Seap elabora plano de prevenção e controle de enfrentamento do Coronavírus

Campanha está sendo realizada com os policiais penais e familiares das pessoas privadas de liberdade.

Da redação, Seap,
Assecom/Seap
Até o momento, nenhum caso suspeito do novo coronavírus foi registrado nos presídios potiguares, segundo a Seap.

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) elaborou um protocolo de prevenção e controle de enfrentamento do Coronavírus no sistema penitenciário do Rio Grande do Norte. Uma campanha está sendo realizada com os policiais penais e familiares das pessoas privadas de liberdade para repassar informações, orientações e cuidados sobre o Coronavírus. Máscaras e luvas estão sendo disponibilizadas para os servidores do sistema penal. Até o momento, nenhum caso suspeito foi registrado nos presídios potiguares. 

O secretário da Administração Penitenciária, Pedro Florêncio Filho, explica que o protocolo foi elaborado seguindo orientações do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde. “Orientamos os policiais penais e as equipes de saúde conveniadas aos municípios a observar as visitas para evitar a entrada de pessoas com sintomas de gripe. Cartazes serão fixados nas unidades com informações e orientações aos visitantes. Dada a natureza do trabalho dos policiais penais estamos distribuindo mascaras e luvas”, disse.

O sistema penal do RN tem cerca de 10 mil detentos e recebe 30 mil visitas/mês. Na maior unidade do Estado, a Penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta, deram entrada no ano de 2019 o total de 22.961 visitantes. Um público elevado é o alvo da campanha que se inicia.

Entre as principais medidas de prevenção destaca-se a higiene pessoal. Lavar as mãos com água e sabão ou álcool em gel ainda é a melhor forma de prevenção. Também é recomendado: cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir; evitar aglomerações se estiver doente; manter os ambientes ventilados; não compartilhar objetos pessoais; e procurar tratamento especializado caso tenha os sintomas.

Os sintomas mais comuns são tosse seca, febre (acima de 37,8 ºC) e cansaço. Algumas pessoas também podem sentir dores no corpo, congestionamento nasal, inflamação na garganta ou diarreia.

Ainda segundo Pedro Florêncio, em caso de necessidade, o reforço do efetivo para cuidar dos casos suspeitos será feito através de diária operacional. A Seap está pleiteando junto ao Tribunal de Justiça a possibilidade de medidas cautelares para os doentes. Dependendo da natureza do crime, por exemplo, o doente poderá ir para um regime domiciliar e usar tornozeleira eletrônica. O Estado está adquirindo mais 3 mil tornozeleiras eletrônicas.

A Seap também previu isolamento em caso de registro de coronavirus no sistema penal e separou um pavilhão específico para transferir os casos suspeitos. A ação, seguindo recomendação do Depen, envolve suspensão de visitas e isolamento de internos em casos em que há suspeita da doença.

Tags: coronavírus plano de prevenção e controle Seap
A+ A-