Guarararapes aumenta receita líquida 9,2% no trimestre e eleva vendas em lojas em 5,4%

Airton Bulhões,


  O grupo Guararapes Confecções S.A controladora da rede varejista Lojas Riachuelo, apresenta resultados consistentes no terceiro trimestre de 2019.

  No trimestre que se encerrou em 30 de setembro, a Guararapes registrou crescimento de 9,2% na receita liquida em relação ao mesmo período do ano anterior, atingindo R$ 1.885,5 milhões. As vendas em mesmas em mesmas lojas (SSS) apresentaram alta de 5,4% e o EBITIDA Ajustado ficou em R$ 254,3 milhões, alta de 13,7% em relação ao terceiro trimestre de 2018.
   Diante de um ambiente econômico desafiador, o aprimoramento dos processos aliado aos índices de produtividade e a nova proposta de visual merchandising mantiveram a melhora de performance da companhia.

Como parte do processo expansão e conquista de novos mercados, apenas no terceiro trimestre foram inauguradas três novas lojas, totalizando seis novas unidades apenas em 2019 e um total de 318 de norte a sul do país.

Destaca-se a nova operação no Shopping Morumbi que além de mix completo de produtos, traz projetos piloto da companhia, em que a experiência do cliente pode ser inteiramente virtual. A começar com pagamento por meio de dispositivos móveis distribuídos por toda área de vendas, os espaços para compra no site sem custos de entrega, armários inteligentes para o formato retire em loja, espelhos interativos nos provadores para consulta de produtos e até ajustar a intensidade de luz mais adequada ao momento de uso da peça. Outra novidade é o espaço RCHLO+, área dedicada para customização de peças e a nova linha de moda casa que ganha uma nova proposta de valor, mais abrangente e se torna Casa Riachuelo.

Neste cenário, de janeiro a setembro, o grupo teve capex total de R$ 230 milhões no trimestre, desses R$ 206,6 destinados à Riachuelo, sendo R$ 51,2 milhões alocados em lojas novas, R$ 20,6 milhões em remodelações e R$ 74,7 milhões para infraestrutura de TI.


 MIDWAY FINANCEIRA

No terceiro trimestre de 2019, a receita da operação financeira totalizou R$ 637,1 milhões, 15% maior que no mesmo período do ano anterior. O destaque ficou para as Receitas de Comissões sobre Cartão Bandeira com aumento de 47,2%, passando para R$ 62,4 milhões

JLqs8Oj.jpg



Outback vence o prêmio as melhores empresas para o consumidor na categoria restaurantes

Airton Bulhões,

  A Outback Steakhouse que tem franquia em Natal no Midway Mall foi o grande vencedor do prêmio “As Melhores Empresas para o Consumidor 2019” na categoria Restaurantes. Esta é a terceira vez que a rede de restaurantes, inspirada na temática australiana, é reconhecida pela premiação.

   Em sua nona edição, a premiação, que é realizada em parceria com o site ReclameAqui, tem como objetivo reconhecer e homenagear as empresas mais bem p reparadas para atender os seus clientes.
  Os consumidores brasileiros por meio de uma votação puderam escolher suas empresas favoritas, levando em consideração suas experiências pessoais no atendimento ao cliente.

  “A hospitalidade no atendimento é uma das nossas principais marcas e receber esse prêmio dos consumidores é motivo de grande alegria para todos nós”, comemora Melissa Casagrande diretora de Experiência do Cliente da Bloomin Brands, grupo detentor da marca Outback. “Ser reconhecido por mais um ano reforça que estamos no caminho certo”, celebra Nazaré Barros, vice-presidente de Operações do Outback Steakhouse.
O prêmio “As Melhores Empresas para o Consumidor” elegeu esta semana 101 melhores empresas, em setores como Alimentação, Academias e Serviços, Bancos, Bebidas, Clube de Compras, E-commerce e entre outros.

7XkTVfz.jpg

Banco do Nordeste entrega em Natal prêmio BNB da Micro e Pequena Empresa

Airton Bulhões,

   O Banco do Nordeste homenageou três empresas das cidades de Alto do Rodrigues, Jucurutu e Natal com a entrega do Prêmio Banco do Nordeste da Micro e Pequena Empresa (MPE), realizada na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Natal).

  As empresas homenageadas foram:  Del Rayssa,pequena fábrica de lingeries (foto), conduzido por Fátima Meneses; Carlos Renan Assis De Medeiros, empresário das Casas Potiguar Prime e Jader Ramalho e Gisele Vicente Ramalho, na categoria Serviço, proprietários da empresa Activesoft Consultoria.

  As empresas vencedoras foram selecionadas de acordo com os critérios de inovações empregadas no negócio, competitividade, adoção de práticas que visam à redução do impacto ambiental, número de empregos gerados e evolução das receitas após o financiamento.

  A solenidade contou com a participação do diretor Financeiro e de Crédito do Banco do Nordeste, Antônio Jorge Pontes Guimarães Júnior, o vice-presidente da CDL Natal, José Cordeiro de Lucena Neto, o superintendente estadual do BNB no Rio Grande do Norte, Jorge Bagdeve, além de representantes de instituições parceiras, clientes e empresários.

