Fundac e Poder Judiciário realizam inspeção no Ceduc Pitimbu

Inspeções judiciais estão sendo realizadas para que seja cumprido o prazo de entrega do Ceduc, que está previsto para até 23 de dezembro.

Da redação, Fundac,
Divulgação/Ceduc
De acordo com a construtora responsável pela obra, o Ceduc Pitimbu está em fase final de conclusão da obra de reforma.

A Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac) realizou na última quinta-feira (2), juntamente com o Poder Judiciário, uma inspeção judicial nas obras de reforma e ampliação do Ceduc Pitimbu. As inspeções judiciais estão sendo realizadas para que seja cumprido o prazo de entrega do Ceduc, que está previsto para até 23 de dezembro.

De acordo com a construtora responsável pela obra, o Ceduc Pitimbu está em fase final de conclusão da obra de reforma, faltam apenas a instalação de grades, de luminárias e algumas pinturas. Após a conclusão desses serviços, será feito a revisão dos prédios e a entrega.

Para a diretora presidente da Fundac, Kalina Leite Gonçalves, o Ceduc Pitimbu foi encontrado abandonado. “Do mesmo jeito que essa obra era escandalizante do jeito que nós a encontramos, uma obra aparentemente abandonada, hoje já é perceptível a diferença”.

As obras de reforma e ampliação do Ceduc Pitimbu foram iniciadas em 2010, porém os trabalhos estavam paralisados desde dezembro de 2013 e só foram retomados no final de junho deste ano. A obra ainda não tinha sido retomada por causa de irregularidades encontradas na aplicação dos recursos federais.

A juíza da Vara da Infância e da Adolescência da Comarca de Parnamirim, Ilná Rosado, que também acompanhou a inspeção, e viu de forma positiva o andamento das obras. “Verificamos que efetivamente está ocorrendo avanço nas obras, a qual está sendo fiscalizada também por uma empresa de auditoria contratada pela Fundac. Falta pouca coisa, é só uma questão de empenho para concluir na data determinada e nós tomarmos as demais providências para a abertura da unidade”.

Com a entrega das obras de reforma e ampliação do Ceduc Pitimbu, o Sistema Socioeducativo do Estado irá dispor de 72 vagas de internação definitiva para atender os adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas em Natal e na Grande Natal.

Também participou da inspeção no Ceduc Pitimbu a procuradora do Estado, Ana Carolina Monte Procópio de Araújo.

Tags: Ceduc CeducPitimbu Segurança
A+ A-