GGI de Natal capacita 600 agentes públicos em Protocolo de Manejo do Risco de Suicídio

Ação tem o objetivo de conceder ao agente público elementos que direcionem o atendimento a pessoas acometida de tendências suicidas.

Da redação, Prefeitura do Natal,
Divulgação

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) divulgou nesta segunda-feira (2) dados dos treinamentos sobre o Protocolo de Manejo do Risco Iminente de Suicídio, que são coordenados pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) e vêm ocorrendo desde o início de agosto do ano passado. A ação efetiva já alcançou cerca de 600 agentes públicos de diferentes esferas governamentais em variadas funções.

A ação, que tem o objetivo de conceder ao agente público elementos que direcionem o atendimento a pessoas acometida de tendências suicidas da maneira que a proteção e o amparo das instituições cheguem para solucionar a situação de crise, deve ser ampliada neste ano. Para isso, a coordenação do GGIM se reuniu com entidades parceiras como as secretarias municipais de Saúde e Educação, onde foi tratada a importância de dar prosseguimento às atividades de capacitação e sensibilização dos servidores públicos e da população em geral sobre o grave problema de saúde pública que envolve a temática do suicídio.

Durante as discussões, ficou definido, que será feito convite aos representantes da imprensa local para promover junto a estes a sensibilização e conhecimento necessários à abordagem e divulgação midiática a respeito do tema em pauta. Também estão sendo discutidas e encaminhadas estratégias de aproximação com os voluntários presentes na Ponte Newton Navarro, que já impediram tentantes de cometer suicídio por precipitação.

A secretária da Semdes, Sheila Freitas, lembrou que durante o ano passado, o trabalho de capacitação alcançou diversos profissionais a exemplos de agentes lotados na Guarda Municipal do Natal (GMN), Corpo de Bombeiros Militar, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Polícia Militar. “Esse é um trabalho que une várias instituições pela preservação da vida”, comentou.

De acordo com o secretário executivo do GGIM, Emmanuel Campos, foram tomados encaminhamentos como a articulação conjunta entre secretarias municipais, incluindo a Secretaria Municipal de Comunicação. “O objetivo é elaborar e veicular campanhas preventivas e informativas sobre o fluxo e o protocolo de atendimentos ofertados pelo poder público municipal às pessoas necessitadas de acompanhamento especializado em saúde mental”, explicou.

Durante este mês, acontecerá a 11ª reunião da Câmara Técnica Articulação Intersetorial de Prevenção ao Suicídio, quando serão avaliados os progressos alcançados e serão dados novos encaminhamentos a serem desenvolvidos ao longo deste ano.

Tags: capacitação GGI Protocolo de Manejo do Risco de Suicídio Semdes
A+ A-