Volta a crescer demanda por voos domésticos em junho em relação a maio

Airton Bulhões,

   Segundo dados da pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR)  a demanda por voos domésticos, medida em passageiros-quilômetro transportados (RPK), registrou crescimento 19,2% em junho, em comparação com o mês anterior.

  A oferta, calculada em assentos-quilômetro oferecidos (ASK), teve aumento de 21,0% na mesma comparação.

 No mercado internacional, a demanda (RPK) mostrou elevação de 25,2% e a oferta (ASK) retração de 2,7%, diante de abril deste ano.

  Seguindo recomendação da ANAC, a ABEAR mostra a seguir a comparação do desempenho operacional do setor em junho, em relação a igual mês de 2019.

 Nesse levantamento, a demanda por voos domésticos (RPK) registrou queda de 31,8%, com redução de 31,2% na oferta (ASK).

  A taxa de ocupação das aeronaves ficou em 80,9%, recuo de 0,8 pontos percentuais.

   No total, embarcaram 4,2 milhões de passageiros no período, retração de 39,4%.

  No mercado internacional, a demanda (RPK) teve queda de 85,0% e a oferta recuou 67,0%. O aproveitamento dos aviões foi de 39,1%, redução de 46,7 pontos percentuais.

rmnYWJu.jpg

Feira de Franquias do Nordeste em Recife será presencial de quinta a sábado no RioMar

Airton Bulhões,

Confirmada a realização da segunda edição da feira EFN – Expo Franquias Nordeste, que acontece de 29 a 31 de julho no RioMar Shopping, no Recife.

 Terá mais de 50 marcas com opções de negócios em diversas áreas como alimentação, estética, saúde, educação, imóveis, entre outros.

 A exposição terá uma área de 2 mil m², com 100% dos estandes comercializados, e uma expectativa de público de três mil pessoas durante todo o evento.

 O mercado de franquias nordestino é um grande polo de expansão. Segundo dados da ABF, a região cresceu 1,3% no faturamento no 1º trimestre de 2021 somando mais de R$ 5,7 bilhões, sendo Pernambuco e a Bahia como um dos principais responsáveis por esses números positivos.

A Expo Franquias Nordeste foi a única feira de franquias em 2020 e será a primeira realizada presencialmente este ano no Brasil com o apoio da Associação Brasileira de Franchising (ABF), cumprindo todos os protocolos de higienização.

 É promovida pela Insight Feiras & Negócios com patrocínio do Banco do Nordeste, da Ecodesinfect e apoio do RioMar e Sebrae/PE.

“A EFN é um reflexo do mercado de franquias que é resiliente e se adaptou rapidamente aos novos tempos. Resistimos firmes e dignos, provando com profissionalismo e inteligência, isso evitou danos maiores. Com a flexibilização e a melhora nos indicadores, sentimos um impacto positivo na economia e com isso vamos em frente para mais um evento levando o sucesso das marcas expositoras ao conhecimento de todos”, afirma o diretor regional da ABF Nordeste, Candido Espinheira.

O secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes, destaca a importância da Expo Franquias dentro do cenário de retomada do turismo e a economia no Estado.

 "O turismo de negócios foi, infelizmente, uma das áreas mais afetadas na pandemia, por isso ficamos felizes por ver a realização de um evento como este exatamente neste momento em que começamos a retomar o nosso turismo, com mais voos para o Recife, com a flexibilização das atividades do setor.”

Entre as marcas já confirmadas, Bob´s, Unhas Cariocas, Ortobom, Outlet Lingerie, Estetic360, Chiquinho Sorvete, Constance, Grau Profissionalizante, RST Previdência Franchising e RE/Max.

O evento acontece das 14h às 22h nos dias 29 e 30 (quinta e sexta-feira) e das 14h às 21h no dia 31 (sábado), conforme horário do mall. O credenciamento de visitantes está aberto no site https://expofranquiasne.com.br.


EFN - EXPO FRANQUIA NORDESTE

Data: 29 a 31 de julho de 2021

Horário: 14hs às 22hs

Local: Piso L3 do Shopping RioMar (endereço desse Shopping)

Credenciamento: https://expofranquiasne.com.br.

UdOSZWB.jpg

Energia eólica debate política e mercado para o setor em fórum a ser realizado em Natal

Airton Bulhões,

   Será realizado nesta quinta-feira (dia 29) em formato online o 13º Fórum Nacional Eólico – Carta dos Ventos 2021 vai reunir os principais nomes da economia, política e mercado do Brasil para discutir projetos, evolução e perspectivas para setor que mais cresce no país.

  O pioneirismo na implantação das primeiras usinas eólicas, culminando com a posição de líder nacional do setor, colocou o Rio Grande do Norte no centro do mapa da indústria eólica brasileira.

   Hoje o RN já concentra 177 empreendimentos em operação, sendo líder nacional em potência instalada, com 5,2 GW.

   De acordo com dados do CERNE, o estado possui ainda 52 empreendimentos em construção (1,8 GW) e outros 78 contratados com construção não iniciada (3,1 GW), sem contar com os contratos do último leilão.

  O setor também ganhou destaque nos últimos leilões A-3 e A-4 para compra de energia, que renderam um montante de R$ 4 bilhões em investimentos para construção de novas usinas eólicas, com início de operação a partir de 2024 e 2025.

