Policiais penais do Estado passam a receber cartão alimentação

Vale, no valor de R$ 440 mensais, substitui as refeições através de quentinhas.

Da redação, Seap,
Demis Roussos/Governo do Estado
Vale alimentação é uma conquista almejada há anos pelos policiais penais; antes, as refeições dos servidores era a mesma dos detentos.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), em uma ação de valorização e reconhecimento da importância do trabalho dos policiais penais, substituiu as refeições através de quentinhas pelo cartão alimentação no valor de R$ 440,00 mensais.

O vale alimentação é uma conquista almejada há anos pela categoria. Antes, as refeições dos servidores era a mesma servida aos detentos.

Para o secretário da Administração Penitenciária, Pedro Florêncio Filho, o cartão é uma grande conquista, porque dá ao policial penal a opção de escolha do que se alimentar e de onde comprar. “O Governo fez um esforço muito grande para implementar o cartão, pois sabemos das dificuldades financeiras que o Estado enfrenta. Essa é uma ação de valorização da categoria por parte da governadora Fátima Bezerra”, disse.

A empresa que administra os créditos é a Le Card, referência na área de cartões de benefício, com 186 mil cartões emitidos no Brasil. No RN, foram emitidos 1.395 cartões aos policiais penais e já estão em uso desde o início de março.

Os beneficiados consultam saldo e estabelecimentos conveniados via chamada telefônica, site ou aplicativo.

Tags: cartão alimentação Seap
A+ A-