  Em toda a área de atuação do BNB, centenas de clientes receberam indicação ao Prêmio MPE pelas agências do Banco. Ao todo, foram premiados 33 clientes, três por Estado do Nordeste, além do Norte de Minas Gerais e Espírito Santo.

SAIBA MAIS

Em 2018, o Banco do Nordeste financiou, em toda sua área de atuação (nove estados da Região Nordeste e norte de Minas Gerais e do Espírito Santo), R$ 2,9 bilhões para o segmento MPE, por meio de linhas de crédito de longo e curto prazos, incluindo produtos que utilizam recursos do FNE. Em 2019, a previsão é de aplicar mais de R$ 3,5 bilhões no segmento. O Banco conta com carteira ativa de mais de 194 mil micro e pequenas empresas.



Bancos participam de semana nacional de conciliação no Rio Grande do Norte

Airton Bulhões,

   A partir desta segunda-feira até 8 de novembro acontece a 14ª Semana Nacional de Conciliação promovido pela  Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em um esforço para incentivar a solução de demandas judiciais de forma mais rápida, desafogando a Justiça e estimulando acordos, se uniu ao Conselho Nacional de Justiça e ao Tribunal de Justiça do estado para promover a iniciativa.eK02Uh5.jpg

   A Federação e seus associados atuaram em todas as edições do evento realizadas até hoje. Rio Grande do Norte, é esperada a conciliação de 569 processos.

  Os bancos Bradesco, BS2, Itaú Unibanco, Santander, Sicredi e Votorantim participam da ação. As instituições financeiras fizeram um levantamento dos casos em que já haviam propostas de acordo disponíveis, e encaminharam as informações dessas ações para o Tribunal de Justiça do estado. 

   As ações também serão realizadas em outros nove estados: Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

  "Os Tribunais de Justiça estaduais irão convidar os advogados responsáveis pelos processos selecionados a participar de uma sessão de conciliação por meio dos Diários Oficiais dos estados", diz Antonio Negrão, diretor jurídico da Febraban. "Tudo o que eles precisam fazer é comparecer no dia e hora definidos na publicação."

Segundo Negrão, ações de conciliação como a Semana Nacional de Conciliação é uma forma rápida de finalizar processos em que haja possibilidade de acordo e reduzir o número de processor que se acumula no judiciário. "Esse tipo de iniciativa é uma tendência cada vez mais forte no judiciário no Brasil e no mundo; elas vieram para ficar."

SAIBA MAIS

Em caso de dúvida, basta acessar a página criada pelo Conselho Nacional de Justiça especialmente para a Semana Nacional de Conciliação (http://www.cnj.jus.br/programas-e-acoes/conciliacao-e-mediacao/semana-nacional-de-conciliacao).




Energia fotovoltaica atrai consumidores e é a nova realidade na matriz elétrica brasileira

Airton Bulhões,

   A energia fotovoltaica já ocupa a 7ª posição na matriz elétrica brasileira, ultrapassando a nuclear. Hoje, pelo menos três estados brasileiros estão investindo nessa área e ao menos quatro capitais já usam essa matriz elétrica que até 2030 deverá atingir 2,7 milhões de unidades consumidoras, diminuindo a geração de energia suja, reduzindo os custos, entre outros benefícios.

 Pesquisa realizada pelo Sebrae nacional mostra que o empresário do segmento ainda enfrenta alguns problemas, como do ambiente legal, tributação e financiamentos.

 Mesmo assim, a estimativa é a de que até o próximo ano surjam cinco mil empresas  instaladoras de micro (até 75Kw) e minigeração (de 75Kw até 5Mw) de energia, o que pode abrir de 25 a 30 novos empregos locais por Megawatt (MW) por ano.

 “Esse empresário percebeu uma oportunidade de negócio a partir da identificação do potencial brasileiro e do investimento de grandes empresas na transição da matriz energética. No Brasil, qualquer estado tem muita radiação solar. Até a cidade que tem menos sol, tem 40% mais que a Alemanha”, afirma a especialista em energia do Sebrae, Andrea Faria.  

No Brasil, os pequenos negócios já estão conscientes que a fonte energética solar pode ser um boa alternativa. Uma pesquisa feita entre maio e julho deste ano pelo Centro Sebrae de Sustentabilidade, com mais de 3,1 mil micro e pequenos empreendedores, em parceria com a Absolar e Fundação Seade, mostrou que dos donos de empresas que adotaram o sistema, 83,9% reduziram os gastos com energia elétrica e mais da metade (60%) pretendem investir mais em energias renováveis, sendo que, desses, 47,5% na fonte solar fotovoltaica. 



CEF anuncia redução de juros para financiamentos imobiliários

Airton Bulhões,

   A partir de 6 de novembro está valendo para novos contratos as novas  novas taxas de juros para financiamentos de imóveis com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e saldos devedores atualizados pela Taxa Referencial (TR).

