Seturn quer subsídios para baratear tarifa de ônibus e atrair usuários

Consultor do sindicato diz que passagem está defasada e que sem auxílio valor pode chegar a R$ 4.

Rafael Araújo,
Reprodução/Nominuto
Embora tenha enviado pedido de reajuste de tarifa, sindicato cobra subsídio para tornar serviço 'viável' e baratear passagem.
O Sindicato dos Empresários de Transportes Urbanos de Passageiros (Seturn) está buscando caminhos para voltar a atrair usuários. Segundo o consultor técnico da categoria, Nilson Queiroga, com a atual situação, o valor da passagem precisaria ser reajustado de R$ 3,65 para R$ 3,90 ou até R$ 4.

Apesar da necessidade de reajuste sob alegação de inviabilidade da continuidade do serviço nos valores atuais, Nilson Queiroga revela que os empresários não querem o aumento da tarifa. “Nós queremos que os governos nos ofereçam subsídio para que possamos baratear a tarifa e atrair novamente os usuários”, destaca.

Há cerca de um mês a Seturn enviou a Prefeitura do Natal uma proposta de aumento da tarifa, mas agora a categoria espera evitar o reajuste e baratear a passagem mediante a aprovação de subsídio.

“O usuário de ônibus em Natal paga só de ISS cerca de 20 centavos por passagem, além disso, também é cobrado dele cerca de 95 centavos para custear os benefícios sociais (meia passagem e gratuidades). Diante disso, queremos o subsídio, assim como acontece em alguns países e em São Paulo, por exemplo, onde a prefeitura concede benefícios para baratear a passagem”, comenta.


Confira a entrevista:


FO.

Tags: Prefeitura do Natal Transporte
A+ A-