STF pode mandar soltar Lula

Alexandre Cavalcanti,

Eita, agora é prá valer. O ex-presidente Lula, condenado em segunda instância, pode ser solto na sexta-feira, dia 18 próximo. Na quinta-feira , dia 17, o STF julga as ações de constitucionalidade que podem derrubar o entendimento de que os réus passem a cumprir pena a partir do julgamento em segunda instância.

O ex-presidente Lula foi condenado, em segunda instância, pelo Tribunal da quarta região, em Porto Alegre. Ele é acusado de receber propina da 0AS, que o teria presenteado com um triplex, no Guarujá, em São Paulo. A primeira condenação foi em Curitiba, em sentença proferida pelo então juiz Sérgio Moro.


Prefeitura contrata consultoria por mais de 1 milhão

Alexandre Cavalcanti,

Enquanto a maioria dos municípios brasileiros enfrentam dificuldade de caixa e déficit orçamentário, São Gonçalo do Amarante, região Metropolitana de Natal , parece não dá bolas para crise. O Município acaba de contratar "Maria do Carmo S. Azevedo Consultoria pela bagatela de R$ 1.505.304, 48( hum milhão, quinhentos e cinco mil, trezentos e quatro reais e oitenta e quatro centavos).

Segue do o extrato do contrato, Maria do Carmo S. Azevedo Consultoria ME, será a responsável pelo gerenciamento do Programa de Ações Estruturantes de São Gonçalo do Amarante.

alexandre2-h

O vereador Thiago Soares, do PTC, disse que se não fossem as negociações para um empréstimo de 34 milhões de dólares, junto a organismos internacionais, "poderíamos afirmar que estamos vivendo em uma ilha da fantasia".

Segundo o vereador Thiago Soares, o mais absurdo é que essa consultoria , "a consultoria de dona Maria do Carmo, tem por objetivo orientar o gestor a gastar os 34 milhões de dólares, quase 150 milhões de reais".


Benes reúne prefeitos e discute emendas parlamentares

Alexandre Cavalcanti,
Divulgação
Encontro contou com a presença de gestores municipais, assessores e representantes de todas as regiões do Estado.

O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos-RN) reuniu prefeitos e prefeitas do RN, na manhã sexta-feira última (11), na sede da Associação dos Municípios do Agreste Litoral Potiguar (AMLAP) para discutir prioridades de cada município para destinação de Emendas Impositivas/2020. O encontro contou com a presença de gestores municipais, assessores e representantes de todas as regiões do Estado. 

No  início do evento, os prefeitos receberam um formulário para selecionar áreas de prioridades do seu município para recebimento de recursos. Além disso, podiam descrever ações para aplicação dos investimentos. A intenção do deputado Benes é encaminhar as sugestões à Bancada Federal do RN para auxiliar na distribuição dos recursos, atendendo aos interesses municipalistas.

“Todas as emendas parlamentares passam a ter caráter impositivo, isto é, pagamento obrigatório pelo Governo Federal. Por isso, por meio do nosso mandato, convocamos essa reunião para que os prefeitos e prefeitas façam as indicações prioritárias de ações para receber as emendas/2020. Estaremos enviando essas sugestões aos colegas, membros da Bancada Federal. Devemos sempre ouvir os prefeitos e prefeitas do nosso Estado, são eles que estão mais próximos da população e conhecem mais a fundo as necessidades”, destacou Benes. 

Durante o encontro o deputado também enfatizou os projetos de segurança pública e de instalação de fábricas de confecções nas cidades. “Estamos trabalhando em Brasília na busca de recursos para reforçar a segurança pública nos municípios, instaurar projetos de videomonitoramento e também impulsionar o desenvolvimento da indústria têxtil. Queremos contar com o envolvimento e parceria de todos os gestores”, disse.



Assembléia faz homenagem a Anorc

Alexandre Cavalcanti,

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizará na próxima segunda-feira (14), a partir das 9 horas, uma Sessão Solene em homenagem aos 60 anos da Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc). O evento será realizado no Parque Aristófanes Fernandes, como parte da programação da Festa do Boi 2019.

“Não é fácil para uma entidade completar 60 anos de atividade e desempenhar um papel fundamental para o desenvolvimento econômico do Estado. A Anorc tem feito ao longo de sua trajetória um trabalho exemplar, fortalecendo a pecuária e contribuindo para o crescimento do Rio Grande do Norte”, disse Ezequiel Ferreira, presidente da Assembleia Legislativa e propositor da sessão solene.