  A taxa efetiva mínima para imóveis residenciais enquadrados nos Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) será de TR + 6,75% a.a. e a taxa máxima será de TR + 8,50% a.a., redução de 0,75 p.p. e 1,0 p.p, respectivamente. As taxas valem para novos contratos e estarão vigentes a partir do dia 06 de novembro.

  Além das taxas corrigidas pela TR, a Caixa Econômica também oferece, à escolha do cliente, a alternativa de crédito para imóveis residenciais com recursos do SBPE corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A tabela comparativa a seguir contém as taxas de juros dos financiamentos imobiliários com recursos do SBPE, de acordo com o fator de correção:

SAIBA MAIS

  Esta é a terceira redução da taxa de juros promovida pela CEF neste ano. No último dia 08, a Caixa anunciou a redução de até 1,0 p.p. das taxas de juros para os financiamentos imobiliários com recursos do SBPE. Em junho, o banco já havia anunciado outra redução de até 1,25 p.p. nas taxas, além de alternativas para renegociação de contratos habitacionais para pessoa física, ainda vigente.

Desde agosto, além da correção dos financiamentos pela TR, a Caixa  também lançou, de forma pioneira e revolucionária no mercado, a possibilidade de crédito para aquisição de imóveis com taxas corrigidas pelo IPCA.



Vida Mais RN aborda saúde e bem estar para quem alcançou a terceira idade

Airton Bulhões,

   Prossegue nesta quinta-feira das 9h às 19h, no Holiday Inn Natal o evento “Vida Mais RN”, aberto nesta quarta-feira com mais uma edição deste que é o único no Rio Grande do Norte com foco especial para o público acima dos 50 anos de idade

  Além de palestras especialistas é importante o compartilhamento de informações e experiências com os especialistas convidados, o evento proporciona novas prospecções econômicas.

 As possibilidades de negócios que o “Vida Mais RN”  incorpora nesses dois dias, além da grade de palestra e debates que serão realizados no auditório para o público inscrito, paralelamente será realizada  a feira de produtos e serviços (entrada livre para todas as pessoas), distribuída em vários estandes.

  Serão mostrados lançamentos e novidades para o público acima de 50 anos e, também, incluídos cinco oficinas gratuitas que serão promovidas nos espaços da feira

  Entre as principais palestras está  a do geriatra e membro titular da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia - SBGG,  médico Juliano Silveira sobre o tema:  “Envelhecimento ativo e os desafios da longevidade saudável” e  pela psicóloga, sexóloga e escritora  Cristina Hahn abordará  Amor, Sexo e Idade”.

DpDUNr8.jpg

Mastercard é a marca que lidera em 2019 segundo ranking da Interbrand

Airton Bulhões,

   A Mastercard foi a líder em crescimento de marca em 2019, subindo 8 posições de 70º para 62º lugar. Com um crescimento de 25%, a marca atingiu um valor de US$ 9.430 milhões. O ranking é elaborado anualmente pela Interbrand, também conhecido como Best Global Brands.

  Novidades nesta nova edição, o Uber estreia na 87ª posição (US$ 5.714 milhões) e o LinkedIn em 98º lugar (US$ 4.836 milhões).

  As três marcas globais mais valiosas permaneceram as mesmas. A Apple na primeira posição com um crescimento de 9% (US$ 234.241 milhões), Google com mais 8% (US$ 167.713 milhões) e Amazon com um incremento de 24% (US$ 125.263 milhões). Apple e Google mantiveram nas duas primeiras posições pelo sétimo ano consecutivo.

  O restante do top 10 inclui: Microsoft na 4ª posição (US$ 108.847 milhões), Coca-Cola na 5ª (US$ 63.365 milhões), Samsung na 6ª (US$ 61.098 milhões), Toyota na 7ª (US$ 56.246 milhões), Mercedes-Benz na 8ª (US$ 50.832 milhões), McDonald's na 9ª (US$ 45.362 milhões) e, retornando ao top 10, Disney na 10ª (US$ 44.352).

De acordo com o Interbrand Marcas Globais Mais Valiosas 2019, o Facebook caiu cinco posições, da 9ª colocação em 2018 para 14ª este ano. O Facebook entrou pela primeira vez no ranking Interbrand Marcas Globais Mais Valiosas em 2012 na 69ª posição, com um crescimento constante nos cinco anos seguintes. No seu auge em 2017, o Facebook ficou em 8° lugar com um valor de marca de US$ 48.188 milhões.

  A 20ª edição do ranking elaborado pela consultoria global de branding apresenta uma série de relatórios individuais que se aprofundam nos setores de viagens, varejo e luxo, tecnologia, mídia, automotivo e serviços financeiros. Dentre estes setores, luxo foi o que apresentou a maior valorização, passando de US$ 105.783 milhões para US$ 117.785 milhões, um crescimento de 11%.

SAIBA MAIS


  A Interbrand é a consultoria de marca global líder há mais de 40 anos, pioneira em projetos icônicos e idealizadora de muitas ferramentas de construção de marca, que hoje são amplamente utilizadas. Sabemos que em uma era de abundância sem precedentes de opções e velocidade de inovação, as expectativas dos clientes estão se movendo mais rapidamente que as empresas.



