Corpo de Bombeiros debela incêndio florestal no município de Ceará-Mirim

Equipes demoraram seis horas para apagar chamas que começaram no fim da tarde desta quarta.

Rafael Araújo,

Governo decreta situação de emergência por causa de incêndios florestais

Em decorrência do aumento do número de incêndios florestais, o Governo do Rio Grande do Norte decretou situação de emergência nos municípios de Portalegre e Viçosa por 90 dias, podendo ser prorrogado por igual período. O texto foi publicado em edição extraordinária do Diário Oficial desta quarta-feira (9).

O Corpo de Bombeiros debelou um incêndio florestal que atingiu a cidade de Ceará-Mirim no fim da tarde desta quarta-feira (9). Segundo a corporação, as chamas foram apagadas pelos militares durante a madrugada de hoje, por volta das 2h.

A assessoria de comunicação dos bombeiros revelou que a tropa foi acionada por volta das 18h. Sobre as causas do incêndio, a corporação revelou que ainda não foi possível identificar.

Para debelar o incêndio, o Corpo de Bombeiros utilizou dois caminhões de combate a chamas e contou com o auxílio de carros pipas – cedidos pela prefeitura de Ceará-Mirim, além da ajuda de populares.

Incêndios Florestais no RN

De acordo com a assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros, somente nesta quarta-feira (9), a corporação atendeu 21 ocorrências de incêndio em todo o Estado. Em Natal e região metropolitana foram 12 casos.

Governo decreta situação de emergência por causa de incêndios florestais

Em decorrência do aumento do número de incêndios florestais, o Governo do Rio Grande do Norte decretou situação de emergência nos municípios de Portalegre e Viçosa por 90 dias, podendo ser prorrogado por igual período. O texto foi publicado em edição extraordinária do Diário Oficial desta quarta-feira (9).

Tags: Segurança Pública
A+ A-