13) sobre a importância de trazer para Natal o melhor que existe em nosso país sobre o processo civil.

Confira nosso bate-papo:


DD.

41-60 de 3353