Serviços e Comércio são os maiores empregadores do RN em 2019

Airton Bulhões,

    O maior empregador do Rio Grande do Norte segundo pesquisa do Sebrae RN ao contrário do que todos pensam não é o comércio, mas o setor de Serviços com uma massa de 192.063  trabalhadores. 

 O comércio é o segundo segmento com mais gente empregada, com 110.162 pessoas contratadas formalmente. Juntos, esses dois setores respondem por 70,7% do estoque de empregos no RN em setembro, chegou a 427,3 mil vagas ocupadas.Hb8XDX3.jpg

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregado s (Caged), do Ministério da Economia.

  O setor de Serviços continua na liderança da abertura de novas frentes de trabalho no RN durante os nove primeiros meses de 2019. As empresas ligadas à prestação de serviço foram responsáveis por trazer para o mercado de trabalho formal um contingente de 2.986 potiguares.

 Os dois setores juntos absorvem uma mão de obra estimada em 302,2 mil pessoas empregadas com carteira assinada

  O aquecimento o mercado de trabalho formal no RN foi o sétimo melhor da região Nordeste no acumulado do ano.

  As microempresas até agora têm segurado as baixas registradas no mercado de trabalho formal e foram as que mais abriram novas vagas até o terceiro trimestre do ano.

  As organizações desse porte criaram 4.987 novas vagas no RN e foram as únicas a ter um número maior de contratações frente às demissões. As empresas de demais porte todas tiveram baixas de empregados no acumulado do ano.



Partage Norte Shopping entrega na próxima quinta primeira etapa de sua expansão

Airton Bulhões,

 O Partage Norte Shopping Natal inaugura, na próxima quinta-feira, 31 de outubro, às 10h, a 1ª etapa de sua expansão. O empreendimento passará a contar com vagas cobertas, um novo acesso ao shopping e uma alameda de serviços, onde passarão a funcionar operações como: Brisanet, Sicoob, Casa do Celular, Ami Vacinas, Hemolab, Laser Clínica e Alecrim Presentes.

  Na ocasião, serão realizadas diversas ações no Shopping e, completando a programação do dia, o empreendimento promoverá um show gratuito da cantora Rita de Cássia, a partir das 19h, na Praça de Alimentação.

 “Estamos muito felizes em entregar esta primeira etapa, antes do prazo estipulado no cronograma, o que demonstra nosso compromisso em oferecer para o nosso público um shopping, cada vez mais, completo e que contribui para o crescimento econômico da região como um todo, através da geração de negócios e oportunidades de emprego”, conta Júlio Macedo, diretor de Gestão e Marketing da Partage Shopping.

SAIBA MAIS

  Com previsão de entrega total em 2022, a obra está sendo realizada em três grandes etapas, com investimento total de R$185 milhões.

  Após a conclusão, o Partage Norte Shopping Natal, praticamente, duplicará sua área destinada à locação, passando de 28 mil m² para mais de 45 mil m², com um acréscimo de mais de 116 lojas, sendo 4 novas âncoras, 3 mega lojas, 2 restaurantes e 10 fast foods.

   Para o ano de 2020, as obras contemplam melhorias internas, bem como, a ampliação da praça de alimentação, a construção do deck parking e mais lojas.

fHDnp6U.jpg



Nordeste é a região mais beneficiada com obras viabilizadas pelo Ministério do Turismo

Airton Bulhões,

  O Ministério do Turismo informa que a região Nordeste foi a que obteve o maior número de obras concluídas e entregues até outubro de 2019. Foram 299 intervenções com o investimento de R$218 milhões.

    Em Natal (RN), a obra entregue foi a revitalização da orla marítima, que ter que ser refeita, não agradou e deverá ser repaginada.

A região Sul foi a segunda a ter obras concluídas no país: 160, com investimentos superiores a R$64 milhões. Na região Sudeste, 124 foram concluídas, com investimento superior a R$ 50 milhões. Na região Centro-Oeste , o MTur entregou 76 obras ( R$55 milhões) e, na região Norte, 35 (R$ 25 milhões).

Os empreendimentos são realizados, preferencialmente, nos municípios que constam no Mapa do Turismo do Brasil. A ferramenta do Programa de Regionalização do Turismo Brasileiro é um instrumento de transparência reconhecido pelo Tribunal de Contas da União (TCU) para melhorar a aplicação de recursos públicos em destinos que adotaram o turismo como estratégia de investimento e alternativa de retorno econômico.

  Os recursos são provenientes do orçamento da Pasta e das emendas parlamentares apresentadas ao MTur.

  Ministério do Turismo entregou, até outubro deste ano, 694 obras em todos os estados do Brasil. Os investimentos em infraestrutura turística ultrapassaram R$ 418 milhões. Os dados fazem parte de um levantamento realizado pela Secretaria Nacional de Estruturação do Turismo, com o intuito de gerenciar e monitorar o desenvolvimento das obras do setor nos municípios brasileiros. 



ABAV RN tem novos dirigentes para o triênio 2019/2021

Airton Bulhões,

  A Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV RN) seccional do Rio Grande do Norte, tem novo presidente. Foi eleita nesta quarta-feira por aclamação, Michelle Pereira Silva da Michelle Tour e como vice, Ohana Costa Fernandes da Athenas.

