Estrangeiros da Copa do Mundo aprovaram Natal

Americanos, mexicanos e uruguaios marcaram presença na capital potiguar. Gastronomia e hospitalidade apareceram como destaque entre os itens avaliados.

Ministério do Turismo,

Os estrangeiros que estiveram em Natal se despediram querendo voltar. Pesquisa do Ministério do Turismo revela que 91,7% dos visitantes de fora tem intenção de retornar ao país e 98,1% aprovaram a hospitalidade potiguar. Para 75,9% dos entrevistados, a experiência turística na cidade atendeu plenamente ou superou a expectativa. A Arena das Dunas foi aprovada por 96,9% do público externo. O levantamento levou em consideração a opinião de 914 estrangeiros que estiveram no município.

Os americanos (26,6%), mexicanos (17,8%) e uruguaios (11,1%) foram as nacionalidades que mais marcaram presença durante o mundial em Natal. Juntos eles representam 55,5% do público estrangeiro na capital potiguar.

O levantamento revela que o turista internacional que esteve no Rio Grande do Norte é jovem, tem alto poder aquisitivo e elevado grau de instrução. Eles têm renda individual de US$ 5.441, 84,6% têm, pelo menos, o ensino superior e, em média, de 35,8 anos. Aqueles que visitaram sozinhos ou com amigos (64,2%) e usaram a internet como fonte de informação (72,4%) representam a maioria.

Sete em cada dez estrangeiros usou avião como meio de transporte, 64% deles estavam em Natal pela primeira vez e mais da metade (51,5%) hospedou-se em hotel ou flat em Natal. “Os elevados índices de aprovação da experiência turística e de intenção de retorno mostram que a Copa do Mundo foi uma excelente vitrine para o Brasil”, disse o ministro do Turismo, Vinicius Lages.

A hospitalidade do povo foi aprovada por 98,1% dos estrangeiros, a gastronomia por 94,3% e os alojamentos por 91,5%. Entre os itens de infraestrutura, destaque para a segurança pública (96,6%), a limpeza da cidade (84,6%) e os táxis (88,1%). Praticamente nove em cada dez estrangeiros (89,7%) consideraram os preços do transporte público adequados.

Natal dos Brasileiros
O turista doméstico que esteve em Natal durante a Copa do Mundo foi formado, principalmente, por paraibanos (26,9%), paulistas (17,9%) e pernambucanos (10,5%). O avião também aparece em primeiro lugar como meio de deslocamento utilizado (44%), seguido por carro próprio, de amigos ou familiares (42,1%).

Assim como na percepção dos estrangeiros, a hospedagem e a hospitalidade aparecem como destaque positivo com 93,2% e 94,8% de avaliação positiva respectivamente. A segurança foi aprovada por 85,3% e as opções de turismo e lazer, por 96,4%.   

A maioria (66%) dos brasileiros organizou a viagem por conta própria e aproveitou a oportunidade para fazer outras atividades turísticas (57,9%). Os grupos familiares (31,6%) e os casais sem filho (20,5%) representaram o grupo predominante. A maioria (95,9%) dos brasileiros que visitaram Natal já havia assistido ou ainda assistiria jogos no estádio e eram homens (71,8%).

Assim como os estrangeiros, o viajante brasileiro durante a Copa do Mundo tem elevado grau de escolaridade (75,8% têm, pelo menos, o nível superior completo) e alto poder aquisitivo (35,8% têm renda familiar superior a R$ 7,2 mil). Nove em cada dez turistas domésticos consideraram a Arena das Dunas boa ou muito boa (89,5%).

Tags: copadomundo2014 Natal Turismo
A+ A-