A Anorc foi fundada em Natal, no dia 5 de novembro de 1959. A idéia de instalar uma associação que pudesse agregar todos os criadores surgiu de um grupo de pecuaristas potiguares. Tendo em vista a experiência e determinação de seus fundadores, a Anorc já nasceu com os objetivos bem definidos em ata. Um dos mais importantes é a missão de manter, com o serviço de produção animal, o registro e controle da produção leiteira, de acordo com as necessidades e responsabilidades determinadas pelos órgãos fiscalizadores.

Entre outras prioridades, é também objetivo da Associação, promover a assistência veterinária e zootécnica aos rebanhos dos seus associados, além de realizar e auxiliar exposições, feiras, leilões, concursos e outros certames que possam valorizar o gado do Estado”. A Anorc é uma entidade sem fins lucrativos, composta por cerca de 400 sócios. A diretoria é eleita através do voto direto e tem um mandato de dois anos.

A tradicional Festa do Boi, realizada todos os anos pela Associação, é considerada um dos eventos mais antigos do Estado, sendo atualmente uma das maiores exposições do Nordeste. No início, a ideia era oferecer aos pecuaristas do Estado oportunidades de negócios para melhoramento da qualidade genética dos rebanhos.

Confira abaixo os nomes que serão homenageados durante a sessão solene da Assembleia:

Abelírio Vasconcelos da Rocha

Alexandre Chaves Dantas Barretto

Antônio Alexandre Confessor Júnior

Aluízio Alves (in memoriam)

Clovis Veloso Freire (In memoriam)

Cristovam Praxedes

Eduardo Carlos de Melo

Flávio Mousinho Moreira

Garibaldi Alves Filho

Geraldo José da Câmara Melo

Guilherme Moraes Saldanha

João Bosco Costa

João Dinarte Patriota (In memoriam)

José Bezerra de Araújo Júnior

Kleber de Carvalho Bezerra

Marcelo Passos Sales

Moacir Torres Duarte (In memoriam)

Nélio Silveira Dias (In memoriam)

Otto Wagner de Araújo

Ottoni Fernandes Maia (In memoriam)

Roosevelt José Meira Garcia

Rosano Taveira da Cunha

Sílvio Pizza Pedroza (In memoriam)

Tarcísio de Vasconcelos Maia (In memoriam)



Macaíba escancara ausência de saúde pública em São Gonçalo

Alexandre Cavalcanti,

Propaganda da Prefeitura de Macaíba, região Metropolitana de Natal, mostra a carência de saúde pública no Município de São Gonçalo. Ao enaltecer e valorizar o trabalho da UPA 24 horas do Município, a mensagem publicitária de Macaíba destaca que o seu equipamento já salvou muitas vidas do vizinho município de São Gonçalo.

É um soco no queixo do prefeito Paulo Emídio Medeiros (PR) e do ex-prefeito Jaime Calado(sem partido), ambos contrários a implantação das unidades de pronto atendimento.  Circula, inclusive, na internet, um vídeo de entrevista do médico Jaime Calado, onde ele afirma que as Upas quebraram Natal, Macaíba, Parnamirim e Mossoró.

Não é de hoje que a população de São Gonçalo do Amarante reclama da falta de equipamentos de saúde e do atraso das obras de unidades básicas de saúde (UBS). O hospital maternidade Belarmina Monte é filantrópico e não recebe o apoio necessário para atender a demanda.


Confira o vídeo:




Presidente da Petrobrás garante negócios da empresa no RN

Alexandre Cavalcanti,

O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos-RN) presidiu, na manhã desta terça-feira (8), audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, onde recebeu o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, para debater o “Porquê da Petrobras decidir não mais investir no Nordeste ”. O presidente da Petrobras apresentou relatório técnico e assegurou que não fechará a operação no Rio Grande do Norte, mas apenas está priorizando investimentos da estatal para exploração dos campos de pré-sal e incentivando à criação de uma nova indústria petrolífera com entrada de “novos atores”, referindo-se às companhias privadas que estão adquirindo os campos terrestres maduros potiguares leiloados. 

“Deputado Benes, entendemos a sua preocupação com o Rio Grande do Norte. Mas acho que estão distorcendo a realidade. É questão de mercado. A natureza infelizmente prejudicou o Nordeste. E a Petrobras está priorizando o investimento nos campos de pré-sal, que apresentam maiores resultados. Os campos maduros serão mantidos pelas empresas que ganharam nos leilões e a Petrobras vai manter a exploração dos campos marítimos no Rio Grande do Norte”, destacou o presidente da Petrobras, negando que haverá “desmonte” da companhia no RN. “Desmonte fizeram com a Petrobras antes com a corrupção. Agora estamos construindo uma nova Petrobras”, declarou Castello Branco.