   Nesse quesito, o Rio Grande do Norte saiu na frente e consagrou-se como o estado que mais arrematou projetos nos dois certames, garantindo 350,6 MW em contratação de projetos para geração de energia eólica.

  Serão investidos cerca de R$ 1.4 bilhões na implantação dos parques no RN.

  “Os números desses leilões representam, em uma lógica de mercado, cerca de um terço do que realmente será investido na economia do estado. Ou seja, até a operacionalização desses parques, nossas projeções é que sejam investidos mais de R$ 4 bilhões nos próximos quatro anos”, informou o diretor presidente do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), Darlan Santos.

  Será realizada a 12ª edição do FNE que vai contar com a participação de autoridades políticas e gestores, entre eles o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, o Diretor Geral do Idema/RN, Leon Aguiar, o Diretor presidente do CERNE, Darlan Santos, pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), além da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), IBAMA, Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), e empresas gigantes do setor com atuação no RN.

13º Fórum Nacional Eólico 2020

·  Data: 29 de julho de 2020 (quinta-feira)

·  Hora: início às 09h

·  Ambiente online

·  Inscrições gratuitas: www.cartadosventos.com.br



Consumidor não é necessário fornecer CPF ao efetuar compras multa pode chegar a R$ 50 milhões

Airton Bulhões,

  Muitos estabelecimentos comerciais, em sua grande maioria farmácias e supermercados exigem CPF dos consumidores para poder dar o desconto nas compras.

  . Mas isso é correto? Quando o comerciante pode e quando não pode pedir CPF em troca de desconto? Quem responde a essas perguntas é o professor da FGV Direito Rio, Nicolo Zingales, que integra a equipe do Centro de Tecnologia e Sociedade (CTS) da FGV Direito Rio.

  Segundo o docente, especialista na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), em uma farmácia, por obrigação legal, o que pode ser exigido é a receita médica para remédios controlados, o que pode incluir a identificação do individuo e informação sensível sobre a sua saúde.

  Caso a receita não seja necessária, o consumidor não precisa fornecer dado nenhum. Já em supermercados, também não é necessário fornecer dado algum, pontua o especialista.

  Com relação aos descontos, o professor da FGV Direito Rio esclarece que os estabelecimentos podem condicionar o fornecimento de descontos à informação prévia do CPF.

  No entanto, os valores devem ser razoáveis e o procedimento deve ser feito com transparência sobre a utilização desses dados. "A depender do montante, podem ser equiparados à chantagem", explica.

  Além disso, segundo o especialista, existe uma grande falta de informação sobre as finalidades do tratamento dos dados pessoais envolvidos na associação do CPF aos produtos comprados, o que é expressamente exigido pela LGPD.

   Somando a isso, algumas farmácias estão utilizando termos de consentimento pré-preenchidos, o que pode ser questionado pela LGPD por não ser livre e inequívoco.

  De acordo com o integrante do CTS da FGV Direito Rio, a lei também considera nulo o consentimento obtido com base em informações fornecidas ao titular que tenham conteúdo enganoso ou abusivo ou que não tenham sido apresentadas previamente com transparência, de forma clara e inequívoca.

  "Segundo o direito de proteção aos consumidores, pode-se considerar abusiva qualquer prática contratual que coloque o consumidor em desvantagem exagerada, ou seja incompatível com a boa-fé ou a equidade. A mesma presunção legal de vulnerabilidade e hipossuficiência do consumidor aparece na LGPD em relação aos titulares de dados e às empresas controladoras/operadoras de dados", esclarece Nicolo Zingales.

SAIBA MAIS

   A partir do próximo 1º de agosto, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) poderá aplicar as sanções previstas na Lei nº 13.709/2018.

O prazo inicial era fevereiro de 2020, mas a data foi adiada pela Lei nº 14.010/2020 (que dispõe um Regime Jurídico Emergencial e Transitório as relações jurídicas de Direito Privado (RJET) no período da pandemia do coronavírus).

  Entre as punições previstas, a que mais preocupa as empresas é a aplicação de multas, que podem chegar a R 50 milhões. Também será possível bloquear o tratamento de dados, o que pode inviabilizar modelos de negócio que não protejam as informações pessoais dos brasileiros.

2IIcKmz.jpg



Ministério anuncia em Natal primeira fase do Digitaliza Brasil e recursos para Infovia Potiguar

Airton Bulhões,

 Nesta segunda-feira (26), o ministro das Comunicações, Fabio Faria, estará em Natal para anunciar o resultado da primeira fase do programa Digitaliza Brasil, que desligará o sinal analógico de 97 municípios do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, além da segunda fase do edital, que prevê a inclusão de mais 161 municípios da Paraíba e do Maranhão para receber o sinal digital.


Mais de 250 municípios do nordeste brasileiro poderão desligar o sinal analógico e entrar de vez na era digital

  No mesmo dia o Ministério das Comunicações também vai anunciar mais recursos para a conclusão da Infovia Potiguar.

  Serão mais R$ 6 milhões para o trecho que interliga Caicó, Currais Novos, e Santa Cruz.

  Outros R$ 4 milhões serão destinados à construção de dois trechos de longa distância interligando Santa Cruz, Canguaretama e Natal.

  A Infovia Potiguar se interliga ao Programa Nordeste Conectado, que está presente nas cidades de Mossoró e Caicó.

