Advogados criminalistas iniciam visitas às unidades prisionais do RN

Marília Rocha,
Arquivo/ Nominuto
Nas próximas semanas, os advogados devem percorrer as unidades em outras regiões do Estado.

A preocupação com os direitos dos cidadãos presos no sistema prisional do Rio Grande do Norte motivou os advogados ao início da inspeção nas unidades prisionais. A primeira delas foi a Penitenciária Estadual de Parnamirim que recebeu a Comissão de Advogados Criminalistas da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte.

De acordo com o presidente da Comissão, Rilke Barth, foi constatado falhas na estrutura da unidade, bem como 16 detentos com tuberculose e alguns que cumpriram a pena e ainda estão presos. “Detentos acomodados na quadra de esportes porque há três semanas não tem energia elétrica nas celas e fossa aberta, com desejos lançados no rio Pitimbu, foram alguns dos registros da visita. Tudo constará em relatório, como também sugestões e solicitação de providências, que será enviado ao Governo do Estado”, ressalta Rilke.

A unidade prisional tem 544 detentos quando sua capacidade é para 240 presos.  A visita é mais uma ação da Comissão da OAB/RN com o objetivo de contribuir com as melhorias necessárias para o sistema carcerário. Participaram ainda da vistoria de hoje os advogados Fernandes Braga, Rosseaux Rocha e Renata Ferreira.

Nas próximas semanas, os advogados devem percorrer as unidades em outras regiões do Estado. 

Tags: advogados oab RN sistema penitenciario unidades prisionais
A+ A-