O deputado Benes Leocádio solicitou ao presidente da Petrobras atenção especial com o cenário da economia potiguar e destacou o potencial histórico do Estado na produção de barris de petróleo bem como geração de energia limpa. “Entendemos a explicação técnica dos investimentos, mas ficamos mais tranquilos em obter garantias de que a Petrobras manterá as operações de exploração no mar e vai incentivar à criação de uma nova indústria formada pelos pequenos e médios produtores privados no RN. Nós vamos fiscalizar e acompanhar com atenção este tema”, destacou Benes.

Ainda quando questionado pelo deputado Benes Leocádio, o presidente da Petrobras considerou a terceirização dos poços terrestres um “fato histórico no Brasil”.  “Estamos vendendo 183 campos que envelheceram. E incentivando uma nova indústria no Nordeste. Vamos concentrar esforço em outras áreas. E ainda bem que existem empresas que têm foco em campos maduros, com tecnologia e expertise. Agora vem a entrada de novos atores no apoio aos mercados locais no Rio Grande do Norte e Bahia. E a nós caberá concentrar no pré-sal”, concluiu Roberto Castello Branco.



Oposições tentam união para vencer nas urnas

Alexandre Cavalcanti,

Lideranças ligadas ao empresário Maurício Júnior(PTB) e ao advogado Poti Neto(MDB), em São Gonçalo do Amarante, trabalham um encontro entre os dois possíveis candidatos a prefeito, ainda, neste mês de outubro. O objetivo é unir as oposições para o confronto eleitoral, em 2020, com o atual prefeito Paulo Emídio Medeiros (PR).

- Esse é o primeiro passo para a união das oposições", disse o vereador oposicionista Thiago Soares(PTC). O gesto seguinte, será um encontro com o advogado Ailton Fagundes, PSL, também, possível candidato a prefeito.

O mais importante, segundo o vereador Thiago Soares, é a tese da união das oposições, sem candidaturas irreversíveis. Ou seja, todos trabalham seus respectivos projetos e, em um determinado tempo, o grupo manda fazer um pesquisa para saber qual, entre todos os nomes, reúne as melhores chances de vitória.

Para Thiago, não pode haver projeto irremovível. "Temos de afastar nossos interesses pessoais e pensar em um projeto vitorioso para o bem do nosso município. Chega de submissão, vamos derrotar a prepotência e o autoritarismo. São Gonçalo é do nosso povo", completou o vereador Thiago Soares.


Governo perde o controle da Segurança Pública

Alexandre Cavalcanti,

Não querer participar do projeto do ministério da Educação, - as escolas cívico-militares -, é uma coisa. Agora, ignorar o crescimento da violência no Estado é uma burrice que não tem tamanho. 

A governadora Fátima Bezerra (PT) tem que descer do palanque, - a eleição já terminou e ela foi a grande vencedora -, calçar as sandálias da humildade e tentar junto ao ministério da Justiça um convênio para transformar o Estado em um modelo de segurança pública. Tudo isso em nome da vida do cidadão norte-riograndense.

Outras unidades da federação fizeram isso e deu certo. Viram os índices de criminalidade caírem vertiginosamente. Essa baboseira de Lula Livre não nos leva a lugar nenhum.


Candidatura de Bibi cresce em Campo Grande

Alexandre Cavalcanti,

Em Campo Grande, ex-Augusto Severo, região Oeste do Estado, o prefeito Manoel Veras enfrenta forte oposição e pode ter dificuldades em sua reeleição, no próximo ano. O ex-prefeito Bibi de Nenca  trabalha para unir os adversários do prefeito.

Apesar de manter os salários em dia e de fazer uma administração sem escândalos, Manoel Veras esbarra na popularidade do ex-prefeito Bibi.


"Se liga Rio Grande do Norte"

Alexandre Cavalcanti,

Fico imaginando aqui com os meus botões quando o Rio Grande do Norte deixará de ser província, submisso aos interesses de uma verdadeira legião de estrangeiros. A partir da governadora, passando pelas três cadeiras do Senado da República, - os quatro mais importantes e mais estratégicos postos políticos em nível estadual -, todos nasceram em outros estados. 

