Secretaria de Saúde investiga possível caso de coronavírus no RN

Turista que estava na Praia de Pipa deu entrada na noite de quarta no Hospital Giselda Trigueiro,onde permanece internado.

Da redação,
Um turista que estava na praia de Pipa, em Tibau do Sul, deu entrada na noite desta quarta-feira (12) no Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, com possíveis sintomas do coronavírus. O caso, que ainda está sob investigação, é o primeiro registrado no Rio Grande do Norte.

De acordo com informações divulgadas no Notícias da Manhã, da TV Ponta Negra, o paciente disse ter tido contato com um estrangeiro com sintomas da doença e procurou assistência médica. Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou que está apurando os fatos e que ainda não há informações precisas.

Desde janeiro, que autoridades da Saúde no estado definiram um protocolo clínico de atendimento a casos suspeitos. Conforme definição da Sesap, inicialmente os hospitais de referência para atendimentos dos possíveis casos suspeitos são o Giselda Trigueiro e Maria Alice Fernandes em Natal. Caso necessário, também serão inseridos os hospitais Rafael Fernandes, em Mossoró, e Telecila Freitas Fontes, em Caicó.

Até ontem (12) o Brasil permanecia sem registro do novo coronavírus, que já atinge 24 países além da China. De acordo com o Ministério da Saúde, até então 11 casos suspeitos eram monitorados, ocorrendo nos estados de Minas Gerais (1), Paraná (1), Rio de Janeiro (2), Rio Grande do Sul (1) e São Paulo (6).

Confira a nota da Sesap na íntegra:

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA

NOTA

NATAL (RN), 13 de fevereiro de 2020.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública convoca para entrevista coletiva a ser realizada nesta sexta-feira (14), às 8h30, na Escola de Governo, para apresentar todas as informações apuradas ao longo do dia de hoje e dirimir as dúvidas sobre o caso do paciente que está em observação no Hospital Giselda Trigueiro.

A Sesap informa que no momento está apurando os fatos para que possa inferir se há ou não um caso suspeito de Infecção Humana pelo Novo Coronavírus, uma vez que para ser considerado caso suspeito esse deverá atender aos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde. No momento as investigações estão em curso e ainda não há informações precisas.

Tags: Coronavírus Sesap
A+ A-