SERVIÇO

Ministério anuncia TV digital para municípios e recursos para Infovia Potiguar

 Data: 26/7 (segunda-feira)
 Hora: 10h
 Local: Holliday Inn 

LRjviIR.png

Natal recebe encontro regional Connected Smart Cities & Mobility.

Airton Bulhões,

   Natal vai receber no próximo dia 27 (terça-feira) o encontro regional do Connected Smart Cities & Mobility.

  Natal faz parte da agenda de pré-eventos regionais, que acontecem desde fevereiro, para que governo, entidades, e empresários possam debater ideias e pensar projetos no contexto das Smart Cities.

O Connected Smart Cities & Mobility, iniciativa da Necta - Conexões com Propósito, tem o objetivo de discutir iniciativas de smart cities, no contexto nacional e, também, regional.

   Desta vez, a contextualização será sob a ótica da realidade natalense. Os encontros regionais fazem parte da agenda de eventos de 2021, contemplando as 27 capitais do país.

  A iniciativa reúne especialistas em smart cities e acontece ao vivo, em formato virtual. É necessária a inscrição prévia pela plataforma do evento.

  O inscrito recebe o link de acesso por e-mail. A pauta principal é apresentar o Plano de Desenvolvimento de Cidades Inteligentes para Natal, tomando por base os dados registrados no Ranking Connected Smart Cities de 2020.

  Conforme o estudo, Natal ficou na75a. posição geral do Ranking. A cidade é a  posicionada no recorte da Região Nordeste e a 2colocada entre as cidades com mais de 500 mil habitantes.

   Natal subiu 2 posições no recorte de TECNOLOGIA E INOVAÇÃO do Ranking Connected Smart Cities e ocupa hoje a 15ª posição.

Dentre os destaques da cidade, está a infraestrutura tecnológica oferecida a empresas e população. São quase 56% das conexões de banda larga, com velocidade superior a 34 mb.

"Somos a principal plataforma do ecossistema de cidades inteligentes e mobilidade urbana no Brasil e fomentar esse tema da forma mais abrangente faz todo o sentido para o nosso trabalho. Os encontros e outras atividades permitem que o debate e as boas práticas para as cidades e a mobilidade urbana alcancem mais municípios. Para tanto, contamos com o envolvimento dos vários atores com atuação no desenvolvimento mais sustentável das cidades", disse Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility.

  As discussões dos encontros regionais focam 11 eixos temáticos, que devem avaliar a mobilidade, o urbanismo, o meio ambiente, a educação, a saúde, a segurança, a energia, o empreendedorismo, a tecnologia e inovação, a governança e a economia, priorizando sempre a realidade local.

Serviço:

Encontro Regional Natal do Connected Smart Cities & Mobility 2021

Data: 27/07

Horário: 09h00 (horário de Brasília)

Inscrições gratuitas 

Realização:Necta - Conexões com Propósito

Co-realizadorUrban Systems Brazil

Pfl7WvE.jpg

Segunda fase da reforma tributária isenta 8 milhões de contribuintes de pagarem IR

Airton Bulhões,

  A Eqüitem empresa especializada em soluções tributárias, explica as novas mudanças e oferece serviços tecnológicos para a simplificação do novo trâmite tributário analisa a  segunda fase da reforma tributária que traz novas regras do Imposto de Renda para a tributação de investimentos, pessoas físicas e jurídicas

  A alteração permite que mais de 8 milhões de brasileiros se tornem isentos, elevando o total para 16 milhões de pessoas que não recolhem o imposto.

   As medidas promoverão também a unificação das alíquotas, acabando com o   escalonamento do IR. Novo modelo altera alíquotas em todas as divisões tributária.

.  O reajuste que já estava em pauta há anos no Congresso Nacional foi apresentado a Câmara dos Deputados.

   Para que as mudanças propostas entrem em prática, o texto precisa ser aprovado ainda em 2021.

   Dentre os destaques das alterações sugeridas pelo projeto de lei, está a o aumento da faixa de isenção do IR para Pessoa Física, e a inclusão de uma alíquota de 20% dentro da categoria.

   Outra novidade importante para estes contribuintes é que aqueles que recebem até R 40 mil no ano podem optar pela declaração simplificada dos tributos.

Pessoa Jurídica

Dentro da divisão Jurídica, as empresas também terão alíquotas reduzidas de forma anual, chegando a 10% em 2023, mantendo o adicional de 10% que incide sobre os lucros mensais.



Pesquisa mostra que turismo doméstico tem recuperação gradual

Airton Bulhões,

 Depois que os voos em geral foram suspensos e os viajantes ficaram em casa em 2020, o retorno às viagens se tornou uma das atividades mais esperadas - e incertas - de 2021.

  Apesar das viagens aéreas continuarem significativamente reduzidas em todo o planeta, alguns países já apresentam resultados como indica o relatório "Recovery Insights: Ready for Takeoff?", realizado pelo Mastercard Economics Institute.

  No Brasil, por exemplo, a quantidade de voos domésticos reservados em maio já demonstra uma recuperação, com 64% do total registrado no último trimestre de 2019 - de acordo com a análise, um quinto dos países retornou a pelo menos 90% dos níveis pré-pandêmicos em relação aos voos domésticos.

