Vice de Carlos Eduardo poderá ser de Mossoró, diz Hermano Morais

Deputado estadual revelou que um dos nomes cotados é o de Kadu Ciarlini.

Fátima Elena Albuquerque,
Daniel Dantas/Nominuto.com
O MDB ainda não definiu a data da convenção partidária, mas, de acordo com Hermano Morais, ela deverá ocorrer no início de agosto.

O PDT, juntamente com os partidos aliados, ainda não bateram o martelo sobre quem será o vice na chapa de Carlos Eduardo Alves na disputa pelo governo estadual este ano. Especula-se que o nome mais provável seja o de Carlos Eduardo Ciarlini Rosado, mais conhecido por Kadu. Ele é filho da ex-governadora e atual prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), e do ex-deputado estadual Carlos Augusto de Souza Rosado. Isso porque há uma expectativa de aliança com Rosalba. Segundo o deputado estadual Hermano Morais (MDB), apesar de outros quadros estarem sendo avaliados, conversas vêm ocorrendo há alguns dias para que a vaga seja ocupada por um representante de Mossoró - segundo maior colégio eleitoral do Estado.

Durante entrevista hoje (5) ao programa RN Acontece, o deputado estadual afirmou que é preciso primeiro ser definida a posição do PP, partido comandado pela prefeita de Mossoró. “A partir disso aí, eles vão apresentar um bom nome que venha acrescentar e fortalecer a nossa chapa”, comentou. O MDB já tem como certa a candidatura à reeleição do senador Garibaldi Filho, faltando apenas definir os suplentes. Um deles poderá ser Antônio Jácome (Podemos).

Hermano Morais disputará sua reeleição a deputado estadual e disse já estar em campo, articulando sua pré-candidatura a uma vaga na Assembleia Legislativa. "No início, houve um certo descuido dos partidos para a formação dessa chapa, mas isso está sendo superado. O MDB terá alguns candidatos - dois à reeleição: eu e Nelter Queiroz - além de outros candidatos que compõem a aliança", explicou.

RN-H1

O MDB ainda não definiu a data da convenção partidária, mas, de acordo com Hermano Morais, ela deverá ocorrer no início de agosto. “A maioria dos partidos está fazendo essa opção de retardar as convenções, naturalmente para ganhar mais tempo nesse trabalho de articulação”, afirmou.

Pelo calendário eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as convenções para a escolha dos candidatos a presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes, deputado federal e deputado estadual ou distrital deverão ocorrer até o dia 5 de agosto.

Já o último dia para os partidos políticos e as coligações apresentarem junto à Justiça Eleitoral o requerimento de registro de candidatos é 15 de agosto. O TSE receberá o requerimento de candidatos a presidente e vice-presidente da República, e os tribunais regionais eleitorais (TREs) o requerimento de candidatos a governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes, deputado federal e deputado estadual ou distrital.

A partir de hoje, os políticos, com vistas à indicação de seu nome pelo partido, poderão fazer propaganda intrapartidária, mas está proibido o uso de rádio, televisão ou outdoor para isso.


Confira o video:


AMS



Tags: Hermano Morais MDB RN Acontece
A+ A-