Novo sistema de acesso dos idosos atrasam viagens de ônibus em Natal

Usuários relatam que o cadastramento dos idosos tem causado maior lentidão e insatisfação.

Rafael Araújo,
Wenderval Gomes/Rafael Araújo/Nominuto
Com a mudança no sistema de acesso aos ônibus, os idosos precisam fazer uma carteirinha que o identifique.
O cadastro de idosos a passagem de gratuidade nos ônibus de Natal estão causando transtornos e atrasando as viagens das linhas do transporte coletivo. Em entrevista na manhã de hoje (12), uma idosa falou sobre o assunto.

Segundo Terezinha de Jesus, de 70 anos, o acesso dos idosos pela porta da frente é bem vindo, mas está trazendo prejuízos. “Eu estou achando maravilhoso, porem, esse novo sistema está atrasando as viagens e ocasionando problemas, pois muita gente fica insatisfeita com a demorada ocasionada pelo acesso de alguns idosos pela catraca”, comentou a senhora.

idosoo-h

Com a mudança no sistema de acesso aos ônibus, os idosos precisam fazer uma carteirinha que o identifique. Os passageiros nesta condição que não fizerem, têm o acesso pela porta traseira, mas precisam se identificarem através da apresentação de carteira de identidade ao motorista.

face-mEm uma rede social, um jovem se mostrou insatisfeito com a situação e revelou ter presenciado uma situação constrangedora, que expõe também a lentidão provocada pelo atual sistema de gratuidade. “Infelizmente hoje vivenciei uma das atrocidades do nosso sistema de transporte público. Um idoso, que não possuía o cartão de gratuidade ficou parado entre o motorista e a catraca até preencher uma espécie de controle com vários dados. O senhor, infelizmente era analfabeto e teve que externar isso na frente de todos para não preencher o cartão”, comentou.

Segundo o jovem, que não será identificado, o mesmo se prontificou para preencher o formulário para o senhor, que não sabia seu próprio nome – o que dificultou a solução do problema.

A reportagem do Nominuto.com ligou para a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) para comentar o caso e falar acerca da lentidão causada pelo novo sistema de gratuidade para o idoso, no entanto, não fomos atendidos até o fechamento da matéria. 

Porém, em entrevista a uma emissora de televisão, o secretário Clodoaldo Cabral relatou que o idoso não deverá preencher nem assinar nada. De acordo com ele, a regulamentação publicada no Diário Oficial do Estado não prevê isso.


Tags: Transportes
A+ A-