  Atualmente no Brasil as viagens realizadas por motivos de trabalho/corporativos já chegaram a quase metade (45%) dos níveis pré-pandemia, enquanto as por lazer ou outras razões ainda estão em um terço (33%).

   Situação bem diferente dos Estados Unidos, onde embora ainda haja espaço para recuperação dos voos corporativos (que chegaram a 64% dos níveis pré-pandemia), a quantidade de viagens de lazer já é 18% maior do que os níveis registrados no último trimestre de 2019.

  O consumo de combustível também aumentou globalmente 13% em relação ao pico anterior em 2019. Atualmente, no Brasil, os gastos com gasolina são 31% maiores do que eram no último trimestre de 2019, indicando um maior número de viagens terrestres.

SAIBA MAIS

  Nos  EUA (onde os níveis já são 3% maiores do que eram antes da pandemia), Austrália e França - estão excedendo as reservas de voos domésticos pré-pandêmicos, outros - como Canadá, Tailândia e Nova Zelândia - mostram apenas uma fração de onde estavam antes do início da pandemia.

bhztiBr.jpg

Bolsa Família será de R$ 300 a partir de novembro deste ano

Airton Bulhões,

  O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira  à Rádio Itatiaia o aumento do valor do Bolsa-Família para R$ 300, a partir de novembro deste ano.6t3pSB4.jpg

   A Itatiaia alcança cerca de 800 dos 853 dos municípios mineiros. A Rede ITASAT de Comunicação, que retransmitiu a entrevista, conta com mais de 60 rádios do interior de Minas.

  “Vai ser um aumento de mais de 50%. Sei que é pouco, mas é o que a Nação pode dar. Estamos prevendo em torno de 22 milhões de pessoas recebendo o Bolsa-Família a partir de dezembro. É um número assustador. Esperamos pacificar a questão do Bolsa Família, com esse valor, a partir de novembro”, garantiu o presidente

Bolsa Família é um programa de transferência de renda do Governo Federal, tendo sido iniciado no governo Lula, através de Medida Provisória convertida em lei em 9 de janeiro de 2004. Atualmente o programa beneficia cerca de 13,9 milhões de famílias.

  Destinado às famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que tenham em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças e adolescentes de 0 a 15 anos.

  O valor de cada benefício é de R$ 41,00 e cada família pode acumular até 5 benefícios por mês, chegando a R$ 205,00.



Assaí faz promoção para consumidores para pagamentos com vale alimentação em suas lojas

Airton Bulhões,

   A partir deste mês os clientes do Assaí Atacadista que usarem o vale-alimentação como forma de pagamento para as suas compras poderão concorrer a vales-presentes no valor de R$ 20 na mesma hora.

  Além dos preços baixos e o amplo mix de produtos característicos da empresa, o Assaí traz esta nova promoção para ressaltar as facilidades de pagamento disponibilizadas por suas lojas.

  A cada R$ 100 em compras, os clientes que utilizarem o benefício para o pagamento de seus produtos (exceto cigarros, recargas de gift cards e bebidas alcóolicas) concorrem à premiação dos vales-presentes direto no caixa.

  O sorteio é realizado na hora e os vencedores retiram o prêmio no balcão de atendimento ao cliente de cada loja. O valor é cumulativo e cada R$ 100 em compras dá direito a uma nova participação no sorteio. A campanha terá duração até o dia 31/8.

  Para a promoção, são aceitas as principais operadoras desta modalidade do país, entre elas a VR, Ticket, Alelo e Sodexo.

  Além da possibilidade do pagamento com o vale-alimentação, o Assaí também disponibiliza o parcelamento das compras de produtos alimentares em até 3x sem juros no cartão Passaí, e em até 2x nas demais bandeiras de crédito, para quem deseja maior fôlego para o abastecimento dos estoques em seu momento de compras.

SAIBA MAIS

 A lista completa dos cartões de vale-alimentação aceitos nas lojas e o regulamento completo pode ser acessado em www.assai.com.br.

5ExqrgU.jpg

Banco24horas orienta correntistas direito a cinco saques grátis nos caixas eletrônicos

Airton Bulhões,


  O Banco24Horas reuniu 5 dicas para orientar correntistas com saques em caixas eletrônicos

  . Com cerca de 150 instituições conectadas e dezenas de opções de serviços financeiros nos caixas eletrônicos, a empresa dá dicas para economizar dinheiro nos saques

  Segundo o Banco Central na resolução 3.919/2010 prevê 4 saques grátis todos os meses, mas com o surgimento de empresas, que não se enquadram nesta regulamentação, existem casos em que os clientes pagam para a retirada do dinheiro.

Todos os brasileiros com conta corrente têm direito a, no mínimo, 4 saques grátis todo mês. Esse é um direito garantido pela resolução 3.919/2010 do Banco Central que pode ser utilizado nos mais de 23,7 mil caixas eletrônicos do Banco24Horas.

VEJA AS ORIENTAÇÕES

• Se tiver dinheiro na poupança, você também pode sacar de graça

Além dos 4 saques grátis na conta corrente, a resolução 3.919/2010 do Banco Central também garante o dtêmireito de até dois saques grátis para aquelas pessoas que querem tirar dinheiro da conta poupança. Para conferir se instituição possui essa gratuidade disponível, basta acessar o site ou aplicativo do Banco24Horas.