A governadora Fátima Bezerra (PT) e a senadora Zenaide Maia Calado Pereira dos Santos(Prós), são paraibanas. O senador Styvenson Valentim, do Podemos, nasceu no Estado Acre, na Região Norte. Já o senador Jean Paul Prates, que assumiu a cadeira de senador na vaga aberta pela eleição da governadora Fátima, nasceu no estado do Rio de Janeiro, embora tenha nome francês.

Porque será que os quatro só resolveram entrar na política fora de seus estados de origem? Não discuto as boas intenções de nenhum dos quatro. Mas posso afirmar, com a mais absoluta convicção, que falta a cada um deles duas coisas muito importantes: ligações culturais e emocionais com os torrões norte-riograndenses. Se liga Rio Grande do Norte.


Sãogonçalenses vão procurar o senador Styvenson

Alexandre Cavalcanti,

Importantes segmentos da sociedade de São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana de Natal, vão tentar junto ao senador Styvenson Valentim, do Podemos, um exame mais detalhado da proposta do prefeito de São Gonçalo, Paulo Emídio(PR), para contrair um empréstimo no valor de 34 milhões de dólares.

Representantes da comunidade de São Gonçalo do Amarante vão pedir ao senador Styvenson, ex-capitão da lei Seca, que peça vistas do processo para uma maior análise. Os sãogonçalenses dizem que o empréstimo não faz nenhum sentido para um município, colocado entre os que mais arrecadam no Estado do Rio Grande do Norte.

O vereador Thiago Soares, do PTC, lembra que o município tem um orçamento superior a 600 milhões de reais, fora o excesso de arrecadação. Diz, ainda, que o empréstimo em dólar irá inviabilizar, pelo menos, as próximas quatro administrações.


Pedro Henrique é o nome mais forte em Pedra Grande

Alexandre Cavalcanti,

 O nome do vereador Pedro Henrique figura entre os  mais importantes nas articulações para a disputa da prefeitura de Pedra Grande, na Região do Mato Grande, no ano que vem. 

Pedinho tem trânsito livre entre os principais partidos do Município e nos últimos dias surgiram insistentes versões de uma suposta composição com lideranças políticas da Praia de Exu Queimado. O fato é que o grupo que se fortalece a cada dia conversou, em Natal, na presença do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB)



Prefeitos reagem contra Proedi de Fátima

Alexandre Cavalcanti,

O programa de estímulo industrial, Proedi, da governadora Fátima Bezerra (PT), vai gerar um grande prejuízo aos municípios do Estado. Só de ICMS, Natal vai perder 2 milhões; Guamaré, 1 milhão; Mossoró, quase 900 mil; e São Gonçalo do Amarante perde 300 mil reais.

O ex-vice-governador Fábio Dantas, do Solidariedade, disse que isso só acontece porque a governadora não faz o dever de casa para estancar o rombo das contas públicas. "É um verdadeiro absurdo".

Os prefeitos do Rio Grande do Norte estão se organizando para pressionar o governo. A idéia derrubar esse Proedi.


Ronaldo Venâncio é o novo prefeito de Ceará-Mirim

Alexandre Cavalcanti,

O presidente da Câmara, vereador Ronaldo Venâncio, já é o novo prefeito do Município de Ceará-Mirim. A posse aconteceu, ontem à noite, após comunicação do Tribunal Regional Eleitoral. Ronaldo assume a vaga do então prefeito Marconi Barreto, cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Manoel Vieira que era o vice-presidente da Câmara, assumiu a presidência do Poder Legislativo. A Justiça Eleitoral ainda não marcou a data das eleições suplementares o que deve acontecer nas próximas horas.


TRE recebe acórdão da cassação de Marconi Barreto

Alexandre Cavalcanti,

Acaba de chegar O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte o acórdão da decisão do Tribunal Superior Eleitoral que cassou o prefeito Marconi Barreto, de Ceará-Mirim. O presidente da Câmara, Ronaldo Venâncio, deve ser empossado imediatamente.

O TRE deve, também, marcar eleições suplementares. São candidatos, além do próprio Ronaldo, Marcílio e Júlio César, ex-homem forte do ex-governador Robinson Faria.

Há informações de articulações políticas que podem levar a uma composição do empresário Marcílio com o ex-prefeito Antônio Peixoto.


