Hotelaria espera ocupação de 81% durante a Semana Santa em Natal

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, no ano passado as reservas chegaram a 72%.

Da redação, ABIH,

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH) divulgou nesta terça-feira (16) os números da ocupação hoteleira durante o feriado da Semana Santa. A perspectiva de ocupação na capital foi de 81%.

De acordo com José Odécio, presidente da ABIH-RN, o crescimento é sinônimo de satisfação mesmo em baixa estação. Ele explica que apesar dos altos preços nas passagens aéreas o turismo sol e mar está sempre em alta. “Os hotéis abrigam turistas que estão à procura de descanso nas praias potiguares. Natal possui belezas naturais, uma vasta rede hoteleira e boa gastronomia. Isso encanta o turista e consequentemente a procura pelo destino aumenta”, esclarece.

José Odécio lembra que em relação ano passado, as reservas chegaram a 72% em Natal. Já em Pipa, este ano apontou uma queda chegando a 70%, preocupando o setor, uma vez que em 2018, a média de ocupação foi de 84%. Em Mossoró, os índices indicam uma elevação nos leitos e ao todo somam 75% na acomodação.

Para o presidente da ABIH-RN, o futuro do turismo potiguar preocupa. “Qualquer perda, por menor que seja no setor, é significativa. O Turismo era o setor com maior participação na economia formal do estado. Infelizmente a economia está preocupada devido ao alto valor das passagens aéreas. Precisamos do apoio dos nossos representantes para resgatar a autoestima do estado. Ontem tivemos um debate na Câmara Natal onde discutimos o futuro do turismo. Dependemos da votação da Medida Provisória 863/2018 para só assim quebrar o monopólio das empresas aéreas e gerar concorrência no mercado brasileiro”, pondera.

Tags: Semana Santa Turismo
A+ A-