• Não pague para sacar, se ainda não utilizou os 4 saques grátis

Além do direito aos saques grátis para todos os correntistas de contas corrente ou poupança, é possível aumentar o número de transações sem custo contratando um pacote de serviço oferecido pelas instituições financeiras. Mas é importante ficar atento para nunca ultrapassar o limite, pois se isso acontecer, o banco poderá cobrar uma taxa para cada transação realizada.

• Não confunda o saque do seu dinheiro com o pagamento de contas

A regulamentação dos 4 saques grátis do Banco Central não dá cobertura para pagamentos. Atualmente há instituições que permitem o saque mediante o pagamento de um boleto ou código, mas essas transações incluem taxas.

• Você pode sacar o seu dinheiro da maneira que preferir

Os clientes das instituições financeiras conectadas ao Banco24Horas podem ter acesso ao dinheiro físico com a utilização do cartão, sem cartão e através do Código QR, o Saque Digital. Independente da forma que escolher, para evitar o saque pago, é importante conferir sempre se a Instituição se enquadra nos requisitos do Banco Central e oferece os 4 saques grátis por mês.

XCqjkhh.jpg

Fecomércio fecha parceria com Iwof formando banco de dados para geração de emprego e renda

Airton Bulhões,

   A  Federação do Comércio do RN  fechou uma parceria  para geração de emprego e renda para uma nova ferramenta tecnológica com a Iwof, aplicativo para geração de trabalho.

  O acordo foi assinado nesta sexta-feira  durante o lançamento do "Programa Fecomércio com VC", em Natal.

  Segundo  Kedson Silva, CEO da Iwof  já são mais de 17 mil trabalhadores cadastrados que conseguem alcançar uma renda até três vezes maior do que no mercado convencional.

  “Nossa operação foi iniciada durante a pandemia e já conseguiu gerar mais de 160 mil horas de trabalho no Rio Grande do Norte. O apoio da Fecomércio vai ampliar nossa expansão e certamente chega para validar os avanços que alcançamos em tão pouco 'tempo”.

   Para a Fecomércio, a plataforma é uma importante ferramenta para empresas e trabalhadores.

   “A Iwof chegou para ser mais uma opção, especialmente nesse momento atual de pandemia. Vamos gerar novos postos de trabalho e as empresas terão condições de reduzir suas despesas, auxiliando na retomada da economia em todo o estado. A tecnologia é uma forte aliada para empresários e trabalhadores”, comemorou Marcelo Queiroz, presidente da Fecomércio.

  Baseado na tecnologia 4.0, a Iwof é a única ferramenta do mundo que oferece oportunidades para mão de obra especializada.

   A startup oferta soluções para o trabalhador desempregado ou mal remunerado, e para empresas que enfrentam desafios para honrar os compromissos com altas despesas com a folha pessoal.

  Usuários da Iwof podem escolher os dias e horários que pretendem trabalhar. 

SAIBA MAIS

  O processo todo é muito simples. O trabalhador faz o cadastro na plataforma e aguarda a oferta de vagas para as oportunidades que são compatíveis com as suas habilidades profissionais.

  Caso ele seja selecionado, realiza o treinamento na própria plataforma e segue para realizar o serviço no dia e horário combinado pelo empregador.

   As empresas economizam tempo e dinheiro com processos de recrutamentos.

 Outra grande vantagem para o empresário é ofertar vagas para demandas específicas.

  Por exemplo, se uma empresa sabe que o seu movimento é mais forte no fim de semana, ela pode recrutar interessados para aquele período específico.

A plataforma está disponível para IOS e Android. Empresa interessadas em ofertar vagas de trabalho podem fazer o cadastro por meio do site http://www.iwof.com.br. fico"

N9M3Cw7.jpg

Brasileiros ainda estão apreensivos em relação à economia e apontam dificuldades financeiras

Airton Bulhões,

   Segundo pesquisa do Radar Febraban (Federação Brasileira de Bancos) permanece grande o número de brasileiros apreensivos em relação à economia do país e apontando dificuldades financeiras na sua vida e da sua família.

  Metade dos entrevistados (52%) não acredita que a situação financeira pessoal se recupere ainda esse ano, enquanto 23% são mais otimistas - praticamente os mesmos percentuais do levantamento de março.

  Quanto à economia do país, o percentual de brasileiros preocupados permanece elevado, embora tenha ocorrido um recuo do pessimismo na comparação com a rodada anterior.

  Cerca de dois terços dos entrevistados (68%) não acreditam que a economia brasileira se recupere ainda esse ano - eram 75% em março. A expectativa de recuperação em 2021 cresceu para 13%, ante 9% no levantamento anterior.

  Apenas 13% acham que a economia brasileira tem chance de se recuperar ainda em 2021.

  Ainda predominam prognósticos desfavoráveis, mas houve melhoria da percepção sobre todos os aspectos econômicos avaliados, considerando os próximos seis meses, comparativamente à pesquisa anterior.

 Mais da metade da população (52%) acha que o desemprego vai aumentar (70%, antes), 73% apostam no crescimento da inflação/custo de vida 30%, 35% e 29%, respectivamente (80%, antes) e 72% da taxa de juros (76%, antes).