Mesmo cassado, Marconi continua como prefeito

Alexandre Cavalcanti,

Só acontece no Brasil. Desde o dia 22 de agosto que o senhor Marconi Barreto, prefeito de Ceará-Mirim, região Metropolitana de Natal, foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral. Até agora, entretanto, mesmo sendo uma decisão em última instância, o prefeito continua no cargo.

Ronaldo Venâncio, vereador presidente da Câmara Municipal, que deveria já ter assumido o posto de prefeito, permanece aguardando e só Deus sabe quando vai acontecer a sua posse. Isso tudo porque o acórdão ainda nao foi publicado, o que deveria ter sido automático.


Imprensa denuncia manobra para beneficiar empresa de iluminação

Alexandre Cavalcanti,

Imprensa de Assú destaca em manchete a associação das prefeituras de São Gonçalo do Amarante e Assú, ambas do PR, para aquisição de material de iluminação pública em uma única empresa fornecedora: a Magnum Soluções em Gestão Eireli, fundada em 2017 e que dois anos depois já fecha um contrato de 10 milhões de reais.

O que chamou a atenção da imprensa teria sido a diferença de preços entre a licitação promovida pela Prefeitura de São Gonçalo do Amarante e uma outra realizada pela Prefeitura de Apodi, na região Oeste do Estado.

Segundo matéria dos blogs "VT" e " Rabiscos de Samuel Júnior", a diferença é gritante. Os preços praticados pela Prefeitura de Apodi correspondem a um terço do que foi licitado pela Prefeitura de São Gonçalo do Amarante.

A imprensa de Assú desconfia de manobra das duas prefeituras, - a de São Gonçalo e a de Assú -, ambas do Partido da República, para beneficiar a Magnum Soluções. 

Os prefeitos Paulo Emídio(PR), o Paulinho da Habitação, de São Gonçalo do Amarante, e Gustavo Soares (PR), de Assú, são liderados do deputado federal João Maia, presidente Estadual do PR.


Ministério Público investiga pregão de iluminação em São Gonçalo

Alexandre Cavalcanti,

O Ministério Público Estadual investiga denúncias de superfaturamento no pregão promovido pela Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante, no valor de 5 milhões de reais, para aquisição de material de iluminação pública. A denuncia foi protocolada em Assú, distante 200 quilômetros de São Gonçalo. Motivo: A Prefeitura de Assú aderiu ao certame.

Segundo as denúncias, os valores praticados estariam bem acima dos preços de mercado. Os denunciantes entregaram farto material comprobatório de possíveis irregularidades. Ainda, segundo a denúncia, as duas prefeituras envolvidas no pregão, - São Gonçalo e Assú -, são do PR, partido presidido no Estado pelo deputado João Maia.


Dono do cabaré foi nomeado para Câmara de Natal

Alexandre Cavalcanti,

O dono do mais importante cabaré do Estado, o Senzala, foi nomeado para um cargo comissionado na Câmara Municipal de Natal. A repercussão nas redes sociais obrigou a demissão de Amy Trajano imediatamente.

A Mesa Diretora da Câmara distribuiu uma nota confirmando a nomeação e demissão de Amy. Esclareceu, entretanto, que o dono do Senzala foi uma indicação do vereador Ranieri Barbosa, ex-presidente da Casa.

O assunto ganhou as manchetes de todos os blogs. No início da tarde, chegou a informação que a nomeação foi do filho Amy e não do pai, proprietário da boate 


Políticos de Parnamirim não acreditam na candidatura de Andréa Ramalho

Alexandre Cavalcanti,

A classe política de Parnamirim ainda não tomou conhecimento da candidatura da ex-primeira dama de Natal, Andréa Ramalho, mulher de Carlos Eduardo Alves (PDT), a prefeita do município. O prefeito Taveira, pelo menos, não trabalha com essa possibilidade.

A conversa que circula em Parnamirim diz respeito a candidatura de Carlos Eduardo a vereador em Natal, numa aliança com o MDB, do prefeito Álvaro Dias.

Circulam também informações, segundo as quais, o prefeito Taveira teria tirado a conta de publicidade de uma agência do irmão de Carlos Eduardo e, ainda, fechado a conta de combustíveis do posto que pertence a outro irmão do ex-prefeito de Natal. Essas duas decisões teriam desagradado Carlos Eduardo.

Não há dúvidas, entretanto, da força eleitoral do ex-prefeito de Natal no terceiro mais importante municipio do Estado. Carlos herdou a liderança do seu pai, Agnelo Alves, duas vezes prefeito de Parnamirim.

1-20 de 1392