Parceria da SME e Guarda Municipal garante segurança nas escolas de Natal

O trabalho é realizado por meio da operacionalização do Programa Pelotão Escolar, que faz a Ronda Ostensiva.

Da redação,

A parceria da Secretaria Municipal de Educação (SME) com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, ambas da Prefeitura do Natal, tem atingido o objetivo de melhorar e garantir a segurança dos alunos, professores e funcionários, dentro, e nas proximidades das escolas. O trabalho é realizado por meio da operacionalização do Programa Pelotão Escolar, que faz a Ronda Ostensiva de Proteção Escolar (ROPE) no entorno e nas escolas da rede por guardas municipais que estão em dias de folga.

A Ronda Ostensiva de Proteção Escolar (ROPE) está atuando com o objetivo de coibir atos de violência mais intensa nas proximidades das instituições ou nelas próprias, combater brigas de torcidas organizadas com alunos envolvidos e até possíveis casos de tráfico de drogas nas redondezas de algumas unidades de ensino.

O trabalho da Ronda Escolar é integrado à Guarda Municipal e faz parte de um programa itinerante que vem atuando desde novembro de 2014. Atualmente é constituído por uma equipe de vinte homens e quatro viaturas divididas pelas quatro zonas da cidade do Natal para garantir a segurança dos estudantes e o combate à violência nas 145 instituições de ensino municipal.

O guarda municipal Ney Dantas afirma que, “os problemas mais recorrentes estão em escolas localizadas em bairros de periferias, com maiores índices de marginalidade. Não dá para isolar a escola do contexto em que está inserida. Ela faz parte de um todo maior, se há violência fora, poderá chegar também para dentro da escola, daí entra o nosso trabalho de prevenção e combate a violência”.

A vice-diretora Marli dos Santos, da Escola Municipal Irmã Arcângela, que fica localizada no bairro de Igapó, elogiou o trabalho da Guarda Municipal nas escolas. “A segurança da nossa escola, dos funcionários e alunos, melhorou consideravelmente com o trabalho da Ronda Escolar. Já existiram casos de traficantes venderem drogas para nossos alunos e quando houve intervenção da diretoria da escola, o diretor foi ameaçado e chegou inclusive a pedir exoneração do cargo por causa das constantes ameaças”. E concluiu “a maioria dos pais se sentem muito mais confiantes em mandar seus filhos para escola, pois sabem que estão em um ambiente seguro e que existem pessoas de prontidão para defendê-los de possíveis represálias”.

Ainda de acordo com o guarda municipal Ney Dantas, a Escola Municipal Irmã Arcângela, infelizmente não é a única. “Sabemos que as Escolas Municipais Waldson Pinheiro, localizada no loteamento Vale Dourado; Amadeu Araújo, no bairro de Nova Natal; Maria Alexandrina, no Parque das Dunas; e a Terezinha Paulino, no Parque dos Coqueiros também sofrem com a violência na comunidade onde estão inseridas”, disse.

“O serviço da ROPE é um trabalho de formiguinha, mas que com muita dedicação e insistência estamos tendo um bom retorno, pois os casos de violência tem diminuído dia após dia. Mesmo com a positividade da Ronda Ostensiva de Proteção Escolar, existe a necessidade do aumento do efetivo da Guarda e de mais viaturas disponíveis, para melhorar cada vez mais o desempenho e agilidade dos serviços da Ronda Escolar”, disse Ney Dantas.

O guarda municipal explicou que o serviço da ROPE não se detém apenas a Ronda Escolar, pois a Guarda Municipal também tem um projeto chamado Semente Cidadã, que acolhe 150 alunos de diferentes escolas para praticarem diversas atividades relacionadas ao esporte e a cultura, como o ensino de música, a prática de dança, basquete, voleibol, futebol de salão, entre outras atividades desenvolvidas. “Nosso objetivo é que esse projeto venha se expandir para todas as escolas da rede municipal de Educação, na esperança de desviar as crianças, adolescentes e jovens da violência e marginalidade. Para nós da guarda municipal não basta apenas protegê-los da violência, é necessário mostrar-lhes o caminho certo a seguir”, afirmou Ney Dantas.

Além do projeto Semente Cidadã, também vai começar um trabalho de palestras para orientar os alunos em relação à prevenção de drogas, uso de preservativo, prevenção de incêndios e acidentes. As palestras serão ministradas por profissionais da guarda municipal habilitados, entre eles, psicopedagogos.

Tags: escolar
A+ A-