  Quanto ao acesso ao crédito das pessoas e das empresas, é maior o contingente que acredita em aumento (36%) do que em diminuição (26%), e para 33% vai ficar igual (esses percentuais eram 30%, 35% e 29%, respectivamente).

  Para 48% dos entrevistados, o poder de compra das pessoas deve diminuir, ao passo que 25% preveem um aumento e 23% consideram que não sofrerá alteração. No levantamento anterior, eram 64%, 16% e 18%.

 CONSUMO

  Sobre o futuro, caso a situação financeira melhore, cerca de um terço dos entrevistados deseja investir seus recursos extras em poupança (32%) ou outro tipo de investimento bancário (34%).

 Gastar com viagens é a opção de 29% dos entrevistados e para 27%, é mais interessante investir em imóveis.

  Destinar dinheiro extra para melhorar a sua educação e de seus familiares é opção de 26% das pessoas.

  Opções como reformar casa ou comprar carro foram mencionadas, respectivamente, por 24% e 19% dos entrevistados.

 

   Menos de um quinto cita a compra de eletrodoméstico e eletrônico (15%) e a contratação ou melhoria do plano de saúde (12%); a expectativa por investimento em seguros (carro, casa ou vida) é de 9% e em compra de moto é de 5%.

  Realizada no período de 18 a 25 de junho, 3 mil  entrevistados em todas as cinco regiões do País, a segunda edição do Radar Febraban avaliou a evolução da expectativa dos brasileiros.



Moura Dubeux comemora R$ 1,3 bi em lançamentos e R$ 1.1 bi em vendas nos últimos 12 meses

Airton Bulhões,

  A Moura Dubeux, maior incorporadora do Nordeste, conforme prévia operacional protocolada nesta segunda-feira na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), lançou sete empreendimentos no segundo trimestre, com valor geral de vendas (VGV) de R$ 501 milhões, alcançando R$ 592 milhões no primeiro semestre e R$ 1,3 bilhão nos últimos 12 meses.

 As vendas líquidas foram de R$ 383 milhões, crescimento de 400,7% em relação ao 2T20. Considerando o primeiro semestre, o número foi de R$ 627 milhões e R$ 1,1 bilhão nos últimos 12 meses.

  "Os número evidenciam que a demanda pelos nossos produtos continua consistente", observa Diego Villar, CEO da empresa, acrescentando: "Outro indicador positivo refere-se ao banco de terrenos, com a aquisição de oito áreas no segundo trimestre, que somam VGV potencial de R$ 721 milhões".

   No período, também houve R$ 24 milhões em geração de caixa, totalizando R$ 40 milhões no acumulado de 2021 e R$ 154 milhões nos últimos 12 meses.

  Os sete empreendimentos lançados no segundo trimestre somam 1.287 unidades e são os seguintes: dois na Bahia, ambos em Salvador (Dumare e Horto Essence); quatro em Pernambuco, sendo três em Recife (Mirage, Moinho e La Vie) e um em Porto de Galinhas (Beach Class); e um em Fortaleza, no Ceará (Jardino).

  Os edifícios juntam-se a dois outros lançados no primeiro trimestre (Olhar das Dunas, em Natal/RN, e Beach Class Verano, em Porto de Galinhas), totalizando 1.618 apartamentos no acumulado de 2021.

SAIBA MAIS

  A Moura Dubeux promoveu a “Operação Acreditar”, que reuniu entre os dias 8 e 10 de julho, no Recife, cerca de 50 profissionais de engenharia das cinco capitais nordestinas que atua: Natal, Recife, Maceió, Fortaleza e Salvador.

  As equipes participaram de conversas, palestras e estudaram tendências do setor, conhecendo as análises do cenário econômico e novas ferramentas de gestão e inovações ao mercado de construção civil.

  Estiveram presentes, os fundadores da construtora e incorporadora pernambucana, Aluísio, Marcos e Gustavo Dubeux.

a80GLzN.jpg

Ministros inauguram nesta segunda restauração do Antigo Armazém Real da Capitania

Airton Bulhões,

 Marcada para esta segunda-feira, às 11h30 pelos ministros do Turismo, Gilson Machado Neto e das Comunicações, Fábio Faria a restauração do Antigo Armazém Real da Capitania - Casa do Patrimônio, em Natal (RN). A obra contou com recursos do Iphan, vinculado ao Ministério do Turismo.

  Mais cedo, às 10h, os ministros realizam visita técnica as obras do Museu da Rampa, ao Memorial do Aviador e a outras quatro praças da capital potiguar: José da Penha, das Mães, Padre João Maria e o Largo Câmara Cascudo. 

  Participam da agenda ainda o secretário Especial da Cultura substituto, André Porciuncula e a presidente do IPHAN, Larissa Peixoto.

   Atual Superintendência do Iphan no Rio Grande do Norte. Prédio solidamente construído em alvenaria de pedra e cal. Era, ainda em 1752, citado como ponto de referência. É provável que em fins do século XIX, apresentasse a feição atual. Durante muitos anos, serviu como residência e comercio. 



Covid provoca mais óbitos e menos nascimentos no país segundo dados estatísticos dos cartórios

Airton Bulhões,

 O coronavírus vem alterando a demografia de uma forma nunca vista desde o início da série histórica dos dados estatísticos dos Cartórios de Registro Civil no Brasil, em 2003.

