Expofruit 2018 deve movimentar R$ 40 milhões entre 21 e 23 de agosto

Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada é realizada em Mossoró a cada 2 anos.

Fátima Elena Albuquerque,
Fladson Soares/Nominuto.com
Segundo Luiz Roberto Barcelos, RN é o 2º maior exportador de frutas do Brasil, ficando atrás apenas da Bahia, que tem uma grande produção no Vale do São Francisco.

A Expofruit – Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada deve reunir este ano um público de 15 mil pessoas entre os dias 21 e 23 de agosto, na cidade de Mossoró. A expectativa dos organizadores é que o evento movimente R$ 40 milhões nos três dias da feira. 

Realizada a cada dois anos a Expofruit apresenta uma mostra de frutas produzidas em todo o Rio Grande do Norte, com destaque para as regiões oeste e do Vale do Assu. É considerada a feira de fruticultura tropical mais importante do Brasil, atraindo, a cada edição, uma maior atenção de grandes investidores e exportadores.

De acordo com Luiz Roberto Barcelos, presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas) e presidente do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (Coex), o RN é o segundo maior exportador de frutas do Brasil, ficando atrás apenas da Bahia, que tem uma grande produção no Vale do São Francisco. “A fruticultura tem uma importância muito grande para a economia do Estado. As exportações vêm crescendo muito ao longo dos últimos anos. O RN saiu de praticamente US$ 70 milhões para US$ 130 milhões em exportações por ano, em cinco anos. Isso representa um ingresso de dividas da ordem de R$ 450 milhões”, destacou.

LUZ-H2

Ele afirmou ainda que o Rio Grande do Norte possui um aquífero único na região Nordeste e que apesar de ter chovido pouco nos últimos anos, a fruticultura tem conseguido explorar sustentavelmente esse bem natural. “Tivemos que aprofundar um pouco os poços, buscando o aquífero do Arenito Assu, que é uma água de melhor qualidade e um pouco mais cara. Os produtores tiveram que investir um pouco mais, mas conseguiram manter a produção”, explicou.

A feira reúne delegações de países como França, Itália, Alemanha, Espanha, Holanda, República Tcheca, Bélgica, Noruega, EUA, Rússia e muitos outros. Segundo Luiz Roberto, o evento vem crescendo a cada ano e já é o mais representativo no segmento da fruticultura tropical irrigada no Brasil. O sucesso está na satisfação de expositores e participantes que encontram nela a oportunidade perfeita para gerarem negócios.

Com o tema “Todo mundo vê o desenvolvimento da Fruticultura. Está estampado na nossa cara”, a Expofruit 2018 já está com 90% dos estandes vendidos. Serão mais de 300 estandes com o tamanho de 12 m2 e valor de três mil reais cada, distribuídos numa área total de 15 mil m2. Os interessados devem entrar em contato com João Manoel pelos telefones (84) 3312.6939/99950-7931 e 98812-6445.


Confira o vídeo:


AMS

Tags: Expofruit Luiz Roberto Barcelos RN Acontece
A+ A-