Geoparque Seridó poderá integrar a rede mundial da Unesco

Airton Bulhões,

O Geoparque Seridó (RN) tem avaliação da candidatura do território à Rede Mundial de Geoparques. Atualmente, apenas o Parque Geológico do Araripe, no Ceará, possui a certificação no Brasil.

  Técnicos da Unesco e do Ministério do Turismo e de outras entidades visitaram o Geoparque do Seridó onde entre os itens observados na visita estavam as ações desenvolvidas na região para a promoção do turismo de forma sustentável e para a implementação de projetos que contribuam com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). O resultado da avaliação deve ser divulgado até abril de 2022.

 O Geoparque Seridó compreende seis municípios do Rio Grande do Norte: Acari, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Currais Novos, Lagoa Nova e Parelhas, totalizando mais de 2,8 mil km² na Caatinga, bioma único do mundo.

  Em todo o seu território, o turista pode acompanhar diversas atividades que contemplam a cultura local, a história, a gastronomia e a natureza, além de materiais geológicos, como rochas metamórficas do período Paleoproterozoico, que datam até 2 bilhões de anos.

  O geoparque potiguar é considerado um "geoparque aspirante" ao título mundial, assim como o Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul, localizado entre Santa Catarina e o Rio Grande do Sul.

   Caso receba o título e passe a integrar a Rede Mundial de Geoparques, a governança local deverá zelar pela garantia da sustentabilidade, preservação e proteção ambiental do Geoparque do Seridó e promoverá também o envolvimento dos moradores da região.
 

   Para se instituir como geoparque, é necessário que uma região tenha atributos geológicos e paleontológicos de relevância internacional, aliados a ações de proteção, educação e desenvolvimento sustentável.

   A implantação deve contemplar o turismo, desenvolver a economia local e modificar a realidade socioeconômica dos habitantes da região. No mundo, há 147 geoparques titulados pela Unesco, em 41 países.

JOIa67U.jpg
A+ A-