  Nunca se morreu tanto e se nasceu tão pouco em um primeiro semestre como neste ano de 2021, resultando na menor diferença já vista entre nascimentos e óbitos nos primeiros seis meses do ano.

  Em números absolutos os Cartórios brasileiros registraram 956.534 óbitos até o final do mês de junho.

   O número, que já é o maior da história em um primeiro semestre, é 67,7% maior que a média histórica de óbitos no País, e 37,3% maior que os ocorridos no ano passado, com a pandemia já instalada há quatro meses no País.

  Já com relação a 2019, ano anterior à chegada da pandemia, o aumento no número de mortes foi de 52,8%.

  Com relação aos nascimentos, o Brasil registrou o menor número de nascidos vivos em um primeiro semestre desde o início da série histórica em 2003.

  Até o final do mês de junho foram registrados 1.325.394 nascimentos, número 10% menor que a média de nascidos no País desde 2003, e 0,09% menor que no ano passado.

   Com relação à 2019, ano anterior à chegada da pandemia, o número de nascimentos caiu 8,6% no Brasil.

  O resultado da equação entre o maior número de óbitos da série histórica em um primeiro semestre versus o menor número de nascimentos da série no mesmo período é o menor crescimento vegetativo da população em um semestre no País, aproximando-se, como nunca antes, o número de nascimentos do número de óbitos.

   A diferença entre nascimentos e óbitos que sempre esteve na média de 901.594 mil nascimentos a mais, caiu para apenas 368.860 mil em 2021, uma redução de 59,1% na variação em relação à média histórica.

   Em relação a 2020, a queda foi de 41,4%, e em relação a 2019 foi de 55,2%.

  Embora 12,8% menor que a média histórica de casamentos no primeiro semestre no Brasil, o número de matrimônios em 2021 mostra uma pequena recuperação em relação às celebrações do ano passado.

. Até junho deste ano os Cartórios celebraram 372.077 casamentos civis, número 28,9% maior que os 288.750 matrimônios realizados no ano passado, mas ainda 18,6% menor que os 457. Estatística (IBGE), com base nos dados dos próprios cartórios brasileiros.139 casamentos celebrados em 2019.

SAIBA MAIS

Os dados constam no Portal da Transparência do Registro Civil (https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio), base de dados abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e óbitos praticados pelos Cartórios de Registro Civil do País, administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), cruzados com os dados históricos do estudo Estatísticas do Registro Civil, promovido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base nos dados dos próprios cartórios brasileiros.



Uber completa 7 anos no Brasil e virou uma realidade no país

Airton Bulhões,

    A chegada da Uber em 2014 completando 7 anos de atuação no Brasil tem transformado o modo como as pessoas se movimentam pelos centros urbanos.

  De Norte a Sul do País, em todos os estados, a tranquilidade de saber que há um carro disponível em poucos minutos pelo aplicativo, a qualquer hora e em qualquer dia da semana, fez com que a mobilidade compartilhada entrasse de vez na vida do brasileiro.

  Segundo uma  pesquisa da Opinion Box, realizada em setembro de 2020, 78% dos usuários de smartphone no país já realizaram viagens de carro por meio de aplicativo e, destes, 69% dizem usar a Uber com mais frequência.

  Além da mudança de hábitos, o serviço de mobilidade urbana apresentou a milhões de brasileiros uma nova opção de geração de renda, que pode ser ativada de maneira fácil e bastante flexível.

  Diversos estudos apontam que a chegada da Uber criou um novo ecossistema econômico no Brasil, com impactos tanto na mobilidade das cidades quanto no mercado de trabalho. 

  Só no Brasil, cerca de 68 bilhões de reais foram repassados aos parceiros de 2014 a 2020. 

  A flexibilidade de horários e a acessibilidade nas barreiras de entrada dos aplicativos permitiram que milhões de brasileiros encontrassem uma nova forma de renda dirigindo com aplicativos, como atividade complementar ou principal.

SAIBA MAIS

  Se em 2015 cerca de 6 mil pessoas dirigiam com o novo aplicativo que chegara há um ano no Brasil, hoje já são cerca de 1 milhão de parceiros usando a plataforma como opção de renda.

  Nos últimos anos, o período a partir das 19h de sexta-feira foi constantemente apontado como o que concentra o maior número de viagens em todo o País, seguido pelo sábado à noite.

  O pico de viagens nos horários típicos de happy hour está ligado a um outro hábito impactado pela chegada da Uber no País.

   A  empresa pagou mais de R$ 4,2 bilhões em tributos, tanto federais (como PIS, Cofins e Imposto de Renda) quanto municipais (como o ISS e outros).

GSgy9tu.jpg

Grupo Favorito abre segundo atacarejo em Macaíba e Extra vende eletro pelo Whatsapp

Airton Bulhões,

   A rede Favorito Supermercados inaugura nesta quarta-feira  em Macaíba, o seu segundo supermercado com conceito de atacarejo. Fica ano Centro da cidade,  com o empreendimento sendo reestruturado para funcionar também com ofertas de atacado. 

 Agora o grupo tem lojas em cinco municípios do Rio Grande do Norte.

O sistema de atacarejo funciona promovendo um mix de produtos para compras de grandes volume (atacado), mas preservando a estrutura do varejo (compras avulsas de produtos variados). 

