Assembleia Legislativa reafirma luta em defesa da doação de órgãos

Há cerca de 40 mil pessoas na fila de espera para um transplante no Brasil.

Da redação,

Tema de uma das campanhas da Assembleia Legislativa, a luta pela doação de órgãos é celebrada em todo o Brasil nesta quinta-feira (27), através do estímulo e conscientização da população a respeito do tema.

No Rio Grande do Norte, a campanha foi lançada há um ano com o propósito de reduzir os números que se tornam obstáculo à doação de órgãos. No Estado, mais da metade das famílias, ou 52%, recusa autorizar a doação de órgãos de paciente.

De acordo com dados da Central de Transplantes do Rio Grande do Norte, a recusa ainda é uma das principais barreiras e o principal motivo para essa resistência resulta do desconhecimento em vida do desejo do paciente em ser doador. Daí a importância de falar com familiares sobre a intenção de fazer parte dessa corrente.

Atualmente, no Brasil há cerca de 40 mil pessoas na fila de espera por um órgão para transplante.

Tags: Assembleia Legislativa doação de órgãos
A+ A-