Ponta Negra terá faixa de areia ampliada beneficiando banhistas e melhorando atração turística

Airton Bulhões,

    A praia de Ponta Negra terá a sua faixa de areia  ampliada em 30 metros na maré cheia e até 100 metros na maré baixa, com a liberação de R$ 39,8 milhões pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, que tem o potiguar Rogério Marinho como ministro.

Outra ação complementar será a recuperação da engorda e da praia, que tem como objetivo aumentar a área coberta por areia em Ponta Negra.

  O que vale ter o ministro, Rogério Marinho de uma pasta importante como a de Desenvolvimento Regional o terceiro maior orçamento do governo federal.

  Uma das obras efetuadas foi o enrocamento ao longo de dois quilômetros de encosta na Praia de Ponta Negra. A metodologia consiste na colocação de conjuntos de blocos de pedras ou outro material para proteger o talude contra a erosão das ondas.

  Outra iniciativa de grande porte visitada pelo ministro Rogério Marinho a Praia de Ponta Negra. Um dos cartões-postais da capital potiguar, a faixa litorânea vem sofrendo com a erosão do talude pela ação das marés e com o avanço do mar pela faixa de areia.

 Com recursos do MDR, repassados por meio da Defesa Civil Nacional, a prefeitura de Natall está realizando intervenções para dar estabilidade ao talude e aumentar a área para os banhistas.

  “Não tenho dúvidas de que a Ponta Negra será ainda mais realçada com essas intervenções. Essa obra não significa apenas uma mudança de paisagem. É uma retomada muito mais vigorosa dessa atividade que é tão importante para o Brasil, especialmente para o Nordeste, o Rio Grande do Norte e nossa cidade de Natal, que é a atividade turística e de serviços”, ressaltou Marinho.

SOJXsUO.jpg
A+ A-