Sejuc instaura investigação em Alcaçuz

O Governo do RN autorizou a complementação de mais policiais militares para reforçar as guaritas dos presídios.

Da redação,

q4A Secretaria de Estado da Infraestrutura iniciou o processo de fechamento do túnel encontrado na manhã desta segunda-feira (27) na penitenciária de Alcaçuz, após uma ação conjunta entre policiais do Batalhão de Choque da PM e agentes penitenciários. O secretário estadual de Justiça e Cidadania, Edilson França, determinou ao diretor de Alcaçuz, Eider Brito, e ao coordenador penitenciário, Durval Oliveira, que seja instaurado um inquérito policial e aberta uma investigação administrativa para o caso.

De acordo com o secretário Edilson França, toda e qualquer infração ou lesão de lei resulta em uma apuração administrativa, além de um inquérito policial quando se tratar de ação penal. O titular da Sejuc disse ainda que o trabalho da polícia foi fundamental para evitar uma fuga do presídio.

Policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar do RN (BPChoque) já estão orientados a intensificar os patrulhamentos nas áreas onde se situam as unidades prisionais.

Diante dos últimos acontecimentos envolvendo o Sistema Prisional do Rio Grande do Norte, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), solicitou a renovação da permanência da Força Nacional de Segurança Pública no RN, a fim de garantir um reforço policial nas áreas ao entorno das unidades prisionais consideradas mais críticas pela Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejuc). Além disso, os militares da Força Nacional também estão disponíveis para colaborar, sempre que necessário, nas intervenções nos presídio, em apoio aos agentes penitenciários.

O Governo do RN também autorizou, por meio da liberação de diárias operacionais, a complementação de mais policiais militares para reforçar as guaritas dos presídios e, assim, obter uma maior fiscalização quanto a rotina diária dos presos. 

Tags: alcaçuz
A+ A-