  A chapa única “Juntos somos ainda mais fortes” foi eleita por aclamação e vai conduzir a ABAV RN no triênio 2019/2021. Michelle sucede Abdon Gosson que esteve a frente da entidade por duas vezes.

  .  Segundo a presidente da Abav-RN, Michelle Pereira, essa gestão será compartilhada, com muita união e participação de todos.  Ohana e Michelle (foto) vão conduzir a ABAV mirando novos projetos e o fortalecimento da entidade.QwfgmYi.jpg

VEJA NOVA DIRETORIA

Presidente: Michelle Pereira Silva – MICHELLE TOUR

Vice-Presidente : Ohana Costa Fernandes - ATHENAS

Secretário : Simone Motta da Nóbrega – NATAL SOL

Tesoureiro : João Batista Ribeiro Filho – JBS TUR

Diretor de Eventos: Paulo Henrique da Silva Alexandre – PH VIAGENS

Diretor de Receptivo Rodoviário: Ana Paula de França Silva - MARAZUL

Diretor de Patrimônio : Frankleide de Oliveira Lima – DUNAS & MARES

Diretor de Assuntos de Mercado : Tânia Maria Marques de Carvalho – CORAIS

Diretor de Cursos: Rosângela Helena Farias da Costa - DANDARA

Diretor de Assuntos Especiais : Maria Luz da Selva Lopes Pimenta - PIMENTUR

Conselho Deliberativo:

1- Francisca de Assis Silva Rosado Holanda - HARABELLO

2- Edson Luis Clementino Leite – NORONHA BRASIL

3- Ana Carolina de Melo Costa - SUNLINE

4- Tereza  Bianca Câmara Bezerril Jácome – TELTUR

Conselho Fiscal - Titulares

1- Aurilene Freire da Silva Aguiar - AURITUR

2- Luizabeth Domingos de Medeiros - KLP                                                

3- Joana D´arc de Macedo Wanderley – ASA TOUR

Suplente: Carlos Gregório Carvalho Nascimento e Nunes – CG TURISMO

Conselho Ética – Titulares

1- Priscila  Emmanuelle Oliveira de Melo  - PONTA DO SOL

2- Luciene Dantas Gonçalves de Carvalho – LOGOS TUR

3-Ann Jessica da Nóbrega Gomes - AMPLIAR

Suplente: Augusto Ernesto Gomes Lins - HANGAR 21



A e C com presença em Mossoró emprega 2,5 mil pessoas é premiada nacionalmente

Airton Bulhões,

    A A e C, empresa que emprega mais de 2,5 mil pessoas em Mossoró, Rio Grande do Norte, foi considerada pelo quarto ano consecutivo a melhor empresa de serviços do país pelo anuário Época Negócios 360°.

   A companhia ficou em primeiro lugar também em inovação e sustentabilidade dentre as empresas do setor de serviços. A premiação da oitava edição do guia foi realizada na noite de segunda-feira, 21, em São Paulo. Presente em Mossoró desde 2013, a companhia já investiu mais de R$ 30 milhões no município.

. A empresa oferece serviços de contact center, atendendo empresas de diversos segmentos, como telecomunicações, financeiro, varejo, governo e serviços de saúde, entre outros. A A e C também atua na área de Consultoria e Gestão, oferecendo serviços, soluções e produtos, Consultoria e Gerenciamento de Projetos, Outsourcing e Desenvolvimento de sistemas sob medida, criando soluções inovadoras que buscam facilitar o dia a dia de milhões de consumidores.

SAIBA MAIS

A A e C é uma das maiores empresas brasileiras no desenvolvimento de projetos de relacionamento com clientes e outsourcing de processos de negócio (BPO), com mais de 25 anos de mercado e cerca de 24 mil colaboradores trabalhando em 15 unidades distribuídas em dez cidades de sete estados do Brasil.

GUShXMJ.jpg

Federações pedem emenda a parlamentares de R$ 30 milhões para ampliar Instituto Metrópole Digital

Airton Bulhões,

GdHltsf.jpg   As  três federações que representam os setores produtivos da economia do Rio Grande do Norte, além do Sebrae, enviaram à bancada federal do estado uma carta em que pedem o apoio dos parlamentares para a construção de um novo prédio orçado em R$ 30 milhões para ampliar as instalações do Instituto Metrópole Digital (IMD), a fim de atender às demandas do seu Parque Tecnológico.

O documento é assinado pelo presidente da Federação das Indústrias (Fiern), Amaro Sales de Araújo, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária (Faern), José Álvares Vieira, o presidente da Federação do Comércio de Bens e Serviços (Fecomércio), Marcelo Fernandes de Queiroz, e o superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/RN), José Ferreira de Melo Neto.

  Os recursos serão advindos das chamadas emendas de bancada  para serem investidos em um período de dois anos. O novo prédio, que já está com os projetos de engenharia e arquitetura prontos, deverá ser levantado ao lado de onde hoje se localizada a atual sede do IMD.

