Começa nesta segunda o PIX para quem tem conta corrente na rede bancária

Airton Bulhões,

Começa nesta segunda-feira o PIX  para todas as pessoas e empresas que tenham uma conta corrente, conta poupança ou uma conta de pagamento pré-paga em uma das 762 instituições participantes do sistema de pagamentos instantâneos.

  Com o Pix será possível fazer transações financeiras por 24 horas, em todos os dias do ano, inclusive finais de semana e feriados, em até 10 segundos.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban)  avalia que o funcionamento do sistema no período de testes mostrou-se eficiente, com volumes significativos de transações.

  Desde o dia 03, início da fase de testes (intitulado soft opening), até 12 de novembro foram feitas 826 mil transações, totalizando cerca de R$ 325 milhões.

  Neste período foram cadastradas 69,5 milhões de chaves Pix, sendo 66,6  milhões de pessoas físicas. Até o momento, o tipo de chave mais cadastrada é a do CPF, com 25,4 milhões, segundo dados do Banco Central.

"Estivemos em constante processo de preparação juntamente com o Banco Central e os bancos estão bem preparados para dar vazão ao início das transações do Pix, bem como para corrigir eventuais problemas pontuais que possam ocorrer, o que é natural em qualquer grande processo de inovação tecnológica", afirma Isaac Sidney, presidente da FEBRABAN.

Isaac ressalta que os bancos brasileiros sempre estiveram na vanguarda da tecnologia bancária mundial, e faz investimentos maciços em TI, que só no ano passado totalizaram R$ 24,6 bilhões.

  Como exemplos, ele cita que o Brasil foi o primeiro país que introduziu chips em cartões de crédito, começou a fazer transferências via DOCs e TEDs antes de muitos países desenvolvidos, e foi pioneiro em adotar o internet e o mobile banking.

"O Pix se somará a outras importantes mudanças que o setor bancário já introduziu no dia a dia das pessoas ao longo dos anos, todas já incorporadas no cotidiano do cidadão", diz.

SAIBA MAIS

  Para a Febraban o Pix irá trazer inovação para o sistema financeiro e maior conveniência para milhões de brasileiros em suas operações financeiras do dia a dia. Entre outras vantagens, a Federação também destaca:

- a utilização de chaves de endereçamento (celular, e-mail ou CPF) para localizar os dados da conta do recebedor dá muita conveniência e comodidade ao cliente usuário

- o Pix tem o potencial de reduzir a necessidade do uso de dinheiro em espécie em transações comerciais, que somente de custo de logística totaliza cerca de R$ 10 bilhões ao ano

- a iniciativa deverá reduzir a necessidade de saques em espécie nas agências e nos caixas eletrônicos, o que também traz maior conveniência aos clientes bancários

- a economia tende a ganhar mais velocidade e ritmo, já que recursos entram e saem das contas de forma instantânea, 24 horas por dia, 7 dias por semana

-o Pix deverá transformar-se em uma poderosa ferramenta para impulsionar a bancarização no país


A+ A-