Carlos Eduardo esconde Garibaldi e Agripino

Alexandre Cavalcanti,

Alterações na estratégia de marketing de Carlos Eduardo Alves (PDT), neste segundo turno. Além de exibir o seu apoio ao candidato Jair Bolsonaro (PSL), representante do antipetismo, Carlos terá, ainda, que esconder figuras emblemáticas dos últimos 50 anos na política do Rio Grande do Norte.

Os ainda senadores, Garibaldi Alves Filho (MDB) e José Agripino Maia (DEM), estão fora da campanha, em sua fase decisiva. Rejeitados pelo eleitor, - Garibaldi, para o Senado; e Agripino, para a Câmara -, prejudicam mais do que ajudam. O apoio do prefeito Álvaro Dias, de Natal, terá de ser, também, menos explícito. Álvaro não conseguiu eleger o filho, Adjuto Dias, deputado estadual.


Tags: Campanha Marketing Segundo turno
A+ A-