Taxa de homicídios no primeiro trimestre foi menor que em 2015, diz Ivênio Hermes

Coordenador de estatística da Sesed revela que também houve redução em relação a ano menos violento.

Da redação ,
Reprodução / Nominuto.com
Coordenador de estatística da Sesed, Ivênio comemorou redução de homicídios, mas lamentou perda de 371 vidas no primeiro trimestre do ano.
O coordenador de estatística da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Ivênio Hermes, comemorou a redução no número de homicídios no estado neste primeiro trimestre. Segundo ele, os dados apontam não só para uma redução em relação a 2018, como também mostram que taxa de crimes violentos letais e intencionais (CVLI) foram menores até que o mesmo período de 2015 – ano considerado como 'menos violento’ pela secretaria.

“Constatamos uma redução em relação ao mesmo período de 2015 – que naquele ano registrou menos homicídios que no ano anterior (2014). Ou seja, a queda nos índices também se dá não só em comparação com anos violentos”, destaca Ivênio Hermes.

A Secretaria do Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) divulgou ontem (1º), os dados estatísticos sobre o número de ocorrências de Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLI) nos primeiros 90 dias do ano de 2019, considerado o menos violento dos últimos cinco anos no Rio Grande do Norte.

Com dados da Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal (Coine), os CVLIs em 2019 sofreram uma redução de 33% em relação ao mesmo período no ano de 2018, sendo registradas 371 ocorrências, 180 ocorrências a menos do que no ano anterior.  

“Não podemos desprezar nenhuma vida perdida. Lamentamos pelas 371 mortes, mas comemoramos as 180 vidas poupadas”, comentou o coordenador de estatística da Sesed, Ivênio Hermes. 

Confira o vídeo


Tags: Ivênio Hermes
A+ A-