  "Tivemos a nossa primeira experiência de atacarejo na Zona Norte, mas resolvemos ampliar essa novidade para os nossos clientes de Macaíba, onde a nossa história começou. O município já merecia um supermercado com esse conceito e ficamos felizes em entregar esse novo sistema para a população local", destaca Vinícius Gama, diretor comercial de rede

VzlxVqW.jpg

Extra comercializa eletros pelo Whatsapp

  Uma das principais características do Extra é garantir o poder de compra do consumidor. Assim, a marca dá mais um passo em busca desse objetivo e inicia a pré venda de itens de Eletro por meio do WhatsApp, garantindo a proximidade e praticidade aos clientes.

  Com o mote “Precisou de Eletro, fale no Meu Zap com o Extra Hiper”, o canal passa a funcionar como um suporte, no qual o cliente é direcionado imediatamente com as lojas do  Extra Hiper mais próximas.

SAIBA MAIS

  Para utilizar o WhatsApp, basta enviar uma mensagem para o número 11.4890-1078 ou clicar no link wa.link/5ga7ju e o consumidor receberá de imediato as lojas mais próximas para escolher para qual quer ser direcionado



Bancos oferecem 8.480 vagas para serem preenchidas em todo país

Airton Bulhões,

    Mesmo com o fechamento de agências físicas as instituições bancárias abriram portas para recrutar milhares de talentos com foco no crescimento de áreas como investimentos, comercial e de serviços digitais, bem como em melhorias no atendimento e na oferta de produtos mais atrativos para seus clientes – agora disputados não só entre os “bancões”, mas também com bancos digitais, corretoras e fintechs que balançaram o oligopólio do mercado.

  O terreno poucas vezes esteve tão fértil para quem tem planos de trabalhar em bancos ou em outros players do mercado financeiro: atualmente, existem 8.480 vagas abertas no Brasil. E para quem pensa que a prioridade é contratar veteranos do setor bancário, a realidade é justamente o oposto.

  De acordo com um levantamento feito pela EMB Carreiras, as seguintes instituições estão com processos seletivos abertos em todo o Brasil para contratação de, ao total, 4 mil especialistas e assessores de investimentos: Modal, BTG Pactual, Safra, Banco Inter, Bradesco, Santander, Itaú, Easynvest/Nubank, XP Investimentos, Pagbank, BS2, Agibank, Sicredi e Sicoob.

   Já o Banco do Brasil anunciou no dia 24 de junho que abrirá concurso para preencher 4.480 vagas para o cargo de escriturário (entre agentes comerciais e de tecnologia), sendo 2.240 imediatas e 2.240 para formação de cadastro de reserva.

 “As mudanças em curso nas instituições financeiras mudaram a dinâmica do jogo. Antigamente, tínhamos um perfil de profissional acostumado a trabalhar em bancos grandes, onde por décadas prestar um atendimento de excelência não era prioridade porque o cliente não tinha para onde ‘correr’.” como explica o economista Bruno Piacentini, sócio do Grupo Eu Me Banco e professor do PAAP (Programa Advisor de Alta Performance).

  Hoje o que não faltam são concorrentes oferecendo suporte e benefícios para fisgar novos correntistas. Os vícios antigos de atendimento, bem como a defasagem na certificação, devem ficar no passado. Os recrutamentos estão favoráveis para quem está iniciando a vida profissional e para pessoas que não são do mercado financeiro.

SAIBA MAIS

  Na visão de Bruno Piacentini, a área que mais concentra oportunidades de emprego nos bancos é a de investimentos.

  “Só o Itaú anunciou mais de 3 mil vagas, os bancos BTG, Bradesco e Modalmais têm contratado muitos profissionais especialistas em investimentos. Isso só citando alguns exemplos!”, lista o economista, que completa afirmando que há também um volume interessante de vagas abertas na área comercial, no backoffice e em setores voltados para o desenvolvimento e operação de serviços digitais.



Nordeste tem mais de 540 quilômetros de rodovias federais recuperadas

Airton Bulhões,

  O Brasil começa a experimentar outra realidade com a realização de obras que beneficiam a população o Ministério da Infraestrutura segue firme na missão de aprimorar a infraestrutura de todos os estados da região Nordeste do Brasil.

  Apenas no primeiro semestre, foram mais de 540 quilômetros restaurados de rodovias, 537 quilômetros da Ferrovia de Integração Oeste Leste, a Fiol 1, concedidos à iniciativa privada, além dos leilões de aeroportos e terminais portuários.

  No Rio Grande do Norte, foram liberados no Complexo Viário do Gancho de Igapó, na BR-101/406/RN, as vias marginais, as alças de acesso e a rotatória sob o viaduto.

  No estado, houve ainda a restauração rodoviária de 13 quilômetros considerados críticos na BR-405/RN. Os serviços contemplam municípios entre Mossoró e São Francisco do Oeste.

Um dos maiores estados do Brasil em extensão e população, a Bahia teve 242,9 quilômetros restaurados de rodovias federais.

   Houve trabalho do Ministério da Infraestrutura, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), em 67 quilômetros da BR-135; 77,6 quilômetros de pista pavimentada BR-235/BA; 16 quilômetros de pista duplicada na BR-116; e 22 quilômetros de pista duplicada na BR-101/BA.


1-20 de 2398