Dona do Google, Alphabet tem lucro de US$ 7 bilhões no 3º trimestre

Com resultados abaixo do esperado, gigante viu suas ações caírem 1,24% após o fechamento do mercado.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Mike Blake/Reuters

A Alphabet, controladora do Google, registrou lucro líquido de US$ 7,068 bilhões no terceiro trimestre deste ano, o equivalente a US$ 10,12 por ação. O resultado ficou aquém das estimativas de analistas consultados pela FactSet, que apontavam lucro líquido por ação de US$ 12,57. No mesmo período do ano anterior, a companhia apresentou ganho líquido de US$ 9,192 bilhões, ou US$ 13,06 por ação.

A receita da companhia, por sua vez, passou de US$ 33,7 bilhões no terceiro trimestre do ano passado para US$ 40,5 bilhões no terceiro trimestre de 2019.

Os custos totais de aquisição de tráfego do Google, que são taxas pagas a sites parceiros que veiculam anúncios ou serviços na ferramenta de busca, somaram US$ 7,490 bilhões entre julho e setembro, representando 22% do total de receitas de publicidade da empresa. Em igual período do ano passado, esses custos totais ficaram em US$ 6,582 bilhões, ou 23% do total de receitas de publicidade da companhia.

Já o custo agregado por clique, medida que revela quanto os anunciantes pagam pelo clique dos usuários nos links, subiu 3% no terceiro trimestre em relação ao mesmo período de 2018. Na comparação com o período entre abril e junho deste ano, houve, no entanto, queda de 2%. O volume de cliques pagos, por sua vez, apresentou salto de 18% na comparação anual e avançou 1% na trimestral.

A decepção dos investidores com o lucro da Alphabet no terceiro trimestre pressionou as ações da controladora do Google. Nos negócios do after hours em Nova York, às 17h32 (de Brasília), os papéis da companhia caíam 1,16%, para US$ 1.274,00.

Tags: Google Tecnologia
A+ A-