Ninguém lembrou, ainda, do interesse público

Alexandre Cavalcanti,

O Centrão vai continuar dando as cartas na Câmara Federal. O grupo reúne deputados majoritariamente do PP e do PR, mas tem simpatizantes em vários outros partidos. O fato é que sem esse grupo, ninguém aprova nada que necessite de quórum qualificado. 

É Centrão ou Blocão? Pouco importa. O que ninguém tá se tocando é outra coisa muito mais relevante. Por onde anda, por exemplo, o interesse público? Esse grupo de deputados foi quem criou, no governo José Sarney, o primeiro civil na presidência pós golpe de 1964, o tradicional toma lá dá cá, a versão corrupta da oração de São Francisco "é dando que se recebe".

O Blocão, ou Centrão, não é um bloco fisiológico isolado. No Congresso, a expressiva maioria segue essa cartilha. O Centrão, entretanto, historicamente, é mais fisiológico que os demais. Bem mais.

Tags: Blocão Centrão Fisiologismo
A+ A-