Muitos candidatos e apenas 24 cadeiras

Alexandre Cavalcanti,

Os observadores políticos começam a fazer as contas e já admitem uma renovação de aproximadamente 30%, na composição da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte. Como apenas o deputado Fernando Mineiro (PT) não é candidato a estadual, a estimativa é de que seis, dos atuais 24 deputados, não renovem seus mandatos.

A pressão de quem quer entrar é muito grande, Terezinha Maia (PR), mulher do prefeito de São Gonçalo, Paulo Emídio (PR), aparece no topo da lista dos novos deputados, com um potencial eleitoral acima de 50 mil votos. Ederlinda Dias (PSD), cunhada do prefeito Fernando Cunha(PSD), também, aparece bem colocada.

O PSOL quer inaugurar sua participação na Assembléia Legislativa; a coligação de partidos nanicos, - Avante, PTC, PMB, PRB -, acredita fazer três deputados estaduais. À frente estaria a candidata Elaine Neves. O Solidariedade, do deputado Kelps Lima quer fazer mais um, além do próprio.

O MDB que tem hoje dois deputados estaduais, - Hermano e Nélter Queiroz -, fará mais um: Adjuto Dias, filho do prefeito Álvaro Dias, de Natal. Há, também, a coligação de partidos liderada pelo PPL, da deputada Cristiane Dantas, mulher do vice-governador Fábio Dantas, que tenta emplacar mais um deputado.

Tags: Cadeiras Candidatos Renovação
A+ A-