Investimento em segurança no RN cai 14,80%

Investimento de R$ 831,4 teve o número reduzido para R$ 707,7 no ano passado, o que representa queda de R$ 123,7 milhões.

Marília Rocha,
Arquivo FD/Segurança
No Rio Grande do Norte, o investimento em segurança caiu R$ 123,7 milhões.

A segurança pública no Rio Grande do Norte enfrenta uma grave crise nos últimos anos com o crescente aumento da violência e a redução do investimento em segurança pública. A gestão estadual é a responsável pelo incremento nos projetos e ações da segurança que em 2012 recebeu investimento de R$ 831,4 e teve o número reduzido para R$ 707,7 no ano passado o que representa uma queda de 14,87% dos investimentos.

Os dados são da oitava edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulgado nesta terça-feira (11), em São Paulo que mostra também que uma pessoa é morta a cada 10 minutos no Brasil. No Rio Grande do Norte, o investimento em segurança caiu R$ 123,7 milhões.

De acordo com o relatório publicado no jornal O Globo, o Brasil teve 53.546 assassinatos em 2013 e o cenário da insegurança mostra que 5,8 pessoas são mortas por hora. O relatório mostra ainda que o Estado que mais investiu em segurança no último ano foi o Amapá com 35,01%.

O Anuário, elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, aponta que o pais teve 25,2 assassinatos por grupo de 100 mil habitantes no ano passado. A Organização Mundial de Saúde considera epidemia de homicídios quando a taxa ultrapassa 10.

Repetindo os percentuais de relatórios anteriores, o estado com maior número absolutos de homicídios foi a Bahia, com 5.440. A taxa por 100 mil habitantes do estado foi de 36,1. Por esse critério, o estado com mais assassinatos foi Alagoas, com índice de 64,4.

Tags: investimento rn seguranca publica
A+ A-