  O diferencial do IMD, em relação a outros setores da Universidade, é sua forte ligação com o setor produtivo. O Parque Tecnológico Metrópole Digital em apenas dois anos de fundação já abriga 47 empresas, que empregam cerca de 700 profissionais.

  A meta do Parque é chegar a 100 empresas credenciadas nos próximos três anos, gerando mais de 2 mil empregos. A construção do novo prédio será de fundamental importância para alcançar esse objetivo, devido à necessidade de criação de novos espaços para que se possa atrair projetos financiados por empresas de grande porte, nacionais ou multinacionais.

SAIBA MAIS

 O Parque Tecnológico está em uma fase de atuação, dentro de seu projeto de desenvolvimento, voltado para atrair empresas de fora do Rio Grande do Norte e do Brasil. A outra linha de ação que vem sendo feita para desenvolver o polo de TI é estimular a criação de novas empresas nessa área, o que tem sido realizado com sucesso pela incubadora de empresas Inova Metrópole.

A incubadora faz parte da estrutura do Parque e se trata de um órgão voltado para promover o empreendedorismo e a inovação por meio da assistência na criação e desenvolvimento de startups



Cruzeiros marítimos têm aumento de 21% entre janeiro e junho em relação a 2018

Airton Bulhões,

  Segundo a CLIA Brasil a temporada 2019/2020 de cruzeiros receberá oito navios, um a mais do que a temporada passada, trazendo 531.121 leitos que serão divididos por 144 roteiros e 575 escalas.

  A temporada 2018/2019 foi responsável por um impacto econômico de R$ 2,083 bilhões na economia do país, gerando 31.992 postos de trabalho.

  Estudo anual da entidade registrou 293 mil embarques de turistas brasileiros em navios na costa do país entre janeiro e junho deste ano, um aumento de 21% em relação ao mesmo período em 2018.

  Outro dado divulgado foi o de que 402 mil brasileiros embarcaram em cruzeiros dentro e fora do país no primeiro semestre de 2019, um aumento de 16,1% em comparação com os 346 mil do mesmo período em 2018.

  A temporada de cruzeiros no Brasil vai de novembro a abril e a CLIA espera que a popularidade das viagens entre os brasileiros cresça ainda mais.

  “Para acompanhar esse rápido crescimento, o Brasil tomou medidas significativas para receber navios em novos portos, aumentando a capacidade e melhorando a experiência geral dos viajantes”, assegura o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

SAIBA MAIS

  O Brasil terá seu primeiro porto com terminal de passageiros exclusivo para cruzeiristas. Em setembro, o Ministério da Infraestrutura assinou o contrato de adesão em Terminais de Uso Privado (UTPs) que permite a construção do porto de Balneário Camboriú pela empresa PDBS.

    

   O porto de Balneário Camboriú é o primeiro passo de um projeto que pretende construir 15 instalações voltadas para o turismo marítimo em todo o Brasil. A expectativa é de atrair mais empresas do setor de cruzeiros, mais navios para a costa brasileira e aumentar significativamente o número de turistas e o impacto econômico do setor.

   RsxxRmO.jpg


BNB libera R$ 143 milhões para o RN com maior destinação para construção de Shopping em Emaús

Airton Bulhões,

  Foram contratados pelo Banco do Nordeste mais de R$ 143 milhões no período de janeiro a setembro deste ano no Rio Grande do Norte em créditos para empreendimentos relacionados ao segmento turístico em sua área de atuação. A nível regional o desembolso do BNB chegou a R$  488,6 milhões. 

  O principal projeto é a construção do Shopping Praça das Dunas (foto), na margem da BR 101, no bairro de Emaús, em Parnamirim. Os recursos para levantar a obra foram contratados no Banco do Nordeste, com juros atrativos, no âmbito do Programa de Apoio ao Turismo Regional - FNE Proatur. A linha tem como objetivo integrar e fortalecer a cadeia produtiva do turismo, ensejando o aumento da oferta de empregos e o aproveitamento das potencialidades turísticas da Região, em bases sustentáveis.iWk6bi5.jpg

   As operações de crédito estão sendo contratadas prioritariamente nos municípios identificados pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) como prioritários para o desenvolvimento do turismo no País e aqueles integrantes dos polos turísticos definidos pelo BNB.

Também são apoiados os corredores turísticos, que correspondem às conexões entre os diferentes espaços turísticos de uma região e que se caracterizam, principalmente, por possuírem infraestrutura turística básica (estradas, transportes, comunicações, potencial turístico natural ou artificial, equipamentos de lazer etc.) e servirem de apoio a excursões realizadas por turistas.   

   São passíveis de financiamento a aquisição de bens de capital e a implantação, modernização, reforma, relocalização ou ampliação de empreendimentos do setor de turismo, inclusive aqueles relacionados à economia da cultura. 

SAIBA MAIS

O Proatur destina-se a pessoas jurídicas de direito privado e empresários registrados na junta comercial que realizem atividades produtivas nos seguintes segmentos: agências de turismo, meios de hospedagem, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos turísticos, guias de turismo, centros ou locais destinados a convenções, feiras, exposições e similares, equipamentos de entretenimentos e lazer, casas de espetáculos, shows e equipamentos de animação turística além de locadoras de veículos para turistas.

