Secretaria de Segurança realiza ação para impedir ação de Cambistas

Assim a Polícia Civil está realizando diligências nos pontos de venda para coibir a ação dos contraventores até a hora do jogo.

Da redação,
Divulgação/Sesed
Polícia Militar acompanhará a movimentação nos arredores do estádio Arena das Dunas para evitar que a contravenção continue a acontecer horas antes da partida.

Após uma série de denúncias de torcedores sobre venda ilegal de ingressos para a partida entre América e Flamengo por meio de cambistas, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) iniciou uma série de investigações por meio Centro de Inteligência nos pontos de venda para coibir a comercialização ilegal de ingressos.

Para o duelo entre América e Flamengo, pelas quartas de final da Copa do Brasil, a velocidade com a qual os ingressos esgotaram chamaram atenção das autoridades, que receberam a noticia de que os bilhetes eram revendidos com até 200% de ágio sobre o valor original, o que fere o artigo 41-F do Estatuto do Torcedor, como crime “vender ingressos de evento esportivo, por preço superior ao estampado no bilhete”.

Assim a Polícia Civil está realizando diligências nos pontos de venda para coibir a ação dos contraventores até a hora do jogo. Já a Polícia Militar (PM) acompanhará a movimentação nos arredores do estádio Arena das Dunas para evitar que a contravenção continue a acontecer horas antes da partida.

O secretário de segurança, Eliéser Girão Monteiro pede a população que “não contribua com esta atividade ilegal e que denuncie os contraventores por meio do 190 e do 181 (Disk Denúncia) auxiliando os policiais a encontrar estes vendedores ilegais no dia da partida”, comentou.

Tags: sesed
A+ A-