Trânsito durante obras de recapeamento em Natal passa por intervenções

Segundo o secretário de Obras, Tomaz Neto, serviço deve ser concluído em até 60 dias.

Fátima Elena Albuquerque,
Reprodução
Segunso o secretário de Obras Públicas de Natal, Tomaz Neto, valor total do serviço de recapeamento é de R$ 1.894.246,74.

A Secretaria Municipal de Obras Públicas de Natal retomou os serviços de recapeamento das avenidas Senador Salgado Filho e Hermes da Fonseca, entre as zonas sul e leste de Natal, duas das principais vias da capital potiguar. Com isso, durante todo o período em que o serviço estiver sendo executado, o trânsito sofrerá intervenções nesses trechos, sempre à noite, quando o fluxo de veículos é menor.

De acordo com o secretário de Obras Públicas de Natal, o engenheiro Tomaz Neto, a Prefeitura já havia licitado toda a obra, mas a empresa construtora que havia ganhado o certame, após a finalização do primeiro trecho, solicitou um realinhamento de preços. “Dentro da legalidade, esse realinhamento não podia ser concedido. Notificamos a empresa e como ela não deu continuidade à obra, o contrato foi rescindido, a empresa foi multada e uma nova licitação foi feita”, explicou, em entrevista nesta quarta-feira (13) ao programa RN Acontece.

O valor total do serviço, segundo o secretário, é de R$ 1.894.246,74, sendo de R$ 500 mil a contrapartida da Prefeitura. O maior valor será arcado pelo Ministério do Turismo. Realizada pela construtora CLC, a obra tem prazo entre 45 e 60 dias para o seu término. O recapeamento, afirmou Tomaz Neto, deveria estar finalizado desde o ano passado.

H2

Finalizado o recapeamento das avenidas Senador Salgado Filho e Hermes da Fonseca, o trecho passará pela pintura de suas faixas. Essa etapa do serviço será realizada pelos profissionais da Secretaria de Mobilidade Urbana.

Chuvas em Natal

Diante do grande volume de chuvas registrado em Natal, desde ontem (12), Tomaz Neto afirmou que a capital resistiu bem. “Até o momento, a resposta tem sido positiva. Nenhuma lagoa transbordou, apesar de o sistema vir sendo vandalizado desde outubro do ano passado. Muitos cabos de energia foram furtados”, lamentou.

Natal conta atualmente com 28 lagoas com sistema de bombeamento, de um total de 58. A Prefeitura implantou um sistema de videomonitoramento dessas lagoas, mas não é suficiente para impedir os furtos de bombas e equipamentos.


Confira a entrevista:



AMS

Tags: RN Acontece Tomaz Neto
A+ A-