Também podem ser financiados a capacitação de mão de obra necessária ao empreendimento já financiado ou em análise pelo Banco; bem como a implantação de sistemas de gestão de qualidade, a aquisição de meios de hospedagem já construídos ou em construção, e ainda empreendimentos destinados à prestação de serviços de alimentação e que, por suas condições de localização ou tipicidade, podem ser considerados de interesse turístico.



Álvaro Dias vai à Justiça contra Proedi que faz Natal perder R$ 24 milhões

Airton Bulhões,
Fladson Soares/Arquivo/Nominuto
Prefeito de Natal, Álvaro Dias, acredita que o Programa de Estímulo à Indústria traz grande impacto financeiro nos cofres municipais.

O prefeito Álvaro Dias já bateu o martelo e disse em entrevista a FM 98 que caso a Assembleia Legislativa não derrube esse decreto do governo estadual sobre o impacto financeiro do Programa de Estímulo à Indústria (Proedi) nos cofres municipais, com a diminuição do repasse de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) vai judicializar essa questão.

Nesse Proedi, a Prefeitura de Natal deixa de arrecadar por mês R$ 2 milhões e no ano bate os R$ 24 milhões. Para o prefeito, dinheiro que deixa de ser aplicado em obras e outras demandas do município.

O deputado estadual Tomba Farias é outro que é contra o Proed disse que seis ou sete prefeitos rezam o que o governo pede, mas ele defende que seja enviado para a Assembleia Legislativa um projeto de lei para tratar do incentivo às indústrias.

O deputado ressaltou ainda que os empresários que defendem o modelo do Proedi propostos pelo governo estadual são os mesmos que, em nenhum momento, se reuniram com a governadora Fátima Bezerra para aconselhá-la a fazer a reforma da previdência.

O parlamentar ainda deixa claro que não concorda com a implantação de um programa de incentivo que penalize e subtraia recursos dos municípios. “Só tem uma solução para esse Proedi, que é tirando recursos dos municípios?”, questionou.

Para Tomba, a isenção que a governadora está dando sob o argumento de tratar-se de incentivo para a indústria, está sendo feita “com o chapéu alheio, com um dinheiro que não é dela”.


UFRN apresenta aos seus gestores linha mestra do Parque Científico Tecnológico do RN

Airton Bulhões,

   A assessora e coordenadora do projeto do Parque Científico Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX), Ângela Maria Paiva Cruz e o diretor da Agência de Inovação (AGIR) da UFRN, Daniel Pontes detalharam nesta terça-feira aos gestores da Universidade os diversos aspectos gerenciais e de viabilidade do Parque, bem como situaram de que forma a iniciativa está alinhada com as diretrizes institucionais da instituição.

  Ângela Paiva  ex-reitora acrescentou que “o aspecto de utilização de, por exemplo, tecnologias para o semiárido foi uma das observações da equipe do Banco Mundial como fator de relevância do projeto para a nossa região”.

   O Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX) está localizado na cidade de Macaíba/RN e uma área prevista de 50 hectares integra o projeto de inovação proveniente da parceria entre Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs), Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Federação das Indústrias, Federação do Comércio, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e prefeituras da Região Metropolitana de Natal.

  O PAX tem vocação inicial nas áreas de energias, reabilitação em saúde e tecnologia de informação com ampla oferta de espaços e serviços para as entidades apoiadoras e empresas.

  O Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo contará também, em seu ecossistema, com incubadora e aceleradora de empresas, oferta de serviços de propriedade intelectual por meio da Agência de Inovação da UFRN e de diversos laboratórios de pesquisa e inovação das ICTs associadas.



Natal vai receber na próxima semana 13º Encontro Brasileiro de criadores de Búfalos

Airton Bulhões,

   Será realizado em Natal no período de 23 a 26 de outubro o 13º  Encontro Brasileiro de Babalinocultores, no Hotel Ocean Palace Beach Resort, com a expectativa de 300 participantes nos quatro dias de evento.

  Para debater mais sobre o mercado o evento terá conta com público de criadores de búfalos, professores universitários, estudantes de veterinária e do agronegócio, além  e produtores de toda cadeia da carne e do leite.

  De acordo com o criador, Francisco de Assis Velos, criador de búfalos desde o ano 2000 e presidente da comissão organizadora do Encontro de Bubalinos,  sua criação mostra que é um mercado que está em franca expansão. 

  Diversos assuntos serão abordados, dentre eles, a qualidade da carne bubalina, mercado de exportação para carne de búfalos e seus derivados e novas alternativas para o mercado do leite bubalino,

  Serão realizadas palestras com abordagens sobre a criação de búfalos  e uma visita a Fazenda Tapuio para conhecimento dos sistemas de pastejo rotacionado de sequeiro, incluindo os sistemas de cria e ordenha em carrossel sem ocitocina e sem bezerro.

  Na oportunidade, acontecerá entrega dos prêmios “Mérito Criador”, “Mérito Empresa” e “Mérito Científico”.

