Número de homicídios no Estado é o menor registrado desde 2015

Segundo a Sesed, entre janeiro e abril deste ano ocorreram 488 CVLIs, 233 a menos do que em 2018.

Da redação,
Arquivo/Sesed
Governo aponta que houve uma diminuição direta de 179 homicídios deste tipo na comparação entre os anos de 2018 e 2019.
Dados estatísticos divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), na manhã desta quinta-feira (02), apontam uma redução no número de Condutas Violentas Letais e Intencionais (CVLIs) nos primeiros 120 dias de 2019, o menor índice proporcional neste período desde 2015.
 

Com base nos números fornecidos pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal (Coine), nos primeiros quatro meses de 2019 foram registrados 488 CVLIs no Rio Grande do Norte, uma redução significativa quando comparado ao mesmo período em 2018, onde foram registrados 721 crimes, o que resulta em 233 vidas poupadas neste período. Os anos anteriores também apresentaram índices maiores. Em 2017, foram registrados 818 CVLIs, em 2016 ocorreram 629, e em 2015 foram 541 registrados.

HomicidiosJaneiroAbril2019

Os números informados pela Coine apresentam ainda que o homicídio doloso foi o crime que apresentou maior redução em relação ao mesmo período em 2018. Houve uma diminuição direta de 179 homicídios deste tipo na comparação entre os dois anos.

Os dados revelam que Natal é a cidade mais violenta do Estado, registrando 89 mortes. Mossoró, na região Oeste, teve 52 óbitos. As outras três cidades com maior número de CVLIs pertencem à região metropolitana: São Gonçalo do Amarante (36), Parnamirim (35) e Macaíba (26).

Feminicídio aumenta em relação a 2018

Embora os números gerais apontem a redução da violência no Estado, o crime de feminicídio, ou seja quando a morte é em decorrência do gênero, teve uma pequena alta em comparação com 2018. Entre janeiro e abril de 2019, o RN registrou 10 casos, sendo um a mais do que o mesmo período do ano passado.

Tags: Coine CVLIs Segurança Pública
A+ A-