Terezinha Maia(PR) é a candidata com maior volume de recursos

Alexandre Cavalcanti,

A primeira dama de São Gonçalo do Amarante, Terezinha Maia (PR), candidata a deputada estadual, tem disponível em sua conta de campanha, 960 mil reais, depositados, segundo o site do TSE, pela direção nacional do Partido da República. Esse montante representa quase a totalidade dos recursos do Fundo Partidário para deputado estadual no Rio Grande do Norte.

A mulher do prefeito Paulo Emídio, de São Gonçalo, ganha longe do filho do prefeito Álvaro Dias, de Natal, Adjuto Dias (MDB), que recebeu, até agora, 6.900 reais em depósitos, e até do deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente estadual dos tucanos e da Assembléia Legislativa. Ezequiel tem 330 mil reais, apenas um terço das doações de Terezinha.

Até mesmo o deputado José Dias(PSDB), considerado um dos mais ricos da Assembleia, tem em sua conta de campanha apenas a quarta parte dos depósitos efetuados na conta da primeira dama de São Gonçalo: algo em torno de 270 mil reais, dos quais mais de 260, depositados pelo próprio candidato.

O deputado George Soares (PR), que disputa uma cadeira com Terezinha, recebeu doações de apenas 330 mil reais, novamente um terço das doações da primeira dama de São Gonçalo. Os depósitos na conta de George foram feitos pelo candidato a deputado federal João Maia, também, presidente Estadual do PR.

A diferença é maior, ainda, se comparados os depósitos de Terezinha com os de Mada Calado Maia (PT), filha do ex-prefeito Jaime Calado, e com os do vice-prefeito Eraldo Paiva (PT). Mada tem em sua conta 17.750 reais, e Eraldo, 22.500 reais.

Segundo o site do Tribunal Superior Eleitoral, o teto para gastos, na campanha de deputado estadual, é de 1 milhão de reais. Nenhum dos candidatos acima citados, ultrapassou, oficialmente, esse limite.

Tags: Deputado Gastos Recursos
A+ A-