Partidos fortalecem chapas proporcionais

Alexandre Cavalcanti,

O sistema de forças políticas que sustenta a candidatura de Carlos Eduardo Alves, - PDT, MDB, DEM e Podemos -, tenta motivar nomes de lideranças municipais para fortalecer as chapas proporcionais de deputados estaduais e federais. A idéia é fazer com que vereadores e outras lideranças entrem na disputa por uma cadeira na Assembléia e na Câmara Federal.

A vereadora Júlia Arruda(PDT) que, recentemente, rompeu com o prefeito Álvaro Dias, de Natal, pode retornar à base governista na Câmara e até mesmo retomar no seu projeto de ser candidata a deputada federal.

Em São Gonçalo do Amarante, o MDB tenta motivar o advogado Poti Neto a topar uma candidatura, também, a deputado federal. No mesmo município, o Podemos, partido do deputado Antônio Jácome, pode apresentar o nome do vereador pastor Edmilson Gomes.

As articulações estão sendo efetivadas, também, em outras regiões, a exemplo do Seridó e Oeste. As negociações devem estar concluídas até o final deste mês. Dia 4, os partidos que formam a coligação pró Carlos Eduardo farão duas convenções.



Tags: Candidaturas Chapas Fortalecimento
A+ A-