Novo semáforo da Salgado Filho revolta motoristas de Natal

Condutores afirmam que sinal de trânsito têm intensificado engarrafamentos; secretaria nega.

Rafael Araújo,
Reprodução / redes sociais
Com novo semáforo da Salgado Filho, motoristas disseram ter percebido aumento no congestionamento.
O novo semáforo que foi instalado na avenida Senador Salgado Filho, em frente a Igreja Universal, no bairro de Lagoa Nova, em Natal, está intensificando engarrafamentos, pelo menos é o que aponta alguns motoristas da cidade.

Segundo o motorista de aplicativos, Klayton Rufino, a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) está indo na contramão de todos os outros órgãos de trânsito. “Eu acho que a STTU está indo contra a ordem natural das coisas. Em tempo que todos os órgãos de trânsito procuram dar vazão ao tráfego de veículos, a secretaria aqui vem instalando semáforos e aumentando ainda mais o congestionamento na região”, explica.

Assim como o colega, José Ciríaco, que também atua com o transporte por aplicativos, disse que a instalação do semáforo tem sido benéfica apenas para os pedestres. "Seria bom se o sinal fosse apenas provisório, para garantir a travessia durante um período de reformas da passarela. Neste caso está sendo bom só para os pedestres", lamenta. Os dois condutores disseram a reportagem que têm percebido grande aumento no trânsito da região.

Em entrevista nesta quarta-feira ao programa RN Acontece, o inspetor-chefe da STTU, Carlos Eugênio explicou que o objetivo do órgão com a instalação do novo semáforo é dar mais segurança para os pedestres que realizam a travessia naquela via pública – considerada umas das avenidas mais importantes e movimentadas de Natal. “A secretaria está com um trabalho intensivo para dar prioridade à segurança do pedestre, na sua travessia”, destacou.

No local, há uma passarela de pedestres, que está interditada há anos e por isso os motoristas cobram a utilização dela ou a construção de outras. “Tem que ser construídas passarelas ou fazer uma reforma naquela que já existe ali, até porque é mais seguro para o pedestre do que o semáforo – pois o condutor pode não respeitar a sinalização e acontecer um atropelamento”, comenta Klayton Rufino. 

Diante das críticas, o engenheiro de trânsito da STTU, Newton Filho confirmou que a prioridade da pasta é garantir a travessia dos pedestres, mas disse que o novo semáforo não tem intensificado o tráfego da região.

“A gente tem dados de fevereiro e março dos congestionamentos que acontecem ali e percebemos após a instalação feita – que o semáforo não está aumentando significativamente os engarrafamentos. O atraso no tempo da viagem por causa do sinal é de no máximo um minuto e meio”, explica.

Questionado sobre outras formas de garantir a travessia dos pedestres e possibilitar ao mesmo tempo a melhor fluidez do trânsito, o engenheiro disse que a instalação do semáforo foi a melhor opção encontrada pela secretaria. “Quando a passarela funcionava ali os pedestres já deixavam de atravessar por ela para fazer a travessia pela pista. E, neste caso, o semáforo que instalamos ali funciona através de uma botoeira, ele só fica vermelho quando o pedestre pressiona o botão sinalizando que quer atravessar. Após a travessia, o sinal volta a ficar verde para passagem dos veículos”, argumentou.

Instalação de novos semáforos

Após a instalação deste semáforo na avenida Senador Salgado Filho e de um outro na Hermes da Fonseca, em frente a uma padaria, o engenheiro de trânsito Newton Filho confirmou ao portal Nominuto.com que novos sinais de trânsito serão instalados em outras avenidas da cidade, como a Nascimento de Castro, Antônio Basílio e Bernardo Vieira, por exemplo. 

Tags: Trânsito
A+ A-