Após 4 meses em queda, número de homicídios volta a crescer no Estado

Observatório da Violência aponta crescimento de 2,4% no mês de maio deste ano.

Rafael Araújo,
Blog Bom Jesus
Número de homicídios no RN teve aumento de três casos no mês de maio de 2019 em comparação ao mesmo mês do ano passado.
Após quatro meses em queda, o número de homicídios voltou a crescer no Rio Grande do Norte. Segundo o Observatório da Violência (Obvio), no mês de maio foram registrados 127 crimes violentos letais e intencionais no Estado, contra 124 que ocorreram no mesmo período do ano passado. Desde janeiro, os números estavam em queda – a redução mensal chegou a 42% no mês de fevereiro, em comparação ao mesmo mês de 2018.

Em janeiro deste ano aconteceram 130 homicídios, contra 210 ocorridos no mesmo mês do ano passado. Em fevereiro, foram 103 casos este ano, contra 178 registrados no mesmo período de 2018 – o que representou a maior redução na variação mensal até aqui – de 42,1%.

Em março deste ano a redução foi de 9,3% e em abril de 36,8%, enquanto no último mês os números voltaram a crescer em comparação ao mesmo período do ano passado. O crescimento foi de 2,4%.  Foram três casos a mais em relação a maio de 2018.  

De acordo com o relatório, Natal, Mossoró e São Gonçalo do Amarante despontam como as cidades com maior índice de crimes violentos letais e intencionais no Estado. Na capital foram registrados 117 homicídios. Na capital do oeste foram registrados 74 CVLIs e em São Gonçalo do Amarante foram 45 casos.

O relatório mostra ainda que, em 85% dos casos, as vítimas foram assassinadas após serem atingidas por tiros de arma de fogo. Em 6,2% dos homicídios, as mortes foram ocasionadas por arma branca.

Apesar do crescimento dos números de homicídio no último mês, o Obvio destaca que 230 vidas já foram poupadas em 2019. Os números são puxados pela redução constante dos índices de janeiro a abril deste ano.

Confira o gráfico:

grafico-h

Tags: Segurança Pública
A+ A-