SAIBA MAIS

  O rebanho brasileiro de búfalos, com cerca 1.371.000 animais em 2016, é o maior do Ocidente..

  Sua exploração comercial é realizadas no Brasil em 16 mil fazendas empregando mais de 80 mil pessoas no campo e vem apresentando desde 2011 crescimento significativamente superior ao observado em bovinos, suínos, ovinos ou frangos.

  O Rio Grande do Norte também vem tendo desempenho na produção de carne, leite e queijo de leite de búfalos e tem um dos maiores rebanhos do país, com 1.400 búfalos. A fazenda Tapuio é modelo na criação e produção de produtos para exportação.

 Em 2017, o faturamento dos criadores e indústrias no Brasil chegou a um R$ 1,1 bilhão.

O búfalo fornece carne e leite. O leite de búfala tem mais gordura do que o de vaca, e está na muçarela, no queijo frescal, na ricota e na burrata.

  O índice de gordura da carne de búfalo é muito menor do que o da carne bovina, permitindo uma carne magra e saudável.

  No Brasil, são comuns quatro raças de búfalo: uma de origem italiana, a Mediterrâneo; duas indianas, a Murrah e a Jafarabadi. E a Carabao, de origem filipina, a única adaptada às regiões pantanosas.

  No Brasil ela é encontrada na ilha de Marajó, no Pará, local onde os búfalos foram introduzidos no país no final do século XIX

Mais informações sobre o evento e inscrições   pelo site: http://encontrodebubalinocultores.com.br/

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO:

Dia 23: coquetel de recepção e apresentação de atração local. Na oportunidade, lançamento do livro “Mozzarella de Búfala”, no Ocean Palace do escritor e criador de búfalos Ângelo Citro, com 30 anos de experiência no Brasil.

Dia 24: dia da carne – 09 as 13h00 - 4 palestras de 40 minutos e mesa de discussão por 1 hora. Tarde livre.

✓ Ricardo Pessoa (UFRPE) – Qualidade da carne bubalina

✓ Nestore (BUBRAS) – Mercado da carne bubalina no Brasil

✓ Armando Cadoppi (ARG) – Mercado de exportação para carne de búfalos e seus derivados

✓ André Jorge (UNESP) – Exigências nutricionais de bubalinos em condições tropicais

Dia 25: dia do leite - 09 as 13h00 - 4 palestras de 40 minutos e mesa de discussão por 1 hora. Tarde livre.

✓ Adriano Rangel (UFRN) – Qualidade do leite bubalino

✓ João Rosseto (Agrodinâmica) – Custos de produção de leite bubalino a pasto

✓ Rodrigo Vasconcelos (Bufalus Agropecuaria Ltda) – Bubalinocultura leiteira como opção econômica para a Zona da Mata Sul de PE

✓ Otávio Bernardes (Fazenda Paineiras da Ingaí) – Novas alternativas para o mercado do leite bubalino

Dia 26:

Búfalo Tour – 09 as 16h00

✓ visita a Fazenda Tapuio para conhecimento dos sistemas de pastejo rotacionado de sequeiro, incluindo os sistemas de cria e ordenha em carrossel sem ocitocina e sem bezerro

✓ Utilização das culturas da Palma e Pornunça em sistema de pastejo direto

✓ Happy hour com degustação de queijos e búfalo inteiro no rolete

✓ Entrega dos prêmios Mérito Criador, Mérito Empresa e Mérito Científico



Bilhete aéreo cai 16,85% e empresas “low cost” vão acirrar concorrência

Airton Bulhões,

  Pesquisa Mensal do Comércio, divulgada nesta sexta-feira  pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No acumulado de janeiro a setembro deste ano, o preço do bilhete teve uma queda de 16,85%, item não-alimentício com a maior redução para o consumidor brasileiro.

O Ministério do Turismo criou um grupo de trabalho que buscará reduzir o preço das passagens aéreas, além de aumentar o número de rotas para atender diversos destinos turísticos do país. Um dos objetivos será buscar o equilíbrio entre oferta e demanda com políticas públicas mais eficazes para tornar os modais de transporte mais integrados e estruturados.

Melhorias de infraestrutura dos aeroportos, conectividade e atração de investimentos são algumas das iniciativas a serem desenvolvidas.

A chegada das empresas “low cost” devem representar ainda uma importante ferramenta para melhorar o preço das passagens aéreas para os brasileiros.

  Ao todo, cinco empresas já demonstraram interesse em operar no país: a Air Europa, que já demonstrou interesse em atuar no mercado doméstico; a Sky e a Norwegian, que já estão realizando voos internacionais; a Flybondi, que começará a operar nesta sexta-feira (11/10), e a JetSmart, que voará no país a partir de dezembro.

SAIBA MAIS

O Brasil tem mais uma empresa aérea low cost operando para o país. A companhia argentina Flybondi realizou seu voo inaugural nesta sexta-feira saindo de Buenos Aires e chegando ao Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

  Autorizada a operar pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em julho, a Flybondi é a terceira low cost estrangeira a voar para o Brasil.


21-40 de 1945